A Chama da Ascensão

pesquisar

 
Sexta-feira, 23 / 09 / 16

A fuga pelo suicídio - 1 ~ Elohim; Vinícius Francis.

 

 

A fuga pelo suicídio

Parte 1 

Mensagem do Elohim 

Através de Vinícius Francis 

22 de setembro de 2016

 

 

 
 
 
Quero compartilhar com vocês um dos capítulos de Vida Plena, no qual os Elohim abordam o assunto "suicídio". Fechamos o Setembro Amarelo com esta mensagem mais que perfeita. 
Segue abaixo a primeira parte da "Jornada 12 - A fuga pelo suicídio". 
 
Pergunta: Muitas são as pessoas que tomam a atitude de encerrar a própria vida através do suicídio. Esse índice é bem grande e parece que aumenta cada vez mais. São muitos os fatores que levam uma pessoa a terminar sua encarnação de maneira proposital. Por isso, meu pedido é que vocês, a partir dessa perspectiva tão positiva e ampla, ajudassem àqueles que porventura nutram o desejo de suicídio e a todos nós, com orientações de como precisamos nos comportar perante esse fato.

Elohim: Suave é a canção do amor e serena a sua melodia. E felizes são todos os que conseguem se harmonizar com o seu compasso. Felizes são as pessoas que escolhem por viver pautadas nos princípios profundamente positivos do amor e dele, não saem, porque decidiram por ele viver.
 
Somos os Elohim da Criação e estamos próximos de vocês neste momento, acompanhando vossa vida e estamos presentes em cada instante dela, pois somos o seu próprio pulsar que direciona a vocês ondas de estímulo e desejo involuntário por viver. Sabem aquele instintivo desejo de viver e viver eternamente o melhor de tudo? Nós somos esse desejo e é através dele que nos manifestamos a vocês mais intimamente.
 
Para nós só existe a vida, o bom e o belo. Mas não porque descartamos a existência das coisas que vocês conhecem bem e que classificam emocionalmente como sendo ruins. Vemos assim porque enxergamos muito mais a conclusão de cada coisa, do que os próprios fatos que a compõem. Pois os fatos nada mais são do que o seu desenrolar conforme as vibrações envolvidas na equação de cada experiência. As vibrações envolvidas numa situação definem como ela fluirá, por quais caminhos percorrerá e quais os elementos e formas diferentes se farão presentes em cada passo dela.
 
Por isso, escolhemos olhar para frente e observar onde isso vai dar, no final das contas. Não nos apegamos a momentos, e sim, aos resultados. E todos eles são bons. Entretanto, não queremos dizer aqui que não nos importamos com aquilo que acontece a cada Ser e que somos indiferentes às suas experiências. Apenas enxergamos mais do que a emoção do momento, enxergamos mais do que a situação que porventura estejam vivenciando.
 
É como uma pessoa que cai de um prédio. A visão que teríamos dessa situação é muito diferente daquela que quem está caindo, tem. Quem cai, pensa (se é que consegue) que sua vida acabou, que seus sonhos, tudo será destruído junto com a morte de seu corpo físico assim que o mesmo se chocar contra o chão. Ele se sente profundamente desesperado e seu instinto de sobrevivência grita em seu interior tentando lutar para preservar sua vida naquele momento.
 
E sabemos que assim também, todos vocês veriam essa mesma situação. No entanto, nós não. Mas não é porque desprezamos o sofrimento daquele que está caindo do prédio e indo em direção ao fim de seu encarne atual. Não é porque não consideramos ou validamos seus sonhos, projetos e tudo o que gostaria de fazer ainda e que, tal fato, o impedirá de realizar, pelo menos naquele ciclo. Não é porque não nos importamos com o sofrimento de seus familiares quando descobrirem o que houve.
 
Nós temos uma visão diferente. E vemos assim porque sabemos que ao cair no chão, de cima do prédio, vira-se uma página da história do sujeito, mas não se fecha o livro inteiro. Há outra parte da história assim que a página é virada. E se pudéssemos dizer algo para quem está caindo de um prédio seria o seguinte: Isso está perto do fim e daqui a poucos instantes não restará mais nada de seu desespero neste momento. E isso será apenas como um sonho ruim, do qual você finalmente acordou.
 
Aquele momento será como um breve sonho, mas a vida ainda permanece, porque não há como ela findar. Algo que é eterno sempre se estenderá adiante, é como uma estrada que é construída à medida que pisam nela, vocês dão dois passos e a vida constrói mais dois metros de chão... E assim acontece, sucessivamente e para sempre. Isso não acaba.
 
Por isso não nos deixamos envolver emocionalmente por um episódio apenas, sabendo que ainda existem infinitos capítulos daquele conto a serem lidos e experienciados. Contudo, sabemos que para vocês é diferente e compreendemos vossa visão, com base na posição física na qual se encontram agora. Vocês apreciam a vida por outro ângulo. 
 
E este ângulo é bastante funcional para que façam desta experiência algo marcante e realizador. Porque se tivessem, na condição em que se encontram, a mesma visão e comportamento que temos acerca de tudo, seria bem provável que não fariam o mesmo pela própria vida que o instinto de garantir a sobrevivência e o desejo pela continuidade e o amanhã melhor vos provoca a fazerem. E apreciamos, pois tudo funciona perfeitamente bem dentro do arranjo no qual se encontra em cada momento.
 
Uma formiga não pode viver com a mesma ânsia de vocês, pois seus objetivos, dentro de sua perspectiva de realidade, são outros. Assim como um leão não pode viver com o mesmo entusiasmo que um ser humano quando vai ao salão de beleza, pois toda força que seu corpo possui precisa ser cuidadosamente usada para satisfazer as demandas que seu ambiente lhe impõe constantemente.
 
Ele precisa se preocupar muito mais com as zebras e suas outras presas do que com o fato de sua juba estar ou não penteada. Porque ele não acha zebras nas bandejas em supermercados, na savana. Vocês compreendem isso? Já vocês, humanos, não estão voltados às zebras, gnus e antílopes, nem com hienas ou predadores e rivais, estão em outro contexto. Portanto, usam cada sentido de vosso senso de sobrevivência para cumprir outras demandas e prioridades. E assim, naturalmente, elas vão mudando, conforme evoluem.
 
Isso é perfeito. E quando falamos de nós, nenhuma dessas demandas importam mais, temos outras, que com certeza não se encaixariam em vossa visão de vida agora. E nem falaremos delas, pois soariam a vocês como chatas; cansativas. Vocês precisam dormir e isso, além de um prazer, é uma necessidade. Vocês precisam comer, pelos mesmos motivos, saem pelos mesmos motivos, se envolvem com pessoas, compram, vendem, trocam. Nós não fazemos nada disso. Não vivemos nesses termos e nessas condições.
 
Bom, então, o que vocês fazem Elohim? - Vos enviamos mensagens (risos). Obviamente, nosso viver se estende a muito mais do que isso. Mas tudo o que dissemos aqui é para que entendam que todas as coisas são perfeitas, conforme a ocasião em que elas precisam ser vivenciadas. E no final, o que temos? A expansão, o alinhamento, a evolução de todo Ser.
 
Pode parecer bastante trágico para vocês alguém dar um tiro na própria cabeça, envolvido pelo sentimento de: Chega, isso aqui não dá mais pra mim! Mas, afirmamos que depois de certo tempo tudo isso para o ser terá passado e haverá um recomeço. Nada é para sempre, nem vossos momentos de sofrimento, nem vossos momentos de alegria. Cabe a vocês potencializar aqueles que vos convêm e estender os sentidos que as coisas boas provocam, a fim de que as estendendo, elas ganhem novos sentidos e atraiam novas circunstâncias a gravitarem nesse mesmo eixo de bem-estar. É vossa tarefa.
 
Contudo, reconhecemos a preocupação em relação ao suicídio. E muitos são os que desembarcam nos portos astrais sem a devida bagagem e não sabem o que fazer quando chegam lá, depois de encerrarem esse capítulo da vida propositalmente. E isso varia de Ser para Ser. Há quem chegue mais lúcido e há quem chegue terrivelmente perturbado. Mas, a grande surpresa para a grande maioria dos que comentem isso é que, ao encerrarem aí, levianamente imaginam que acabou. Finalmente conseguiram fugir da vida.
 
Mas, sempre que fecharem os olhos, garantimos, os abrirão de novo. Mesmo que ao abrirem não estejam em vossos leitos, em vossas casas na Terra. Porém, todos os olhos que se fecham pela morte do corpo físico são novamente abertos em outra dimensão e realidade. E, adivinhem! Continuam sendo vocês. Com os mesmos conflitos que vos levaram a apertar o gatilho, tomar o veneno, pular da ponte ou de um prédio. Continuam com vossas mesmas pendências e obrigados pela Lei da afinidade e pelo livre-arbítrio a terem que carregar sobre si mesmos o vosso desalinhamento. Simplesmente nada daquilo que pensam que será mudado após o suicídio, mudará. (...Continua na parte 2)
 
Elohim através de Vinícius Francis 
Você pode compartilhar esta mensagem, contanto que respeite os créditos do autor e da fonte (blog). Direitos Autorais: © Vinícius Francis, 2016



 
 
Por favor, respeitem todos os créditos

Arquivos deste escritor em português: 
 






Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.


Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.


Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.




Atualização diária.

