CULPADO POR SUPOSIÇÃO? 

ONDE OS LIMITES DE ENERGIA ENCONTRAM HISTÓRIAS DE VÍTIMAS.

Por Jennifer Hoffman.

Tradução: Regina Drumond

a 28 de junho de 2019. 

 
 
about Jennifer Hoffman
 
 

 

 

Estamos no meio de uma mudança de tempo e energia grande, rara e incomum que está desintegrando nossos paradigmas da 3D mais rapidamente do que podemos gerenciar. Isso pode parecer um comportamento muito irracional e questionável para algumas pessoas. Isto está levantando muitas questões que impedem, bloqueiam e impedem nosso avanço, mas somente se estivermos dispostos ou pudermos visualizá-las dessa maneira.
 
Este é um momento para ser muito perspicaz, imparcial e expansivo em nosso pensamento, porque nada é como parece na superfície. O comportamento estranho de outros (para você) pode ser explicado de maneira muito simples - eles estão agindo a partir de suas histórias de vítimas e percebendo tudo através de um filtro emocional e energético com que você não pode se relacionar ou mudar. Então, respire fundo, não deixe essas coisas ficarem pessoais e, lembre-se de que você não pode controlar o comportamento dos outros. Tudo o que você pode fazer é ser uma fonte de inspiração para eles verem a luz que você resplandece quando eles estiverem prontos.
 
O que você faz quando alguém assume que você é culpado de algo e você não consegue convencê-lo de que não? E se do que você está sendo acusado for tão escandaloso e improvável que você não pode acreditar que alguém pensaria isso de você? Você não está lidando com a situação como ela é, outros fatores estão em jogo. Quando enfrentamos a culpa por suposição, estamos lidando com os medos, histórias de vítimas e problemas emocionais dos outros, e não há nada que possamos fazer sobre eles. É, no entanto, uma lição de entender que não temos controle sobre o que os outros pensam ou como reagem a nós e ao que fazemos.
 
O boletim informativo desta semana descreve como os outros assumem nossa culpa em situações e, mesmo que saibamos a verdade e tentemos explicar isso para eles, eles já decidiram que somos culpados. O que podemos fazer sobre isso? Nada. Devemos mudar o que fazemos nessas situações? Geralmente, a suposição de culpa acontece depois que algo já aconteceu, o que não é relevante. Embora seja perturbador e possa ser irritante, é mais um caso em que não levar as coisas pelo lado pessoal é o melhor resultado. 
 
 
 
Jennifer Hoffman
 
 
 


 
 
 
Por favor, respeitem todos os créditos
 

Recomenda-se o discernimento.
 
 

 


Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.


Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.


Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.
 
 
Atualização diária.
 
 
publicado por achama às 16:09