PERGUNTEM AOS MESTRES

Através das Vozes Celestiais

Mensagem canalizada por Toni e Peter.

Tradução: Regina Drumond

a 15 de agosto de 2018.


 

 

UMA APRESENTAÇÃO PRÉVIA DOS ENSINAMENTOS DOS MESTRES

 
A confiabilidade das mensagens canalizadas é questionada por uma mulher finlandesa. Os Mestres esclarecem os fatores a serem considerados. Evolução é o assunto levantado por uma mulher dos EUA, e a resposta dos Mestres é instrutiva. Um correspondente brasileiro não consegue romper permanentemente com uma família negativa. Os Mestres oferecem incentivo para descobrir o próprio poder e assumir a responsabilidade.

Vocês podem ler estas perguntas e respostas na página de Mensagens no site dos Mestres: 

Para traduções do Manual dos Mestres sobre a Reencarnação, cliquem neste link: http://celestialvoicesinc.com/?page_id=24 – ou na guia Livraria, no site dos Mestres.


Amor, Luz e Risos,

 
Toni e Peter.

Celestial Voices, Inc <contact@ mastersofthespiritworld.com>


 



 

 

AS PERGUNTAS


 
AS MENSAGENS DO ALÉM SÃO REAIS?
 
PERGUNTA: Mestres, é possível para outras pessoas (médiuns, clarividentes autodeclarados) trazer mensagens verdadeiras para as pessoas de seus entes queridos falecidos, ou é apenas um desejo e uma saudade? Alguns dizem que quando uma alma sai para a luz, ela não deseja ter contato com esse reino. ~ Kanerva, Finlândia.
 
RESPOSTA: As Almas são capazes de se comunicar através do “véu” do estado não-físico para o estado físico. Por possuírem diferentes graus de energia, sua capacidade de transmitir sua mensagem baseia-se em sua experiência em fazer isto. Essa é a razão pela qual algumas comunicações têm um alto grau de clareza e outras vêm com uma "imprecisão", como a estática em um rádio.
 
A eficácia do receptor de rádio, neste caso, um humano que possui habilidades psíquicas, também varia com base em alguns fatores. O primeiro - e geralmente o maior obstáculo - é a interferência do grau do ego que o médium insere na leitura. A única maneira de obter uma recepção clara e desimpedida é ter uma mente completamente limpa, sem absolutamente nenhuma negatividade ou interesse pessoal no que está sendo recebido. A pessoa não deve tentar interpretar o que está vindo, mas deve entregá-lo exatamente como lhe é dado.
 
O segundo é o nível em que o médium se elevou em seu crescimento espiritual. Uma pessoa que ainda vive em um estado de julgamento contínuo tem dificuldade em alcançar a energia amorosa e incondicional do Lar. Quanto menor a sua negatividade e quanto maior a sua aceitação do amor incondicional, mais forte é a sua conexão e mais pura a sua “audição” do Outro Lado.
 
Um terceiro fator importante envolve as proteções que o médium emprega para evitar que os desencarnados ligados à Terra se disfarcem como entes queridos. Sob as condições certas, mensagens verdadeiras não são uma ilusão.
 
O que uma alma deseja depois de ter deixado a dualidade da Terra  é não retornar, a menos que, e até que tome a decisão de fazê-lo, mas isso não significa que ela deseje cortar todo o contato com os humanos que deixou para trás. Enquanto ela puder residir no amor incondicional e não tiver que lidar com qualquer negatividade, ela não terá problema em entregar seus pensamentos de volta à Terra.
 
Se a pessoa era próxima de você, ou mesmo de alguém que você nunca conheceu no corpo, que chega a você, confie na sua sensibilidade à energia que está chegando. Isso ressoa com você? Isso transmite amor e nada mais? Como isso a faz se sentir?
 
 
 

A EVOLUÇÃO FOI DIRIGIDA OU PRÉ-PLANEJADA?


 
PERGUNTA:Mestres, a Fonte projetou a evolução específica de todas as coisas vivas na Terra, ou a Fonte criou os elementos fundamentais para a vida? Como a Terra foi projetada para ser experienciada pelas almas como uma dualidade, o corpo humano foi especificamente projetado para esse propósito? Em que ponto da evolução linear da vida humana as almas começaram a entrar nos corpos? ~ Glória, Estados Unidos.

 
RESPOSTA: As almas fizeram parte do projeto da Terra desde o começo. Desde que a coisa toda foi projetada para descobrir o oposto da perfeição, ela começou como um fragmento da Fonte experimentando a não-perfeição: lidando com o calor e o frio, predadores e presas, e lutando pela sobrevivência. No início, os corpos celulares simples eram tudo o que era necessário. A duração de qualquer experiência era bastante curta.

