Manifestações do Amor Divino!

Pensamento do dia.

Por Sathya Sai Baba

20 de julho de 2018

 
 

Não há qualidade mais nobre, no mundo, que o amor. Amor é sabedoria, Amor é retidão. Amor é riqueza e verdade.


Baba.
 
 
 Image result for sathya sai baba
 
 
O amor existe para o amor e nada mais; é espontâneo e dá prazer. 
 
O amor vê pelo coração, não pelos olhos. 
 
Ele ouve não pelos ouvidos, mas pela tranquilidade do coração. 
 
Ele fala não com a língua, mas usando compaixão. 
 
O amor tem muitos sinônimos – compaixão e bondade também significam amor. 
 
O amor emana unicamente do coração, e não de qualquer outra fonte. 
 
O amor é imortal, é doce, é repleto de bem-aventurança e infinito. 
 
Um coração preenchido com amor é ilimitado. 
 
Assim como rios de nomes diferentes se fundem no oceano e se tornam um com ele, o amor, em muitas formas, entra no seu coração e se funde nele. 
 
Seus pensamentos, palavras e visão devem ser preenchidos com amor. Esse é o amor divino. 
 
Alguém saturado com amor divino, jamais poderá estar sujeito ao sofrimento. As pessoas, hoje em dia, ficam afetadas com elogio ou culpa. 
 
Entretanto, aqueles repletos de amor divino transcendem elogios ou censura. 
 
Eles não são afetados pela crítica ou lisonja, e tratam alegria e tristeza, lucros e perdas, vitória e derrota, da mesma forma.  
 
 
(Discurso Divino, 25 de dezembro de 1995).
 
 
Sathya Sai Baba.


 
 
Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião é desnecessária à esperitualidede.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle das religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
 
 

 

Por favor, respeitem todos os créditos
 
 
 

 

Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.
 
Recomenda-se discernimento e evitar o julgamento.
 
Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.
Recomenda-se o discernimento.
 
Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
 
geoglobe1
 
geoglobe1
 
publicado por achama às 17:11