Se gostou! Por favor RECOMENDE aos seus Amigos.

achama.biz.ly 


achama.islands.biz.tc/

http://islands.biz.tc/azores/

Israel ou Cazária!?


achama.biz.ly email: nai@achama.biz.ly

EN: VioletFlame The Illuminati * Alternative Media * North Atlantic Islands * Indian Ocean Islands * South Atlantic Ocean Islands * Alternative Media Creator's Map ESU IMMANUEL Exposing Media DesInformationGalactic Federation Indians, Prophecies and UFOs Illuminati, The Infinite Being Israel (!?) Jews..., the Real ones! *Khazars Jews are converted, not jenuine Meditation Media News NESARA (!?) SCIENCE, SPIRIT, Free Energy!... UFO CONTACTS UFOs (MORE) USA The 4th NAZI Reich!? * Zionism Lies and The Illuminati * Light a Candle for PEACE * The Red Pill * The True Shadow Government

ES: LLAMA VIOLETA
publicado por achama às 23:50
Quarta-feira, 30 / 09 / 15

Apenas acreditem e recebam ~ Palas Athena via Vinícius Francis

Apenas acreditem e recebam

Por Palas Athena

Através de Vinícius Francis

27 de setembro de 2015

 


Amada Terra, na compaixão divina me revisto e no amor calço os meus pés, para que convosco eu esteja mais uma vez em plena harmonia. Repleta de amor pela vossa causa me encontro. E a cada dia de vossa contagem de tempo, coloco-me em maior entrega ao serviço do Bem. Eu escolhi estar com todos vocês, eu escolhi vos acompanhar de perto. Porque isso expande o Bem em mim e em tudo o que existe.

Amados humanos, aproximo-me humildemente. Recebam-me pois, em vossa casa, em vosso coração, em vossa vida. Pois imersa nas mais sublimes intenções eu venho a vocês, outra vez, alegre, feliz, em paz. Na paz que preenche o vazio da alma angustiada. Na virtude da plena certeza no Poder que a tudo move, bem como fortalece e motiva os enfraquecidos. No amor que transforma e satisfaz a alma de todos os seres do Universo.

Eu sou Palas Athena, vossa amiga, serva da causa de vossa evolução. E dispo-me de qualquer honra e glória que a Terra queira me oferecer. Ouro, prata, pedras preciosas e adornos de todos os tipos, não me servem neste momento. Porque eu vim falar-vos da Paz. Eu vim para falar-vos do Bem; e apontar-lhes as estrelas do céus a fim de vos mostrar a grandeza de Deus. E se eu me aproximo vestida de glória e esplendor, vocês me adorarão na humildade de vossos sentimentos, que eu aprecio.

Por isso, reconhecendo vossa forma de amar e demonstrar gratidão, quero hoje me sentar ao vosso lado e ter convosco de perto. Recebam-me, vos peço humildemente. É para vos ajudar que desço dos elevados planos, é para vos apontar o caminho do excelente despertar que me disponho a vos amparar. Porque o vosso sorriso me abraça, a vossa felicidade me alegra, pois o Criador se alegra na felicidade de suas centelhas. E eu me permito ser uma com ele em tudo o que sou. E parte de mim se achega a cada um agora, que me lê e ouve a voz do meu espírito e sente o perfume da minha alma inebriada da graça do Altíssimo Deus.

Por isso, sento-me ao vosso lado, olho em vossos olhos e ouço tudo aquilo que tens a me dizer. Ouço vossos anseios, compartilho de vossos sonhos porque sou vossa aliada no caminho. Amo vosso caminho e a forma como ele se desdobra. Amo suas vitórias e aprendizado, porque aprecio Deus viver através da vida de vocês, de forma ímpar.

Ouço também vossos pedidos de ajuda e vos afirmo que nenhum deles ficará sem minha resposta, sem meu amparo. Quando me chamam com a voz de vossos corações, creiam, eu me faço presente, de várias maneiras.

Sei que nem todos podem ouvir a minha voz e me compreender num contato consciente como este que realizo com meu irmão, no entanto, ainda que não consigam traduzir minhas intenções em formas de palavras, vocês podem sentir o meu amor se desejarem e se abrirem-se a tal. Ainda que seja no olhar de uma criança, de um animal, na beleza de uma flor ou na exuberância de vossa natureza, procurem-me nas coisas que para vocês são belas e nelas garanto que me farei presente.

Porque amo vos amar plenamente, porque o amor que vos dou não é unicamente meu, mas Dele que em mim É para sempre, assim como É em vocês. É o Amor Dele que juntos compartilhamos. Por isso, amar vocês é me amar, assim como é amar a Deus, que em todos nós vive eternamente.

Amados, quero lhes pedir algo, posso? Descansem o vosso coração no Seio do Criador e sobre ele coloquem vossas emoções, todas elas. Coloquem os pensamentos, os anseios. Depositem todo o vosso ser no Poder que vem Dele e que brota em vosso interior.

Confiem, prestem atenção nesta palavra, confiem. Acreditem de olhos fechados no Amor que sobre vocês desce em abundância neste dia. Eu contemplo das elevadas dimensões o que tem agora se aproximado da Terra. Eu aprecio o mover da Justiça e da Provisão infinita, que como uma mãe a proteger e amparar seus filhos, agora vos abraça.

E quero convosco compartilhar de tudo isso, para que exultem assim como meu espírito o faz neste instante. Há milênios encontro-me na condição de amparadora da Terra e pilar de energias magnéticas responsáveis pela evolução da mesma. E tenho acompanhado a humanidade em seu progresso, em seu carma. Vocês foram ajudados sempre, de forma especial. E tudo seguiu conforme o planejado, porque vos afirmo que os propósitos de progresso que o Autor da vida arquiteta sempre são cumpridos, ainda que a mente egoica não os compreenda justamente.

Vocês têm evoluído, no tempo que vos cabe, e à maneira que se permitem. Contudo, estão em expansão. A roda da vida gira sem parar. Tudo se eleva a cada instante, tudo expande a cada segundo e nada do que era ontem, permanece o mesmo. Nem mesmo o vosso sorriso é o mesmo. A novidade é constante e inevitável em todo Universo. Que minhas palavras alcancem o vosso coração e vos encorajem a querer ver além dos olhos, que elas vos motivem a ir por caminhos nunca antes trilhados, para que neles novas descobertas se façam.

Daqui pra frente, desta Lua cheia em diante, tudo novo se faz. E a novidade que desponta agora vos fará experimentar coisas lindas e sublimes, em todos os sentidos. Fechou-se o ciclo, queridos de Deus. Tudo agora é ainda mais especial. E para aqueles que no Amor e no progresso firmam o seu coração dia após dia sentirão o que digo, será visceral. A graça e plenitude da energia cósmica, que consigo carrega elevadas e excelentes frequências vos envolvem e vos impulsionam em puro progresso.

Mas, obviamente, esse choque, em primeira instância, pode surpreender o vosso ego, fisicamente focado. Não se assustem, não se assombrem ao verem a mão invisível do Criador movendo as coisas em seu mundo. Não temam em vosso coração quando perceberem as mudanças que precisam ser feitas para que o pleno habite a crosta como desejam e merecem. O sopro da transformação pode agitar certas coisas, mas tenham certeza de que ele o faz inteligentemente e visando sempre o resultado final, que é de prosperidade, harmonia, paz, cura.

Certascoisas daqui pra frente serão demasiadamente diferentes e precisam colocar em vossas consciência a ideia do diferente, precisam aceitá-la. E quanto mais em progresso e crescimento interior caminharem mais facilmente aceitarão todas as mudanças que serão realizadas. Só há um destino, amada Terra, e é a unificação, no Amor. Tudo que se move agora toca nessa direção, é inevitável, inadiável. Porque o aval já foi dado. E para a onda gigante de poder divino que vem não há barreiras. Ela inevitavelmente vos alcançará e sim, mudará muitas coisas.

Por isso, sejam um com ela e a mesma, ricamente vos favorecerá. Não a resistam, porque resistência gera sofrimento, caos, perturbação, atraso no plano divino que é excelente, transformador. De mãos dadas nos abrimos ao progresso e o deixamos vir como uma suave brisa, mas com a força de muitas águas.

Que em vosso pensar esteja o Amor. Que em vosso sentir esteja o Amor. Que em vosso agir esteja o Amor. Que em vossas ambições, ele permaneça presente. E que nada seja capaz de vos tirar essa certeza. É o que vos oriento, não se afastem da luz, não tirem os olhos dela. Não deixem de se alimentar dela, não deixem de levá-la. Haverá circunstâncias em que se lembrar dessas palavras lhes será de muita ajuda. Não estão sozinhos em nenhum momento. Isso posso lhes garantir com toda certeza que existe no cosmos. E a cada dia estão mais e mais bem acompanhados. E essa boa companhia se aproxima mais e mais de cada um, até que seja vista pelos vossos olhos.

O amanhã vem vindo e ele traz consigo os tesouros da excelência. Recebam isso, amavelmente, recebam. Apenas creiam e recebam. Haja luz! Haja cura! Haja o Bem!

Fortalecidos no Amor do Criador se encontram os humanos que depositam Nele a sua confiança. Amparados, seguros, protegidos, renovados serão os filhos do Eterno que na fé incondicional apostam o seu viver. Que a luz da harmonia que equilibra todas as vibrações para um estado pleno de paz toque as almas dos que leem minhas palavras. Que o conforto alimente o ser que se sente desamparado. Que a cura alcance o que está doente e restaure o que está desencontrado do arranjo da excelência.

Que sejam abertos os vossos olhos para a VERDADE e seus ouvidos ouçam suas palavras. Que vossas mãos trabalhem em prol dela, que vosso viver seja da mesma uma perfeita extensão para que tudo aquilo que fizerem gere frutos ricos e de pura luz.

No horizonte da vida desponta um novo tempo, desponta uma nova realidade. No horizonte da vida agora surge o Sol do Novo Amanhã, onde a espiritualidade consciente será tão presente quanto o respirar o é. Recebam, é tudo o que vos peço, recebam. Sentada ao vosso lado, compartilho de tudo isso, abençoando-vos e vos banhando de uma luz intensa e verde.

E assim que vos percebo revestidos e abençoados, retiro-me por hora, mas perto permaneço, sempre perto. Amada Terra, eu vos abençoo ricamente e sobre vossas cabeças, humanidade, sopro o poder de Deus que vos fará daqui pra frente subir velozmente as escadas da expansão. Apenas recebam, apenas acreditem. É tudo o que necessitam. É o suficiente para mudar o que precisa ser mudado.

HAJA LUZ! HAJA CURA! HAJA O BEM!

Eu sou Athena, vossa aliada.

Vinícius Francis 

 

 

Vinícius - Plenitude é o livro canalizado de Palas Athena, lançado recentemente no meu Blog Os Filhos da Alva. Nele, a Mestra imprimiu de forma didática ensinamentos grandiosos sobre Espiritualidade, abrindo-nos a consciência para a realidade de muitos âmbitos do Universo não físico, além de nos banhar com sua Sabedoria que nos aponta sempre o caminho da Excelência, instruindo-nos a viver no Bem, em verdadeira Plenitude. Clique Aqui e tenha maiores informações sobre este material. 

 

Fonte:  Os Filhos da Alva

 


Agradecimentos a Sementes das Estrelas

 


Por favor, respeitem todos os créditos

Arquivos deste escritor em português:
http://rayviolet2.blogspot.com/search?q=Vinícius Francis


Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.
Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

Atualização diária 


Se gostou! Por favor RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly 

publicado por achama às 06:40
Quinta-feira, 22 / 01 / 15

Eu e vocês -- Elohim - 20.01.2015

Eu e vocês

Pelos Elohim

Através de Vinícius Francis

 

 

 

 

Vinícius: Hoje, enquanto meditava, fiquei conversando com os Elohim telepaticamente. Algo que faço sempre. Confesso que desde 2009 essa proximidade e canal aberto à inteligência deles me transformou numa pessoa muito mais feliz e esclarecida. De fato, eles foram um divisor de águas em minha vida.






Desde o momento em que eu acordei hoje, fiquei em pensamento com eles, trocando algumas coisas do mesmo modo que fazemos hoje com nosso amigos pelo Whatsapp, graças à tecnologia. Mas aprendi, também com eles, que a conexão com o divino dá-se pelas emoções. E eu sei que enquanto eu me mantiver feliz estarei conectado com eles. Não que a infelicidade os afasta, não é isso. É que a essência que eles são é puramente positiva e quando eu estou mal (o que tem diminuído consideravelmente no decorrer dos anos, graças a eles também) não consigo ouvi-los, porque o meu estado negativo me impede de acessá-los. E isso me ensina que quando escolho (conscientemente ou não) abraçar os maus estados, afasto-me também da essência que eu sou.






Posso achar que as más emoções são minhas, assumi-las e vesti-las como parte de mim. Ou posso lê-las como uma leve separação entre mim (ego, eu físico) e o meu Melhor (eu superior).






E deixo abaixo, uma conversa que tive com eles hoje. Nela eu pergunto várias coisas da nossa vida humana, que todos passamos. E sei que muitos talvez desejam ter essas respostas. Às vezes, por entender que o mal é uma desconexão com o Bem, você pode se sentir culpado por estar mal, digo isso porque já me senti assim. Mas não se afobe, tampouco se culpe, faz parte desta vida e os Elohim estão nos ajudando a entender estas e todas as outras coisas que nos fazem viver melhor uma vez que são compreendidas à luz da verdadeira espiritualidade.






O que nos resta é assumir quem realmente somos e buscar a cada dia viver mais perto de nossa verdadeira essência, que é a felicidade.


Abaixo, a nossa conversa:






-------------------------------------------------------------------------





Vinícius: Qual é a vossa proposta para nós, nesse tempo?






Elohim: Que se sintam bem, que se permitam ser quem são em sinceridade, em verdade. Porque no momento em que se permitem vibrar nisso abraçam a harmonia do Todo em si mesmos. Nossa proposta, se é que temos uma, porque não enxergamos nada do que dizemos a vocês como uma “proposta”, e sim, como uma apresentação de como as leis que criam as coisas no Universo funcionam.






Dizemos a vocês como se dão os processos criativos, como eles ocorrem e como vocês fluem nele. E mediante a isso, deixamos que vocês estabeleçam para si mesmos a vossa própria proposta de vida. Porque nosso desejo é que sigam uma que seja a vossa e não a de outra pessoa ou forças não físicas. Este é o ponto do que sempre desejamos passar pra vocês, nosso intuito é fazê-los enxergar quem são, mas não a partir de uma visão humana simplesmente, porque esta vocês já têm.






Nossa ideia aqui é vos dar uma percepção mais ampla, por isso, ao vos revelar como são as leis do Universo estamos, ao mesmo tempo, relevando quem vocês são nelas, porque o fluxo do Eterno é um só e vocês, assim como nós, fazem parte dele.






Vinícius: Vocês sempre falam de emoções felizes, de se sentir alegre, positivo, motivado. Bem, estes talvez sejam os sentimentos e estados “ideais” a serem cultivados, no entanto, representando os muitos seres humanos que leem as mensagens que vocês nos passam, faço-vos a seguinte pergunta: É errado se sentir mal?









Elohim: Não existe errado, tampouco o certo, no sentido do “Livro de regras”, entende? Existe o que flui e o que resiste. Vocês não serão punidos se derem a si mesmos estados negativos. Não deixaremos de amar quem vocês são no corpo físico porque estão se debatendo aqui e ali, conectando-se com estados negativos. Também queremos que vocês saibam que não existem estados “ideias”, o que na verdade está acontecendo é que vocês querem criar uma realidade onde as coisas que desejam possam fluir mais rápida e facilmente. E o que fazemos é vos mostrar que no arranjo da criação vossos comportamentos e vibrações negativas agem como resistências às boas manifestações.






É simples, estamos mostrando, é tudo o que fazemos, vos mostrar. É como se estivessem caminhando numa avenida procurando por um determinado endereço e nós fossemos uma pessoa que vocês pararam para perguntar: Como faço para chegar neste endereço? E o que estamos fazendo agora é vos responder como chegam lá. Não estão errados se decidirem ir na direção oposta.






Não estão contra Deus quando se deixam levar pelos pensamentos que vos causam sensações ruins. Estão apenas vibrando na direção oposta do que querem. E se desejam manifestar uma realidade de vida mais favorável aos desejos de vossa alma precisam acertar vossas emoções, pensamentos e crenças com quem vocês são e com a vida que querem ter. Isso é tudo o que vos mostramos. Não erram, não há erros, tudo o que existe é um caminho e todos seguem por ele. Nossa tarefa e nosso desejo é ajudar vocês neste percurso para que consigam trilhar com mais harmonia e bem-estar.






Não queremos que se sintam mal, não porque não podem, mas porque se sentir mal é ruim. Não queremos que sejam infelizes, não porque não deveriam ser infelizes, mas porque se infeliz é ruim. Vocês podem enfrentar esse sentimento negativo, conviver com ele, estar nele ou podem abandoná-lo. A escolha é sempre de vocês. A partir do que somos em essência (as emoções mais felizes) vos convocamos. Não podemos convocar vocês a partir da perspectiva que não é a nossa.






Não vivemos em conflitos, não nos debatemos, não deixamos que o contraste defina a forma como nos sentimos. E isso é o que temos a vos oferecer, a ciência de “Como podem vibrar como nós vibramos”. Vocês podem fazer isso mesmo estando numa realidade física como a Terra? Sim, podem. E não se trata de estarem simplesmente felizes o dia todo, vinte e quatro horas por dia. Se trata de se reeducarem a fim de conseguirem permanecer num estado positivo o maior tempo possível Feito isso, então, o fluxo será diferente, isso, garantimos.






Vinícius: O que fazer quando não conseguimos nos sentir bem?






Elohim: Não forcem. Larguem a tentativa que gerará ainda mais frustração. Depois, resolvam a "resistência" que vos fez sentir mal, então, naturalmente voltarão a se sentir bem, porque é natural que se sintam bem. Não é natural que se sintam mal. Se estão se sentindo mal é porque estão resistindo ao fluxo da fonte.






Vinícius: Por que os nossos conflitos nos separam das boas manifestações Precisamos resolvê-lo? De que forma?






Elohim: Podemos chamar isso de “desculpas”? Porque para nós soa como algo do tipo: Não posso me sentir feliz porque não sou tão bonito quanto o fulano. Não posso me sentir feliz porque não tenho tanto dinheiro. Não posso me sentir feliz porque não sou tão tolerante quanto deveria ser. Não posso me sentir feliz porque simplesmente não consigo me sentir feliz!






Percebam, onde estão os conflitos? Em vossa dificuldade de serem simplesmente quem são. Quando forem vocês mesmos em profunda aceitação, o que vocês chamam de conflitos deve desaparecer. Porque eles só existes porque vocês abraçam metas ilusórias e querem viver em cima disso. No entanto, vocês só têm dois caminhos: Ou largam todas essas desculpas para assumirem a individualidade que são ou continuam se debatendo. Chegamos na ideia, chegamos onde queríamos chegar aqui! Se pudéssemos sugerir algo a vocês, seria isto: O que está vos martelando, larguem.






Não há nada a ser resolvido aí. Se não se acham dignos de serem felizes porque não correspondem às expectativas ilusórias, então por que não as lançam fora? Não a vossa emoção e o que sentem, e sim, a expectativa. Porque é ela que vos provoca uma sensação ruim. O vosso Eu não vos provoca sensação ruim, ele não pode fazer isso, uma vez que ele é o puro alinhamento com a fonte.






Todo o vosso sofrimento consiste em abraçar ilusões. Sejam elas acerca de si próprios, acerca da vida, acerca dos outros. E não sofreriam tanto se não as sustentassem com tanta força. Se vosso objetivo fosse o seguinte: “Vou ser somente quem eu sou e mais nada”, diríamos que os problemas estariam resolvidos. Porque ao serem quem são e ao tomarem a si mesmos como referência emocional para tudo, então, fluiria somente o que é vosso para vocês.






Mas ainda têm escolhido se agarrar às muitas causas, que no fundo não têm nada a ver com as vossas e vocês têm feito disso o vosso calvário.






Qual é o desejo do vosso coração? Como gostariam de viver? Respondam isso a si mesmos e vivam a partir da resposta e pronto, tudo se tornará mais leve, mais prazeroso, mais divertido. O problema começa quando vocês assumem as responsabilidades externas (dos outros). E vocês são responsáveis por si mesmos. Se cuidarem de si mesmos com amor, aceitação e se fluírem numa conexão que é a vossa, então, deixarão de abraçar causas que não vos pertencem porque se sentirão preenchidos. E será diferente, porque ao partirem para o externo e suas relações com ele despejarão a harmonia da conexão que mantêm com vossa fonte interior. Então, aí sim, estarão sendo grandes agentes e cooperadores do progresso em todos os níveis desta vida.






Porém, quando saem às relações externas sem esta conexão, a única coisa que conseguem é gerar atritos, ilusões, sofrimentos, porque começam a se compensar nos de fora (nos outros), nas coisas que estão fora. Este é o ponto dos vossos conflitos, dos problemas.






No entanto sabemos que foram ensinados a fazer assim. Por isso, estamos aqui, para vos mostrar um caminho diferente e ao mesmo tempo dizer que podem trilhar por esse caminho, está em vosso poder mudar a rota.






Vinícius: Qual é a maior riqueza do ser humano?






Elohim: Ser quem ele é, de verdade, nua e cruamente.






Vinícius: Qual a maior dádiva que ele possui?






Elohim: A vida, pois dela procedem as demais e sem ela, nenhuma outra sequer existiria.






Vinícius: Qual o objetivo do espírito ao renascer na Terra?






Elohim: Fazer o melhor que pode por si mesmo, conectar-se à melhor vibração que puder, ser feliz ao máximo que puder, porque fazendo isso ele expande a sua consciência de um modo que poderá ajudar outros a conseguirem o mesmo. Mas se ele não consegue, então, não se fez sentir o que tanto gostaria de sentir, sendo assim, não poderá ajudar os demais a conseguirem.






Vinícius: Como devemos nos sentir durante o dia? E como devemos "ser" vibratoriamente durante toda nossa vida?






Elohim: Se o vosso intento é manifestar vossos desejos, sintam-se o mais próximo possível do que se sentiriam se já os tivessem realizados. Se vossa intenção é ser feliz, busquem por isso. Se desejam ser pessoas que realizam sonhos precisam, pela lei, afinizar-se com a energia de tê-los. Mas se o vosso intento é simplesmente“ser como der pra ser”, então, não façam nada, simplesmente deixem que o contraste vos leve e vos estabeleça as conexões que forem oferecidas e possíveis em seu arranjo. Mas sabemos que todos querem a felicidade, por isso estamos aqui, para vos mostrar o caminho até ela.






Vinícius: E qual é esse caminho?






Elohim: Aquilo que mais vos faz sorrir e aquilo que mais vos faz chorar. No que mais vos faz sorrir está a vossa mais pura conexão. E naquilo que vos faz chorar está a vossa maior força, porque o vosso choro é um protesto, dizendo: Isso poderia ser diferente. Então, se entenderem assim, usarão o que mais vos faz chorar como a vossa maior motivação de força com o fim de transformarem algo que pode ser mudado.






Se somente se focarem naquilo que mais vos faz sorrir terão uma alegria que não durará por muito tempo, porque o contraste fará com que percam a pureza de vossa conexão. Agora, se seguem a conexão daquilo que mais vos faz sorrir, ao mesmo tempo em que descobrem a força naquilo que mais vos faz chorar, então, terão uma alegria forte, porque conseguiram a conexão feliz aliada à força para sustentá-la.






Vinícius: Qual deve ser o nosso objetivo pela manhã, ao acordar?






Elohim: "Preciso fazer o café" (risadas minhas). Acabaram de acordar, por favor, não se carreguem com objetivos! Tomem o café, sintam o vosso corpo despertar, apreciem o Sol, a natureza, a vida, vocês mesmos através do espelho e notem como vossas células se regeneram após o sono reparador. Apreciem como a manhã é tranquila, como a natureza desperta simplesmente sendo, sendo e sendo. Façam o mesmo, acordem sem o muito desejar, acordem simplesmente sendo e nesta energia deixem o dia fluir naturalmente. Porque vocês não podem controlar os fatos, mas podem organizar a vossa vibração.






Vinícius: E qual deve ser o pensamento certo ao dormir?






Elohim: "Preciso descansar" (novamente, rindo). Se pensarem muito vão perder o sono. E novamente vos convidamos a sentir, apenas. Apreciem o conforto da cama, de vossa casa. Apreciem o silêncio da noite. E fazendo isso soltarão as resistências. Larguem o trabalho, a família, os sonhos, qualquer outra coisa. E estejam focados apenas em vosso corpo relaxando sobre o leito. Fazendo isso dormirão rapidamente e estarão cooperando, ao dormirem, muito mais com um futuro melhor, do que se permanecerem deitados, olhando para o teto, na tentativa de encontrar as soluções para os problemas. Porque nós dizemos, elas estão no descansar. Elas estão na rendição ao fluxo do Bem, no soltar das resistências, dos medos, dos desconfortos.






Soltem o que não estão conseguindo segurar. Sejam operantes somente no hoje e quando o amanhã vier estarão prontos, presentes para torná-lo uma dádiva. Pois só os presentes de espírito e conexão com o melhor podem fazer fluir as soluções, dádivas, êxitos. E querem saber mais? Vocês já são tudo o que precisam ser. Não precisam ser mais nada, precisam apenas se permitir serem quem já são. Somente nisso, tudo pode se resolver muito mais facilmente. Nós amamos vocês e desejamos sempre vos mostrar o caminho, a trilha certa. Para onde? Para vocês mesmos, porque é em vocês que tudo tem sentido em vossa existência.






Haja luz!






-------------------------------------------------------------------------





MANUAL DO BEM VIVER: Este material é um guia com diversos temas. Demos uma geral significativa em espiritualidade, metafísica e leis da vida. Certamente um material excelente para quem quer se iluminar. Eu o elaborei para você que deseja o conhecimento, pois ele, sem dúvida alguma, é Poder. São 216 páginas de estudos, textos, reflexões, exercícios, numa linguagem acessível e cheias de um conteúdo que pode muito ajudar no seu progresso interior. Na aquisição deste material você vai ganhar um livro dos Elohim, de presente. Se desejar conhecer mais sobre os temas abordados neste material, clique Aqui


Dúvidas, me escreva: viniciusarm@yahoo.com.br


Vinícius Francis



Fonte: Os Filhos da Alva

 



Por favor, respeitem todos os créditos

Arquivos em português:

http://rayviolet2.blogspot.com/search?q=Vinícius+Francis


 Atualização diária

Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly * achama.islands.biz.tc/ * http://islands.biz.tc/azores/
  *  http://achama.webs.com/  *  Israel ou Cazária!?

achama.biz.ly  email: nai@achama.biz.ly

EN: VioletFlame * The Illuminati *

publicado por achama às 08:53
Sexta-feira, 31 / 10 / 14

Não deixe o contraste decidir por você



Não deixe o contraste decidir por você


Manuel Tavares at A Chama Violeta -


A Verdade Libertar-nos-á. SOMOS ALMAS EM CORPO HUMANO!




Por Vinícius Francis Vivemos num mundo de muitas diferenças, de fato, a diversidade é uma lei em todo Universo. Nada é igual em lugar algum, tudo possui a sua originalidade no arranjo do Criador. Entretanto, existem alguns aspectos da realidade que precisam ser observados com sabedoria para que não nos deixemos levar por eles. Nossa energia cria por foco, ou seja, naquilo em que eu colocar a minha atenção e der importância emocional estará o meu poder agindo. E neste aspecto, erramos como criadores. Porque o que tenho visto são pessoas dizerem que desejam criar suas vidas de uma f... more »



publicado por achama às 03:47
Sexta-feira, 24 / 01 / 14

Olhem para dentro

Olhem para dentro

Irmãos do céu -- 22.01.2014

Através de Vinícius Francis


Vinicius: Ontem fui solicitado no meio da noite por um grupo de seres de quinta dimensão, através do "pulsar" de uma nave que estava relativamente próxima no céu. Esse grupo atua auxiliando a Terra há muito tempo. Não me disseram seu nome (se é que eles têm) e nem de onde "vinham". Nunca os contatei diretamente, foi a primeira vez. Me pediram para eu postar esta mensagem. Os instrumentos de Deus precisam estar sempre dispostos a executar suas funções no arranjo divino. Então deixo com vocês essas palavras que vieram como mais um presente, abrilhantando ainda mais os dias que tenho vivido e este ano, que até agora só me trouxe bênçãos.
 
Irmãos do céu: Estamos há muito tempo observando vocês. Não importa de onde viemos ou quem somos, o que importa é o que viemos fazer aqui. Somos caminhantes da infinita jornada da vida e nosso intuito é vos auxiliar no processo de descobrimento de quem são e do que vieram fazer aí.
 
Vocês são humanos atualmente, porém isso não tira de vocês a origem cósmica. 
 
Não abduzimos ninguém, nosso contato jamais é forçoso ou doloroso, geralmente nos aproximamos nos sonhos ou quando o canal é sensível para nos “ouvir”, assim fazemos.
 
Somos pacíficos e generosos com o vosso orbe e estamos há muito tempo executando um trabalho aqui. Somos de quinta dimensão, sendo assim podemos transmutar a nossa natureza de forma a ser perceptível a vocês e em alguns raros casos, palpável. Mas somente atuamos assim quando permitido e necessário. 
 
Geralmente usamos os sentidos emocionais, pois eles são mais sensíveis e de fácil comunicação.
 
Tem coisas que ocorrem e que vocês não podem ver e são os agentes do bem que não podem ver que vos auxiliam no campo invisível. Nós somos parte desse grupo de apoio. Geralmente acompanhamos o indivíduo capaz de nos ouvir desde sua mocidade, o “regente azul” quando criança nos viu várias vezes.
 
Não estamos longe, mas mantemos a nossa posição para não interferirmos em vossa jornada evolutiva, todos vocês precisam atravessar pela matéria densa que aí chamam de terceira dimensão para que compreendam a natureza das outras a seguir. Há muitas mudanças ocorrendo, há grandes transformações sendo anunciadas. Terrenos, é hora de se voltarem para dentro e não de tentarem compreender os céus.
 
O segredo dos céus é o que está dentro. Todos que dos céus vêm até vocês têm como objetivo vos mostrar isso. Então a partir de hoje, cessem de olhar para cima e olhem para dentro, porque é lá que estão todas as respostas que procuram. Amem mais e peçam menos, agradeçam mais e desejem menos, deem mais e esperem menos, curem mais e necessitem menos de cura. 
 
Conforme dão, receberão. O dar ativa uma corrente magnética no tempo que faz com que o receber ocorra de forma ainda maior.
 
Empenhem-se pelo vosso melhor na vida física, mas tendo sempre a clareza de que são temporários aí, como em qualquer lugar do Universo. Não se assustem com os sinais que serão dados, e quando os virem, lembrem-se do que deixamos com vocês: Olhem para dentro. Estamos num trabalho de “purificação” com muitos de vocês porque novas coisas estão vindo e rapidamente.
 
Não somos humanos, mas vos compreendemos muito bem, porque entre vocês estamos há muito tempo, tempo demais, diríamos. Nossa forma não é como a humana, mas assim muitas vezes nos assumimos em tempos remotos para vos dar um recado. Vamos “tirar” alguns da Terra, que precisam ir a novos lares e trabalhar. Vamos tirar alguns temporariamente dos corpos para conosco atuarem na “limpeza”.
 
Quando acordarem muito cansados, é porque estiveram conosco. E quando isso ocorrer, basta que segurem o polegar direito sobre a nuca por alguns instantes e bebam um copo com água. Assim que a água acabar, retirem o dedo. A pressão libera uma energia no corpo áurico capaz de absorver os bons fluidos da água.
 
Amem, terrenos, a si mesmos e aos demais. Amem incondicionalmente e quando não souberem assim proceder, se afastem, mas não deem um amor que não seja genuíno, melhor nada oferecerem do que ofertarem algo que não é verdadeiro. Mantenham a paz no coração, a serenidade e o equilíbrio. 
 
Meditem mais. Fiquem perto dos animais o quanto puderem e em contato com a natureza.
 
Abracem mais os seus semelhantes e espalhem o Bem e o amor sobre a Terra. 
 
Queremos vos dizer isto. Guardem nossas palavras em vosso coração. Abram-se às transformações necessárias e tenham paciência, pois tudo acontece de forma perfeita e no tempo mais oportuno. Mas o oportuno vem quando estão seguros na confiança. Tomem mais água, comam menos gordura para que seus corpos fiquem menos pesados. 
 
Não exagerem nos prazeres, saibam medi-los. Não bebam tanto álcool, não necessitam se entorpecerem desta forma. Andem mais, movimentem o vosso corpo e o vosso cérebro. Escrevam, leiam cultivem bons hábitos e criarão melhores ondas em vosso ser.
 
Estão aí para serem humanos então, sejam. Desliguem um pouco a TV e ouçam mais música. Agradeçam e agradeçam por estarem vivos e sintam-se abençoados, pois vocês estão sendo grandemente e não têm ideia do quanto! 
 
Somos guardiões dos céus e enfermeiros da humanidade. Nossos objetos voadores espalham somente o amor e nada mais.
 
Olhem para dentro quando para o lado fora não desejarem olhar ou quando não compreenderem o que se passa. Algo sobrevirá e se lembrarão do que dissemos. Amigos físicos, amem somente, é o nosso recado hoje.
 
“Irmãos do céu”.

 

Por favor respeite todos os créditos.
 Atualização diária
Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly * achama.islands.biz.tc/ * achama.webs.com  
publicado por achama às 17:06
Sexta-feira, 17 / 01 / 14

Segurem minha mão e sigam comigo num caminho de Excelência

Segurem minha mão e sigam comigo num caminho de Excelência

Palas Athena -- 16.01.2014

Através de Vinícius Francis

 

 
Enquanto houver estrelas no céu deverá haver certeza em vosso coração. Elas estão lá a clarear o firmamento, lembrando-vos de que sempre existe muito mais do que aquilo que vossos olhos e vossa esperança humana conseguem alcançar.
 
Eu sou Athena, vossa aliada e dirijo-me nas emissões do amor a todos vocês no intuito de partilhar mais um momento em vossa companhia vibratória. Eu sei que muitos de vocês ao olharem para a Lua sentem a minha presença, e dizem o meu nome. Quero dizer-lhes que eu escuto as intenções de vosso coração e o vosso puro sentimento toca o meu espírito.
 
Vocês são amados e seres muito especiais. Eu escolhi caminhar convosco nas trilhas da vida física e gostaria muito de ser para vocês uma amiga a vos mostrar sempre as melhores opções internas e as verdades de vosso espírito que quando mantidas em foco e vividas com honestidade, podem fazer com que as coisas lindamente se transformem.
 
Ainda que eu esteja do outro lado da moeda, posso andar com vocês cada passo do caminho, não para vos levar ao ponto "certo" da caminhada, mas para simplesmente lhes dar a mão e vos mostrar que sou vossa aliada e ainda que invisível, amo dividir convosco a vossa existência.
 
Eu vos acompanho e vos digo que estão trabalhando lindamente. A cada dia estão compreendendo mais quem são e o que foram fazer aí. Estão abraçando a vossa verdade na justiça da divina liberdade. Pobre daquele que nega a si mesmo e se rejeita acorrentado sobre a vaidade, pois a luz nele não se evidenciará tal como poderia. Aquele que se nega, nega também o seu espírito e seus caminhos de excelência.
 
Pobres não são os que não possuem grandes quantias de dinheiro, pobres são os que não vivem a própria essência e por arbítrio a reprimem baseados em motivos torpes e enganosos, que na verdade são laços a envolver o homem nas armadilhas da infelicidade. Eu vos dou a mão e vos convido a caminhar comigo por outra estrada.
 
Não quero vos conduzir por uma trilha que não possa vos levar à vossa plenitude espiritual, não quero caminhar convosco sobre a estrada da falsidade, da pequenez e do medo. Não quero reforçar em nenhum de vocês os vilões da alma do homem, aqueles que o seguram em suas limitações, fechando seus olhos para que não veja o brilho da inteireza do verdadeiro Eu.
 
Não quero vos levar por um caminho onde se tornem dependentes de alguma coisa que não seja de si mesmos. Nem de mim quero que sejam dependentes. Sou vossa amiga e assim quero prosseguir sendo, ao vosso lado, jamais a vossa frente. A vossa frente ninguém deve estar, nem mesmo o futuro, pois é o viver na expectativa dele que priva o homem de conhecer a felicidade verdadeira que habita somente no Agora.
 
Eu desejo vos conduzir num caminho de verdade, não tenho parte com a mentira, eu a desprezo com tudo o que sou. Eu quero vos mostrar um caminho de luz e não de trevas. Na luz não habita o medo, as incertezas e nem as dificuldades que as trevas oferecem. E todos aqueles que optam em caminhar pela escuridão colherão os frutos dela e pelos seus monstros serão atormentados.
 
Eu não trilho pelas sombras. Eu sou caminhante eterna da luz e vos ofereço a minha mão para que comigo sigam no brilho e no esplendor da bondade de Deus.
 
É neste caminho que quero seguir convosco, um caminho de vitória, de alegrias e conquistas. Quero seguir convosco no êxtase da felicidade interna, quero dar passos sobre o Bem e colher convosco as flores da primavera das realizações que desejam.
 
Quero convosco lançar as melhores sementes sobre o solo fértil e com vocês desejo colher os frutos tenros, saborosos, cheios de satisfação. Desejo ao vosso lado apreciar o doce sabor da posse das bênçãos ricas do reino de Deus que é vosso, e que habita em vosso ser.
 
Quero caminhar convosco um caminho onde o sorriso seja vossa constante reação e a felicidade interior, o vosso único estado. Arraigados em vossa verdade, fieis aos vossos sentimentos mais íntimos, crentes no melhor, alicerçados na paz, fundamentados na fé e na certeza de que a cada passo que dão, um novo e glorioso caminho se faz.
 
Querem seguir comigo? Querem se entregar aos desígnios de vosso eu, em total sinceridade de coração? Querem o melhor da vida em todos os sentidos? Então larguem as correntes, larguem os medos, larguem as posturas erradas e covardes.
 
Larguem as capas, os alforjes, toda bagagem desnecessária. Renunciem o que vos "trava", renunciem aquilo que vos pesa e livrem-se da maldade do mundo, que o mundo criou e abraçou deliberadamente.
 
Não precisam de nada disso. O caminho de Deus é estreito, mas não porque é difícil caminhar nele, e sim porque o mesmo é projetado para que caibam somente vocês, individualmente. É um caminho em que deverão seguir sozinhos, podem amar os outros, entretanto, não podem levá-los. Tudo o que vocês têm são a si mesmos e é tudo o que realmente precisam levar na viagem eterna que prosseguem hoje ao meu lado.
 
Abandonem o que não vos favorece. Desfaçam de tudo aquilo que não concorda com vossa vontade de coração. Abracem quem são na essência da natureza de Deus, do jeito que ela é. Sejam justos e honestos acima de tudo. "Larguem" a tudo e a todos, mas não digo para que abandonem vossas casas e sumam. O que vos sugiro é que livrem-se da necessidade de levar adiante algo mais que não seja vocês mesmos.
 
Foi o que Jesus vos sugeriu: Venham, abandonem tudo e me sigam!
 
Todavia não vos peço que me sigam, vos peço que caminhem comigo, pois juntos trilharemos um caminho polarizado na magnífica excelência. Termino esta mensagem, grata e feliz por ter estado convosco em palavras e permaneço na vibração do amor e mais uma vez vos digo: Eis aí a minha mão, segurem-na se desejarem vir comigo. Que assim seja! Eu vos amo profundamente.
 
Eu sou Athena, vossa aliada.
 
 
Por favor respeite todos os créditos.
 
 
 Atualização diária
Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly * achama.islands.biz.tc/ * achama.webs.com  
publicado por achama às 02:16
Terça-feira, 14 / 01 / 14

A morte é apenas um convite à felicidade em novos cenários

A morte é apenas um convite à felicidade em novos cenários

Elohim -- 13.01.2014

 Vinícius Francis

 
Paul Walker
 
Pergunta: O nosso espírito tem o poder de nos manter na vida terrena, independente dos inúmeros riscos ou intempéries pelos quais passamos durante a existência ou encarnação. Tal permanência se dará em conformidade com as crenças, posturas, sentimentos e atitudes que desenvolvemos. Se nos mantivermos no estado permissivo do BEM, certamente essa vida será compatível e mais longa. Por outro lado, se não soubermos utilizar nosso poder pessoal e nos desviarmos deste caminho, o espírito não vê sentido em nos manter e procede à retirada do corpo físico. Por que, pessoas que vibram em uma frequência positiva, alcançam o sucesso sem soberba, são jovens, amáveis, generosas, belas, saudáveis, são retiradas do corpo em situações inusitadas como desastres ou mortes súbitas, como ocorreu com o ator Paul Walker?
 
Elohins: Por que seres tão amáveis quanto vocês, que possuem uma essência divina, uma natureza formidável e que são literalmente a expressão física do criador nutrem tantos sentimentos negativos, pensam em coisas que definitivamente não concordam com quem são, assumem posturas interiores que desprezam a grandeza do vosso eu e se dão a infelicidade de se negarem o Bem tantas vezes?
 
Achamos esta pergunta mais apropriada dentro do que está sendo levantando aqui em termos de assunto. Porque ao olharmos para a morte, do nosso ponto de vista vibratório, não “digerimos” o que os humanos normalmente mencionam como “fim trágico”. Ou não compreendemos que ligação este evento maravilhoso (morte) teria com o fato de o indivíduo ter sido permissivo e feliz em sua vida. Não irão todos morrer?
 
Bons ou maus, permissivos ou resistentes, ricos ou pobres, negros ou brancos, gordos ou magros? Se o fim de tudo que habita sobre a Terra de fato é a morte, então não teria por que explicar o tema da pergunta. Por mais permissivo que alguém entre vocês seja, também irá “morrer”, como gostam de dizer aí.
 
Seria como se deste lado da moeda, questionássemos: Por que um espírito em expansão eterna, livre da maioria das resistências da matéria, decide retornar a ela e nascer novamente entre os seres físicos? Porque ele anseia por uma nova experiência onde absorverá mais aprendizado, seria a resposta. E seria a mesma resposta no caso de quem sai daí e vem para cá, todos vocês reencarnam ou desencarnam pela experiência.
 
O fenômeno da morte pode ocorrer por vários “fatores” físicos. Um deles é a resistência, quando acumulada demasiadamente, há o desprendimento da matéria pelo fato do espírito encontrar-se “inibido” pela parte física (arbitrária) de se expressar livremente. 
 
Então, ele decide como ponte para o seu bem, dar por encerrada uma jornada que não está compensando tanto. Ou este fenômeno pode ocorrer porque simplesmente o espírito deseja seguir em frente e viver novas coisas e isso não tem ligação direta com o comportamento do mesmo sobre a crosta quando encarnado.
 
A morte é um evento inevitável para vocês e não podemos dizer que ocorrerá de uma determinada maneira e nem por “certo motivo”, cada espírito se desprende por suas próprias razões. Cada centelha decide o caminho que é melhor para si. O amigo citado que regressou ao não físico não realizou sua transição porque estava “empacando” a energia não física ou porque tinha uma missão e esta foi encerrada. Ele desprendeu-se da matéria porque sua fonte interna escolheu seguir adiante e apenas por isso.
 
Seria como se alguém de vosso contexto de amizade, de repente, dissesse a vocês: 
 
_ Vou mudar de país. 
 
E vocês o questionariam: _ Mas, por quê? Você parece ser tão feliz aqui? Parece que as coisas vão tão bem pra você, então, não há motivos para desejar ir embora! 
 
E a pessoa então, retruca: _ Quero viver coisas novas, quero descobrir um mundo diferentes, com pessoas diferentes e coisas diferentes!
 
Pode parecer escandaloso para vocês, mas a vossa própria felicidade pode convocar a morte, se esta for a melhor maneira de expressá-la para o vosso espírito. Às vezes, estão tão felizes, as coisas aí na Terra estão dando tão certo e estão se realizando de tal maneira que simplesmente decidem deixar tudo para descobrirem o que tem atrás da “montanha”.
 
Mas, por que fazem assim, visto que logicamente seria “estranho” um ser abandonar seu corpo físico justo quando tudo está indo muito bem? E diríamos que não haveria melhor momento do que esse, porque o desencarne ocorreria muito mais tranquilamente, pois o estado de permissão do indivíduo quando está feliz faz com que a experiência seja agradável em todos os aspectos.
 
Um espírito pode “largar” a matéria no auge do seu sucesso porque a sua fonte sabe que toda sensação de felicidade, realização, êxtase, entusiasmo e alegria é provocada por ele e não pela exteriorização da felicidade.
 
Aquele que se realiza na vida física é porque descobriu de alguma maneira que a sua alegria está em si mesmo. E se ele desencarna em meio a esse estágio levará consigo a mesma essência que novamente transformará a nova experiência na mesma coisa.
 
A morte é uma benção! É apenas uma mudança de cenário, não se assombrem tanto! Sabemos que sentirão saudade dos que ficarem, entretanto, o desprendimento da matéria não representa em momento nenhum que se desligarão dos que amam! O vosso amor sempre seguirá convosco e é ele que vos preenche e vos confere a paz e o alívio.
 
O amigo que se desprendeu aparentemente tão jovem foi conduzido por sua fonte a novas experiências no não físico e toda essência que se externou nas conquistas pessoais dele seguirá adiante em sua companhia para realizá-lo como centelha da fonte em novos caminhos. Mas, ele deixou algo, algo que pode servir muito para ensinarmos a vocês que é o seguinte:
 
Seja quarenta, trinta, sessenta ou oitenta anos que viverem sobre a crosta da Terra nesta identidade, mas que todos esses anos valham à pena! Que vocês se realizem, que façam a vontade de vosso guia interno (alma), que vivam aquilo que vos motiva, que ensinem aos outros através da experiência que é possível ser feliz e viver a realização de vossos sonhos. 
 
Pessoas como este amigo que há pouco tempo retornou ao seu estado não físico ao deixar seu corpo sólido ainda em sua juventude quis vos mostrar que a felicidade não tem idade, nem tempo e nem empecilhos para “ser” quando verdadeiramente se é assumida. Não lamentem por ele, pelo fato de ter seguido adiante.
 
Observem sua vida, seus feitos, seu sucesso, sua realização como ser humano e vejam-no como alguém que foi feliz na medida de sua própria permissão e abertura. Quantos de vocês vivem o dobro de tempo que ele viveu aí nesta vida e nem sequer conseguem ser livres para serem quem são em honestidade? Quantos criam seus filhos, netos e bisnetos e não conseguem externar os dons do próprio espírito ou satisfazer as vontades da alma?
 
Quantos estão doentes nos hospitais experimentando a dor de se forçarem por tanto tempo contra a correnteza, carregando ideias negativas, comportamentos que não eram coniventes com sua própria natureza com o objetivo de ser algo para o mundo, abandonando a si mesmos para serem o que não são? Vocês conhecem muitos nesta condição. Claro, ninguém os julgará, todos fluem como conseguem e permitem fluir e o Bem “chama” a todos de igual maneira.
 