 
À medida que os experimentos se tornaram mais complexos, com dificuldade em encontrar alimento e abrigo e prover a procriação, a cobertura do corpo precisou de ter mais condições de lidar com as contingências, de modo que começou a evoluir. Como os humanos evoluíram, eles também mudaram o mundo ao seu redor - criando cidades, uma sociedade agrícola, avanços científicos - e, portanto, o corpo humano precisou se acomodar essas diferenças.

 
Você pode ver que em áreas onde a evolução da sociedade não exigia apenas proezas intelectuais, como em áreas indígenas, os corpos mudaram de outras maneiras, como proporcionar uma melhor conexão com a energia da Terra e utilizar os poderes inatos da alma. .

 
Uma alma acabou tendo muitas opções para um destino para examinar o oposto de sua essência - quão complexa ela desejava ser? A evolução ainda está avançando. O corpo em si, exceto pelo tempo de vida, mudou pouco. Em vez disso, intelecto, temperamento e conspiração contra inimigos (tanto individuais quanto internacionais) agora ocupam os circuitos evolucionários.

 
É a dualidade que permite que os vários parâmetros existam. Se todos adorassem a todos, não haveria esforço - nada para lidar, nenhuma escolha a ser feita. Tendo chegado ao seu ponto atual, o corpo físico permanecerá a menos que alguma alma decida que pode querer tentar viver através de uma máquina.
 

 

TENDO FÉ E ASSUMINDO A RESPONSABILIDADE


 
PERGUNTA: Mestres, fui criada em um ambiente hostil com ódio, desrespeito, falta de amor e de valores morais. Tento reconstruir a minha vida à distância destes parentes para preservar a minha sanidade e pelo menos, confiar na vida. Mas, de vez em quando, estes parentes me lançam feitiços para que eu desista de meus sonhos, ou para que tudo saia errado em minha vida e finalmente, retorne para eles, humilhada. Mestres, o que eu preciso fazer para me libertar deles e o que eu preciso aprender? - Yvi, Brasil.

 
RESPOSTA: Você não está retornando por causa de feitiços que lhe são enviados por alguém, mas porque você tem pouca fé em suas habilidades para tomar decisões. Toda vez que as coisas não saem do jeito que você acha que deveriam, você coloca o rabo entre as pernas, como um cachorro agredido, e volta para um local previsível para você. Isto é chamado de zona de conforto. Embora você não goste do que acontece lá, pelo menos você sabe a extensão do descontentamento a que será submetida.

 
Quando você retorna, você joga na manipulação de sua vida. Você não pode estar em sua presença sem estar cercada por suas características negativas. Eles nem estão tentando entender por que eles se sentem assim, e tudo é como eles escolhem. Eles não sabem que existe outro aspecto da vida, que é o amor incondicional e o crescimento espiritual.

 
As almas criam sua própria realidade pelos sistemas de crenças que escolhem para estruturar suas vidas. Já que seus parentes estão do lado oposto da dualidade do que você procura, você tem que decidir como quer que sua vida seja ou simplesmente aceitar que você estará sob o controle deles.

 
Você é uma parte da energia da Fonte e, como tal, tem todos os poderes e habilidades da Fonte. Mas até que você aceite isso como verdade, você continuará a se sentir como você está agora. Primeiro, aceite isso como uma possibilidade. Então acredite que isto pode ser usado por você para mudar seu ambiente. Visualize o que você deseja e, em seguida, saiba que você tem a capacidade de manifestar e criar essa visão. Então comece a agir para colocar tudo em jogo.

 
Coloque seus medos e dúvidas de lado e assuma a responsabilidade de suas decisões. Esta é a sua vida - não uma extensão da vida de seus parentes. Faça isso.
 
 
 
Para perguntas:
 




 
 

 

GUIA DE REENCARNAÇÃO

 
 


B.R., do Brasil pergunta aos Mestres: Por que eu nunca consegui atrair uma pessoa que queira namorar comigo? Eu sempre tive confiança de que poderia.
 
Resposta: Você é uma pessoa muito exigente, que só está interessada em seus próprios desejos - você não pensa em compartilhar com os outros. Não confunda confiança com expectativas não razoáveis. Examine como outros casais interagem e tente por você mesma.
 
 
Ana, de Portugal, pergunta aos Mestres: Até hoje eu estava apaixonada por um homem que queria compartilhar minha vida. Mudei toda a minha vida, iniciei um processo de desenvolvimento espiritual consciente, para me tornar cada vez melhor e, talvez, para atrair o amor desse homem. Isso não aconteceu. Hoje reconheço que quero ser tratada com amor e afeto verdadeiros. Por que eu amo tanto esse homem? O que ele sente por mim?
 
Resposta: O que você recebeu deste homem é o que ele estava disposto a lhe oferecer  desde o começo. Tudo se referia aos seus desejos e à interpretação de um relacionamento que você desejava com todo o seu coração. Uma vez que você começou a descobrir quem você realmente é e sentiu uma conexão com sua essência de amor incondicional, percebeu que estava em conflito com a personalidade desse homem. Seu trabalho, que você achava que o atrairia, realmente permitiu que você visse o quanto ele é egoísta. Você queria desesperadamente ser amada e ele é incapaz de amá-la de uma maneira compartilhada. Ele só tolerará sua própria definição de amor, que é tudo para ele.
 
 
Lilith, dos EUA, pergunta aos Mestres: A capacidade de amar e aceitar tudo de mim parece quase impossível e detestável para mim. Por que isso, e qual é a solução?
 
Resposta:  Você é muito crítica com as escolhas que fez para esta vida e, em vez de trabalhar com elas, detesta a presença delas. Nada mudará até que você decida que quer entender por que certas coisas estão ocorrendo em sua vida e aceite que pode fazer algo sobre elas, se desejar. As almas criam suas próprias realidades pelo que atraem para si mesmas. A solução é como você decide encarar a sua vida.
 
 
Julia, do Brasil, pergunta aos Mestres: Estou me sentindo muito conectada com a idade média, as terras altas e a França ... Eu morei lá em outras vidas?
 
Resposta: Você teve várias vidas diferentes nestes tempos e locais e achou a maioria deles muito agradável.
 
 
Gabriela, dos EUA, pergunta aos Mestres: Desde que eu era adolescente, eu me identifico como lésbica e isso é uma grande parte da minha identidade, mas nos últimos dois meses sinto que algo mudou e agora gosto de homens. Eu nunca fui bissexual, só gostava de mulheres antes. Agora eu sinto que sou hetero. Por que minha sexualidade mudou tão abruptamente? Eu me sinto confusa e com raiva porque não sou eu, mas me sinto impotente para voltar ao meu antigo eu lésbico!
 
Resposta: Você está louca? Que presente poder experimentar múltiplos amores em uma única vida. Querer permanecer lésbica só porque você “pensa” que é quem você é, é negar como o seu corpo está respondendo a estímulos. Aparentemente, o seu plano de vida, por sua escolha, incluiu mais do que uma experiência como lésbica. Você tem medo de ser hetero ou bissexual? Por quê? Isso pode complicar a maneira como você tem lidado com as pessoas até agora, mas o que isso importa? A escolha é toda sua com quem você faz sexo.
 
 
Sabine, da Áustria, pergunta aos Mestres: Há alguns meses  eu conheci um homem e desde então eu não me sinto tão feliz no meu relacionamento. Eu não conheço essa pessoa, mas senti sua energia fortemente, embora nada tenha acontecido entre nós. Existe uma conexão entre nós? Isso também o afetou? Ou eu estou apenas inventando tudo?
 
Resposta: O que esta breve experiência proporcionou para você foi a sensação de que a energia dentro de seu relacionamento não é tão agradável quanto poderia ser - que há algo mais excitante e satisfatório. Seu parceiro tem uma tendência para o lado negativo, e essa pessoa foi completamente preenchida com amor incondicional e positivo. Isso lhe deu um gostinho do que é possível. Ele não sabia da reação que estava criando em você.
 
 
Bianca, do Brasil, pergunta aos Mestres: Eu sinto ansiedade o tempo todo e me preocupo com minha vida profissional, eu estudo muito, mas me sinto meio perdida e realmente não sei o que fazer e isso está me matando. E eu me sinto sozinha o tempo todo. Eu quero fazer algo que valha a pena para a humanidade e sentir paz!
 
Resposta: Dê a si mesma uma chance. Você está apenas começando neste caminho e ainda assim quer estar estabelecida e feliz antes de ter se acostumado. Aproveite seu tempo e examine todas as emoções para ver se existe algo que você precisa esclarecer. Não tente salvar o mundo antes de salvar a si mesma. Sentir-se em paz é uma escolha - basta fazê-lo.
 
