Manifestações do Amor Divino!

 

Pensamento do dia.

Por Sathya Sai Baba

23 de novembro de 2017

 

 
 
 
 
 
 



Manifestações do Divino! 
 
Vocês estão comemorando hoje o aniversário de Swami e alcançando a bem-aventurança divina (ananda) através de vários programas realizados com entusiasmo; mas, na verdade, não tenho nenhum desejo de considerar este como um dia especial! 
 
Tal desejo não existe em Mim em qualquer momento, nesta ou em qualquer outra residência temporária. 
 
Não preciso de nada, por maior ou menor que seja neste Universo! Eu vim com um propósito: revelar a todos vocês o mistério de sua realidade e o objetivo de sua vida! 
 
O que vocês devem colocar diante de Mim como oferenda é o Puro Amor interior. 
 
Quando vocês Me oferecem isso, eu obtenho Ananda! 
 
A partir de hoje, passem seus dias e anos em atividades que ajudem e cuidem daqueles que estão em extrema necessidade e tornam essa existência humana valiosa e frutífera. 
 
Conduzam-se adequadamente e realizem o objetivo de sua vida. Minhas bênçãos a vocês! 
 
(Discurso Divino, 23 de novembro de 1974)
 
 
Sathya Sai Baba.


 

 
 

 O amor pode conquistar qualquer coisa. Amor altruísta, puro e imaculado leva a Deus. – Baba.


 




Por favor, respeitem todos os créditos

Arquivos deste escritor em português:

Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
http://achama.biz.ly/




Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.


Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.


Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.




Atualização diária.

 


geoglobe1 <a href="http://www.geovisites.com/pt/directory/sociedade_esoterismo.php?compte=613257833575" target="_blank"><img src="https://geoloc19.geo20120530.com/private/geoglobe.php?compte=613257833575" border="0" alt="esoterismo"></a> <br>Please do not change this code for a perfect fonctionality of your counter <a href="http://www.geovisites.com/pt/directory/sociedade_esoterismo.php">esoterismo</a>
publicado por achama às 14:33