Estamos nos referindo aos frutos e resultados da equação das vibrações. Ao contrário do amigo citado na pergunta que deixou seu corpo físico de uma forma muito rápida e dentro do que mais o inspirava na arte do seu trabalho. Despiu-se da matéria e vos mostrou que não importa o tempo, a maneira ou onde as coisas acontecem, importa é que seja intenso, que tenha significado, que seja colorido e feliz.
 
Porque logo a vida em que estão passará como a página de um livro e não mais retornará a vocês. Desfrutem desta página, vivam vossa experiência atual da forma mais feliz possível, façam aquilo que gostam, sigam os desejos do vosso coração e sejam fieis a si mesmos na essência da natureza do vosso Eu. 
 
Isso é o que realmente importa! E quando o desdobramento ocorrer, bom, quem partirá é um ser humano que compreendeu o seu Universo e nele fundamentou o seu viver. E o que esperará vocês do outro lado? Apenas mais disso, porque não há fim para a felicidade, a morte não é o fim para ela, é apenas um convite para continuá-la em outro cenário, porém, com o mesmo sentido, porque o sentido de tudo não está nos cenários, mas sempre em vocês. 
 
Amamos a vida, antes ou após a “morte”. Tudo é sempre a vida e não há mais nada além disso em todo Universo. 
 
Haja Luz!
 
 
 
Por favor respeite todos os créditos.
 
 
 Atualização diária
Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly * achama.islands.biz.tc/ * achama.webs.com  
publicado por achama às 00:36
Quinta-feira, 26 / 12 / 13

Apenas a felicidade e nada mais

Apenas a felicidade e nada mais

 

Elohim -- 24.12.2013

Através de Vinícius Francis

 
 
Que o Amor maior vos invada e sobremaneira vos preencha. Vocês são filhos e obras da luz e para vibrarem na luz foram criados. Vocês são o sentido da existência de Deus porque é através de vossos sentidos que ele toma exata consciência sensível de si mesmo. A expressão do Criador é a vossa expressão, pois em vossos gestos e em vossa vida ele ricamente se expressa.
 
Vocês são obras da mais sublime paz e através do caos e do contraste convocam mais e mais da verdadeira paz. Porque a paz é consequência do caos. Parece estranho, mas analisem: O caos vem para que nele a paz resplandeça e “seja”. Sem o caos, a paz não “seria”, pois é nele que ela se fundamenta e se exibe em toda sua verdade e grandiosidade.
 
Amigos do orbe azul, é através de vossos problemas que as soluções são evidenciadas. É graças ao tumulto da vida física no qual vocês imergem por escolhas próprias que todas as bênçãos são clamadas e pedidas por cada um de vocês. E todos os humanos são responsáveis pelas soluções.
 
Vossa tristeza quando estão em desalinhamento com vossa verdade e essência feliz cria para o Universo através do “convocar” mais e mais da genuína felicidade. E dizemos tudo isso, não para que pensem que necessitam sofrer para que possa haver mais do Bem. Dizemos com isso que em nenhum estado, em nenhum caminho traçado neste Universo por qualquer consciência viva existe a criação de algo que não seja o Bem.
 
Desejamos que percebam como tudo o que vocês fazem é grande e sublime! Mesmo nos momentos difíceis vocês são perfeitamente capazes de criar o melhor. O melhor no pior. É isso que vocês criam incessantemente. 
 
Quando se atordoam em vossos questionamentos, em queixas e em murmurações por questões da vida física que parecem não se resolver, internamente vossa fonte vos diz, inconscientemente o sinal que ela emite é este: Que Haja Luz e que se faça a solução!
 
Seja para o que for e em qual situação for, a Luz da existência divina em vocês é capaz de criar e de dar vida a qualquer solução. E é nisso que queremos que acreditem visceralmente. Todo convocar do homem é sempre a favor do Bem no Universo, porque todas as coisas, embora muitas vezes pareçam más, existem para que o Bem se evidencie e permaneça em foco.
 
Vocês são a extensão da plenitude desse Bem, então como criariam o mal? Vosso mundo está indo perfeitamente bem, pois através dos famosos “desacertos” e do que parecem ser os “erros” as soluções estão vindo e se aglomerando sobre vossas cabeças. Estão, todos, atraindo as mais lindas soluções e não há nada que, em essência, estejam atraindo a não ser isso.
 
A vossa experiência sobre o orbe azul é perfeita! Não estão errando e não há outra coisa que devessem fazer que não seja o que estão fazendo neste exato momento. Não estão pecando porque Deus não vos culpa por coisa alguma, antes, é ele mesmo que vos permite viver e experimentar de qualquer coisa, porque é no experimentar que mais uma vez, o “Viver” se evidencia e onde o viver se evidencia o Bem se faz presente, o Bem “é”.
 
A vida vos foi dada pela fonte, o Bem vos foi concedido por ela e sustentados no infinito Bem todos vocês prosseguem. Abracem vossa divina essência criadora. Dizemos essas coisas para que compreendam que sempre estão certos, estão sempre certos na medida do certo e do melhor de cada momento.
 
Pois se relaxarem na ideia de que tudo está indo perfeitamente bem, aliviarão vossa energia que constantemente é “travada” pelas ideias torpes que nutrem de erros e desacertos. Neguem isso, há tentativas e experiências. E afirmamos que não há nada mais, além disso, em lugar algum! Não estão servindo a ninguém e nem devem explicações ao Cosmos, pois ele vos faz expandir e expandir eternamente para que simplesmente vivam. Não há juízos, somente aprovação desmedida sobre vocês, sublimes seres físicos!
 
Soltem os erros, as culpas, os medos e as ideias de que precisam corresponder a algo, deixem-se levar pelo Bem, permitam-se serem levados pela correnteza da vida de Deus. Ela vos faz navegar sempre no melhor, ela vos faz navegar sempre na maré da felicidade e é para isso que vocês estão vivos.
 
Se soltarem-se dos laços das resistências vossa eterna viagem prosseguirá harmoniosamente e perceberão em pouco tempo que não comentem mais o que chamam de “erros”, não farão mais aquelas coisas que vos sujeitavam à dor porque quanto mais tentavam consertá-las sob a ideia de que necessitavam acertar, mais erravam, porque o medo de errar vos fazia acreditar que erravam e mais, vos sujeitava ao sofrimento, o sofrimento que definitivamente não merecem e que podem se livrar, se desistirem de culpar a si mesmos.
 
Entreguem-se sem reservas ao vosso melhor interno e notarão que todos os acertos que sempre desejaram realizar vos seguirão e serão vossos constantes aliados. A sorte desce convosco correnteza abaixo, a prosperidade desce convosco correnteza abaixo, as bênçãos descem convosco, as realizações, os sucesso, tudo o que desejam, desce com vocês correnteza abaixo e o que verdadeiramente precisam é se lançarem correnteza abaixo.
 
Na mais profunda ideia, na mais visceral crença de que é a felicidade e nada mais. Somente a felicidade, somente o Bem enquanto estiverem correnteza abaixo, o bem que vos toca e vos satisfaz, o que tanto almejam! O Bem só vos faz enxergá-lo através da dor quando persistem em ir correnteza acima. 
 
Correnteza abaixo é só a felicidade e nada mais. Apenas a felicidade e nada mais. Estamos com vocês nas emissões felizes!
 
Haja Luz!
 
 
Canal: Vinícius Francis
Mais artigos do Vinícius em português: http://rayviolet2.blogspot.com/search?q=Vinícius Francis
 Atualização diária
Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly * achama.islands.biz.tc/ * achama.webs.com  
publicado por achama às 19:07
Quarta-feira, 18 / 12 / 13

Alicerçados na Fé Incondicional

Alicerçados na Fé Incondicional

 

Palas Athena -- 17.12.2013

 

Através de Vinícius Francis

 

 

 

 

 

 

 

Onde habita o amor, as trevas se dissipam. Onde habita a verdade a mentira se desfaz. Onde habita a luz as trevas se vão porque todo aquele que resplandece na grandeza do seu próprio espírito resplandece na grandeza e majestade de Deus.

 

 

 

 

 

Eu sou Athena a vossa aliada a me aproximo de vocês mais uma vez revestida nas mais sublimes intenções de paz. Desejo vosso progresso, não no sentido evolutivo, pois eu sei que este é inevitável. Anseio pelo vosso progresso proposital de felicidade e encontro consigo mesmos. Esse é o mais belo dos passos que qualquer um de vocês pode dar.

 

 

 

 

 

Ao se aproximarem de si mesmos se completam em Deus. A cada vez que se conhecem mais, descobrem mais da essência divina que em vocês habita. E digo que é mais do que simplesmente conhecer no sentido de “saber”, é descobrir, viver e assumir a grandeza de quem são.

 

 

 

 

 

Aproximo-me para dizer-vos as palavras do autoconhecimento, as palavras que vos fazem voltar para dentro. Sim, amados, fechem os olhos para o externo e os coloquem na direção do vosso coração e observem quem está lá em toda sua pureza e sinceridade, em toda sua inocência e verdade.

 

 

 

 

 

O que veem eu chamo de centelha divina, vocês podem chamar de alma ou espírito. Essa centelha é o vosso tesouro, cuidem bem dele! Aceitem a sua verdade e suas características únicas e singulares. Aceitem a natureza de quem são para possuírem o que é vosso. Somente "quem são" pode tomar posse de tudo que vos pertence.

 

 

 

 

 

Eu me aproximo no intuito de trazê-los de volta à essência. Não que de minha parte eu possa fazê-lo sozinha! Não, eu não posso! Contudo, posso tocá-los com meu amor e com ele vos quebrantar para enxergarem a necessidade que tendes de si mesmos. Eu posso, como vossa amiga, vos mostrar o caminho da excelência do Eu maior. Eu posso lhes direcionar para o foco, mas precisam se permitir serem levados.