 
Lucas, do Brasil, pergunta aos Mestres: Eu tenho passado por um profundo processo de despertar espiritual por cerca de seis meses. No início, testemunhei muitas variações de emoções. Eu me pergunto se todo esse processo se estabilizou porque às vezes eu me sinto muito triste, sem humor, sem vontade de fazer as coisas ou insensível, igual a um estado de depressão. Eu me pergunto: por que me sinto assim? Há algo que eu precise saber sobre minha missão de alma ou sobre a energia da Kundalini e dos orgasmos? O que poderia me ajudar a seguir em frente?
 
Resposta: Um dos processos no despertar espiritual é limpar todas as energias negativas que você escondeu em seu corpo físico durante a vida. Ao liberá-las, elas causam um vazio, depressão, tristeza e carência. Quando você sentir qualquer uma destas, sente-se, veja se há algo conectado a isto que você tenha que resolver, e então atraia o amor incondicional para preencher todos os pontos vagos pela negatividade. Este é um processo normal.
 
 
Violeta, do Brasil, pergunta aos Mestres: Eu quero encontrar um trabalho que esteja ligado às coisas que tenho paixão. Eu tentei os esportes e nada aconteceu. Agora estou tentando Educação e comunidades de aprendizagem, mas, novamente, parece que não é o meu lugar. O que está acontecendo? Eu gosto também da marcenaria. Isso poderia ser um caminho?
 
Resposta: Só você realmente sabe o que criará uma paixão dentro de você. Paixões também podem mudar de tempos em tempos, então não pense que há apenas uma que o satisfará. O que você está realmente enfrentando é uma insatisfação com a vida em geral. Crie o ambiente mais confortável para você e, em seguida, aproveite para ver se ele o afeta.
 
 
Gaby, do Brasil, pergunta aos Mestres: Eu sei que todo ser é responsável por sua própria evolução física e espiritual. Mas eu moro com uma família que ainda não despertou para esse conhecimento da criação. Minha mãe sofre de uma doença crônica, sei que podemos nos curar, quero saber se posso ajudar minha amada mãe dessa maneira.
 
Resposta: Você não pode ajudar sua mãe porque ela não acredita que ela possa ser ajudada. Crie um ambiente para si mesma que atenda as suas necessidades enquanto envia amor incondicional aos outros para que eles possam entender o que você descobriu.
 
 
Cathyann, dos EUA, pergunta aos Mestres: Eu vivi com meu namorado por dois anos e meio. Nós temos um problema de confiança recorrente sobre uma antiga amiga nossa. Meu namorado fez a escola com ela. Ela é casada com outra pessoa, mas eu sinto que eles, no mínimo, fazem coisas juntos pelas minhas costas. Gostaria de saber a resposta dos mestres.
 
Resposta: O ciúme é uma cruz desagradável e cruel. Não há nada romântico entre o seu namorado e essa mulher. Eles são muito bons amigos e gostam de passar um tempinho juntos. Às vezes, quando você se torna muito intensa e ele precisa de uma pausa do seu escrutínio, ela é capaz de ajudá-lo a ver o quanto ele realmente se importa com você, apesar da maneira como você reage à escolha de seus amigos. Basta perguntar a si mesma: se ela fosse homem, você pensaria  no tempo em que eles estão juntos?
 
 
Maressa, do Brasil, pergunta aos Mestres: Por que minha irmã é tão rude comigo? Há momentos em que ela me desqualifica na frente dos outros. Perguntei a minha terapeuta o que fiz com ela em uma de minhas vidas, mas  acho que ela não conseguiu acessá-lo. Quando ela bebe, fica pior, atormenta-me o tempo todo e faz ameaças para mim. Mestres: ajudem-me a resolver este dilema: ela se irrita comigo porque nossa mãe me deu toda a sua atenção ou foi um erro meu em nossas vidas passadas? Não se preocupem com a resposta, seja o que for, eu estou preparada para saber.
 
Resposta: Sua irmã é uma valentona, um vampiro energético e uma manipuladora, e ela se alimenta das reações que consegue tirar de você. Isso faz parte da sua lição nesta vida de se conhecer bem o suficiente para que o que os outros digam ou façam não a afete. Isso não tem absolutamente nada a ver com vidas passadas e apenas reflete seu controle sobre os outros. Basta entender que ela é uma pessoa extremamente infeliz e quer que os outros sofram com ela. Não lhe dê essa satisfação.

 

Direitos Autorais:

Toni e Peter.




Compilado por: http://violetflame.biz.ly e dos elos fornecidos.





Agradecimentos a:
 






Por favor, respeitem todos os créditos

Recomenda-se o discernimento.
publicado por achama às 16:41