A Chama da Ascensão

pesquisar

 
Terça-feira, 25 / 06 / 19

Cientistas encontram água num lago gigantesco em MARTE que poderia abrigar vida.



Cientistas encontram água num lago gigantesco em MARTE que poderia abrigar vida.

A Divulgação continua: Cientistas encontram lago gigantesco em MARTE que poderia abrigar vida em lagos subglaciais como os que existem na Terra.

 
Edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch
 
.
 
 

 
A Agência Espacial Italiana divulgou em julho uma das mais importantes descobertas sobre Marte nos últimos anos: pesquisadores detectaram a presença de abundante quantidade de água líquida localizada abaixo de uma camada de gelo no polo sul do planeta vermelho. Até então, os astrônomos nunca haviam encontrado um habitat semelhante em Marte. De acordo com especialistas, esse seria o primeiro local onde microrganismos como os que existem na Terra poderiam sobreviver.

 
 
Cientistas encontram lago gigantesco em Marte que poderia abrigar vida. Essa é a “primeira vez” que pesquisadores encontram água em grande quantidade no planeta vermelho: o vasto reservatório está localizado próximo ao polo sul de Marte  A característica do local seria semelhante a dos lagos subglaciais que existem na Terra, o que dá esperanças aos cientistas de investigarem a “possibilidade” da existência de vida.
 

ILUSTRAÇÃO DO TRABALHO DA SONDA QUE DETECTOU ÁGUA EM MARTE (FOTO: DIVULGAÇÃO/ESA)
Até então, os astrônomos nunca encontraram um habitat semelhante em Marte. De acordo com especialistas, esse seria o primeiro local onde microrganismos como os que existem na Terra poderiam sobreviver. Ao investigarem uma região de Marte conhecida como Planum Australe, os cientistas localizaram uma reserva de água líquida com 20 quilômetros de extensão, localizada a 1,5 quilômetro da superfície. Ainda não foi possível verificar a profundidade do lago, mas ele teria mais de 10 centímetros de profundidade. 


A descoberta foi possível graças ao radar MARSIS, que está a bordo da sonda Mars Express — lançada em 2003 pela Agência Espacial Europa (ESA) e pela Agência Espacial Italiana. O instrumento é capaz de enviar ondas eletromagnéticas para abaixo da superfície marciana, recebendo informações sobre a densidade de determinada região: ao analisarem os dados recebidos na região de Planum Australe, os cientistas notaram que os pulsos eram semelhantes aos que existem nas porções de água que ficam abaixo das camadas de gelo da Antártida ou da Groenlândia, aqui na Terra.
Agora, os pesquisadores dedicarão seu trabalho a conhecer as características do lago e investigar se essa ocorrência é única ou há outras porções de água líquida ao longo do subsolo marciano. Em relação à possibilidade da formação de vida extraterrestre, os especialistas afirmam que é necessário realizar análises mais cuidadosas da região.
Inicialmente, sabe-se que há uma composição química especial para a água manter-se líquida (como a concentração de elementos como magnésio, cálcio e sódio). 
Há cerca de 4  bilhões de anos, Marte tinha um campo magnético forte, como o da Terra, que o protegia da radiação emitida pelo Sol. Além disso, acredita-se que água corria livremente por Marte. Estas duas condições já são um passo gigantesco para que um planeta seja habitável.

REGISTRO DA SONDA DETECTANDO A PRESENÇA DE ÁGUA (FOTO: DIVULGAÇÃO/ESA)


Gradualmente, a atmosfera de Marte foi sendo afetada por fortes e agressivos ventos solares, não suportados pelo campo magnético que protegia o planeta. O resultado do processo, que durou bilhões de anos,  tornou o planeta um deserto gelado e inabitável.
Com a descoberta, no entanto, a perspectiva dos cientistas podem mudar em relação à disponibilidade de elementos que possam abrigar possíveis formas de vida. .






 
 
Por favor, respeitem todos os créditos

Recomenda-se o discernimento.






Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.


Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.


Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 
 


Atualização diária.


Free counters!


 
 
 
 
geoglobe1

 


 
publicado por achama às 18:37
Sexta-feira, 31 / 10 / 14

Histórias de Maldek – Ombota de Marte, Parte 2



Histórias de Maldek – Ombota de Marte, Parte 2


Manuel Tavares at A Chama Violeta -


A Verdade Libertar-nos-á. SOMOS ALMAS EM CORPO HUMANO!




*Ombota de Marte, **Histórias d**e Ma**ldek, **da Terra e do Sistema Solar ** Parte 2* Posted by Thoth3126 on 30/10/2014 Traduzido do Livro “THROUGH ALIEN EYES – Através de Olhos Alienígenas”, escrito por Wesley H. Bateman, Telepata da FEDERAÇÃO GALÁCTICA, páginas 437 a 459. “Houve um tempo em que milhares de embarcações da Federação chamadas de ‘Vimanas‘ levantavam enormes nuvens de poeira enquanto aterrissavam na Terra para descarregarem as suas cargas de caridade. Embora eles (os nodianos) viessem com preocupação e amor, eles assim o fizeram para evitar a degradação da hete... more »



publicado por achama às 03:46
A Luz está a revelar a Verdade, e esta libertar-nos-á! -Só é real o AMOR Incondicional. -Quando o Amor superar o amor pelo poder, o mundo conhecerá a Paz; Jimi Hendrix. -Somos almas a ter uma experiência humana!

mais sobre mim

Agosto 2020

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

últ. recentes

  • Thank you Mateo, It is fixed.
  • Thank you for reposting my article. However the or...
  • "Hoje é um homem de missão cumprida, engenheirão v...
  • Bacana esse post, vou compartilhar no facebook, cr...
  • O Sathya Sai Baba ainda está entre nós e vive na Í...
  • Olá, obrigado pelo comentário.Sempre que dermos ou...
  • Sempre que dermos ouvidos à voz que vem do coração...
  • Ola Manuel, muita luz para você ,é a primeira vez ...
  • fale alguma coisa,de mim sou poliana miguel
  • Você fala com anjos ,pede um deles mandar uma mens...
  • A "vida real" é uma ilusão Toda a matéria é formad...
  • Bom dia,reparámos que o seu blog faz uso de textos...
  • O Amor é tudo o que existe e na sua mais pura exên...
  • usando uma metafora descrevendo a vida real, e nao...
  • o odio deve-se à permissao do mal andar entre nós,...
  • Obrigado pelas suas palavras. Fiquei a conhecer po...
  • Adoro este artigo. Já tinha conhecimento do assunt...

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro