Pensamento do Dia, 3 de setembro de 2016.

Por Sathya Sai Baba. 

 

https://1.bp.blogspot.com/-FLTa2zXFPjU/U9wn-KTgRGI/AAAAAAAAIcA/CsK3ed5uYxA/s320/sathya_sai_baba.jpg
 

 

Se olharmos para o início da guerra do Mahabharata de uma forma superficial, veremos que Arjuna foi lançado a um desânimo e confusão, e à oportunidade necessária para que Krishna transmitisse a sagrada Bhagavad Gita.

Esta situação não deve ser descrita como um período de controvérsia interna.

Arjuna fez uma busca profunda dentro de si mesmo para decidir entre a verdade e a mentira, entre a propriedade e impropriedade.

A vida de um ser humano é transitória.

É momentânea, e no contexto do campo de batalha, Arjuna aprendeu a reconhecer a verdade permanente.

O Senhor Krishna elevou os Pandavas a um nível exemplar para que entendêssemos o coração sagrado de um devoto.

Às vezes, como resultado de dificuldades, os corações dos devotos estão imersos em tristeza.

Isto é por causa de seu ego e outras más qualidades em seus corações as quais vêm à superfície e os incomoda.

Para se livrar de tal ego, inveja e traços indesejáveis do coração dos devotos, Deus definitivamente intervém e empreende eventos para ajudá-los a progredir.


(Rosas de Verão nas Montanhas Azuis, 1976, Capítulo 10)

 

Canal Youtube: Sai Love

 
Mais e diversos artigos espirituais e denúncias atualizados em achama.biz.ly

Publicações recentes:


English recent posts.




MAIS PENSAMENTOS AQUI

Por favor, respeitem todos os créditos.


Recomenda-se discernimento. 

Todos os Artigos são da resposabilidade do respectivos autores.

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.


Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente em cada um de nós.

Atualização diária


 
publicado por achama às 11:09