 

 

 

 

 

Fechem os olhos da observação da realidade. Queridos, a realidade é enganosa, mentirosa e apenas reflete o que ocorre no interior dos homens que a criam e recriam todos os dias. Vocês não precisam fazer a mesma coisa. Vocês que leem as minhas e que creem que estou em vosso auxílio podem fazer diferente.

 

 

 

 

 

Por isso, agora vos peço gentilmente que ignorem tudo o que há lá fora. Deixem que os vossos sentidos criadores se voltem totalmente para dentro. Não importa se o mar está agitado, se o vento sopra fortemente ou a terra se abala em volta de vossa vida. Não importa que hoje não tenham recursos, não importa que hoje estejam doentes ou que agora neste momento se encontrem perdidos, fracos e sem esperanças.

 

 

 

 

 

Fechem seus olhos! Acalmem o vosso coração, pois Deus vive em vocês e habita em vosso interior e nunca vos negará auxílio. Mantenham a tranquilidade de vossas emoções, abram o vosso coração porque o Bem quer vos alcançar. O bem quer vos mover para o melhor e o melhor é se sentir em paz. Permitam-se ser invadidos pelo amor do criador, o amor que completa, que nunca vos machucará, que nos vos decepcionará porque ele é a vossa própria vida. E somente os sentimentos do vosso espírito podem vos completar com honestidade e plenitude verdadeira.

 

 

 

 

 

Eu me aproximo para pedir que levantem as cabeças! Ergam-nas porque vocês são os herdeiros do melhor do divino. Vocês são a extensão do Centro de energia do Universo. Não se abatam meus queridos, porque é muito maior a força que vos move ao progresso do que a ignorância de vosso eu menor que vos força ao oposto.

 

 

 

 

 

Cada filho de Deus nasceu sob a determinação do êxito. Vocês acreditam nisso realmente? Então se abram e se permitam porque aquele que se permite sentir receberá em sua casa interior a presença do Amor maior, a presença de Deus. 

 

 

 

 

 

Sigam em verdade absoluta consigo mesmos. Sejam fortes e se deixem levar pelo Bem que vos compõe. O novo ano está quase chegando e ele promete o melhor para os que no melhor estão.

 

 

 

 

 

Medo? Pra quê o sustentam? Não precisam dele! Quando estiverem diante de qualquer situação difícil, lembrem-se de quem são. Pois quem realmente são possui em si todas as soluções e todas as bênçãos que necessitam. Entretanto, o Sol no novo e feliz amanhã desponta no horizonte dos que sustentam a si mesmos na fé incondicional.

 

 

 

 

 

Sabem o que é isso? É a fé que não enxerga nada além do melhor e da vitória. É a fé que vai contra todas as evidências do “não”, é a fé que age contra os conceitos humanos, contra as regras. É a fé que se sobrepõe com maestria à realidade. É a fé que grita em vosso coração: Não há nada maior do que eu em você.

 

 

 

 

 

Queridos, o mundo não é mal e nem bom. A vida é convosco o que vocês são para si próprios, a vida vos dá o que vocês se dão. Todos da Terra estão sendo levados à natural ascensão, isso está ocorrendo agora mesmo. O que vos proponho é que subam as escadas dessa ascensão na excelência, no poderio e na majestade que vos pertence, porque vos digo: Você são os raios da estrela da vida, vocês são o fruto do melhor de Deus. Creiam nisso terminantemente.

 

 

 

 

 

Eu vos deixo minhas palavras, meu amor, minha luz e minha benção! E todos os filhos que estiverem alicerçados e fundamentados em sua própria verdade e essência receberão aquilo que através dos raios da Lua agora emito em vossa direção.

 

 

 

 

 

Eu sou Athena, vossa aliada.

 

 

 

 

 

Canal: Vinícius Francis

 

 

 

 

 

 

 

 


Mais: http://rayviolet2.blogspot.ca/search?q=Vinícius+Francis

 

 

 Atualização diáriaWebstats4U - Free web site statistics

Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly
* achama.islands.biz.tc/

publicado por achama às 18:16
Segunda-feira, 18 / 11 / 13

Dispam-se do que nega o vosso Espírito

Dispam-se do que nega o vosso Espírito

Pallas Athena -- 17.11.2013

Através de Vinícius Francis


Que a paz reine em seus corações, amigos da Terra! Eu sou Athena, vossa aliada e venho em nome do Amor divino ter convosco para dividir aquilo que sou, que sei e que desejo que saibam. O Universo nos une numa só vibração, a vibração do Bem e numa só certeza, a certeza do melhor.

Qualquer outra certeza além dessa, não me cabe, e assim poderá ser todos vocês se desejarem. Mas não digo isso no sentido de querer o melhor apenas, e sim de se dar. Vocês não revelam o que realmente querem ao proferirem palavras, mas ao demonstrar atitudes.

Eu bem sei que todos os que desejam a ascensão em todos os níveis, afirmam como se fosse um mantra a frase: Eu mereço o melhor! E é válido afirmar assim? Isso depende, queridos. Depende da intenção interior que vos move a dizer tais palavras. E mais, depende principalmente de vossas atitudes.

Uma vida honrosa, um destino promissor e um futuro na excelência constroem-se na verdade interior e em atitudes equivalentes no exterior. Uma vida feliz não pode ser edificada apenas com palavras. As palavras não bastam para alterar o quadro atual de vossas vidas. Porém, vossa força interior demonstrada e externada nas atitudes confiantes, banhadas de amor e justiça sim, podem e mudam qualquer situação.

Vim falar-lhes sobre algo que disse Jesus: O que entra pela boca do homem não o torna impuro, mas devem tomar cuidado com o que sai dela, porque o que sai revela o que vive no coração. As vossas palavras revelam vossas intenções e o que sai de vosso interior e se projeta no mundo da realidade física é o que de fato torna vocês puros ou não.

No entanto, ele não disse isso se aplicando às palavras que saem de vossas bocas simplesmente. Ele estava dizendo que tudo o que purifica ou que suja, vem de dentro. Procede do vosso interior. E eu vos digo mais: Tudo o que podem tocar nos contextos físicos nos quais estão imersos são os frutos da árvore do coração.

Precisam prestar mais atenção nas coisas que emitem. Não adianta vestirem vestes puras pelas palavras, porque o vosso coração e intenções internas revelam quem são e no que realmente acreditam. Creiam amigos, Deus não vê a capa, ele observa o que está dentro, porque o que está no interior é o que constitui a vossa verdade vibracional.

E mesmo que tentem enganar a si mesmos ao vestirem essa “imagem” pura e honrosa, os frutos escandalosamente vos entregam diante de tudo e todos. 

Uma árvore revela a sua natureza ao produzir os frutos. A qualidade dos frutos classifica a sua procedência. E se desejam ser produtores de bons frutos, precisam se tornar dignos de tal, e isso se faz pelo lado de dentro.

Queridos, a hipocrisia não pode vos levar muito longe na vida. A falsidade não tem o poder de construir um caminho de excelência e de flores. As belas palavras podem emocionar os ouvintes, porém, não podem transformar a vida de ninguém, tampouco a daquele que as proferiu.

As energias de vosso centro criador vos emitem ondas positivas e poderosas e tudo pelos frutos será revelado. A verdade tem a energia de Deus e por isso ela sempre prevalece. Não é mais tempo de fingir, é tempo de serem quem são, pois só os que são verdadeiros na exata essência e natureza interior herdarão o melhor que está predestinado ao mundo neste tempo.

Vistam-se da pureza de vosso espírito. Quebrem as máscaras e as mentiras e projetem-se, para vocês mesmos, em sinceridade de coração. Sejam quem são, sem hipocrisias, sem simulações, apenas na inteireza de vossa natureza. Os verdadeiros e justos em seu comportamento e em suas atitudes serão os herdeiros da Nova Terra que se aproxima a cada dia mais e mais.

Vocês pedem tanto por ajuda, por força, por méritos e eu respondo vossas preces dizendo: Sejam justos! Sejam limpos! Sejam puros como os pequeninos, como as crianças! Querem adentrar no reino da nova Terra e experimentarem do melhor que está preparado? Comportem-se como as crianças, já disse vosso mestre, porque elas são verdadeiras e seguem o próprio coração.

Afirmo-vos seguramente que todo aquele que forjado for em suas próprias mentiras e falsidades não prosseguirá num orbe que está evoluindo e ascendendo tão rapidamente! Porque os dignos do melhor são os que vivem no melhor da sua própria verdade. O melhor começa aí, na atitude de ser honesto com seu espírito.

Vossos comportamentos baseados em vaidades e hipocrisias podem enganar o mundo, mas não a Deus. E é Deus, em sua infinita sabedoria, poder e energia que vos moverá para o futuro que desejam. E onde Deus está? 
Justamente em vossa verdade atualmente negada e negligenciada.

São muito mais do que pensam que são, podem muito mais do que acreditam que podem, existe muito mais para vocês do que pensam existir, aqui e aí. São muito mais felizes do que se permitem ser. Entretanto, como tudo segue e flui na exata medida de cada um, então, o vosso livre arbítrio opera sobre vossas vidas. Abram-se a si mesmos, fortaleçam-se e dispam-se das mentiras, das limitações, da pequenez, da vaidade, do orgulho, da soberba e da arrogância!

Dispam-se de tudo o que vos empurra contra a vossa felicidade e progresso! 

Quebrem os muros da negatividade que abraçaram e concordaram que fossem feitos em volta de vocês. Seus inimigos são interiores, amigos da Terra! 

Seus desafios são internos e não estão do lado de fora! Suas pedras de tropeços são as vossas atitudes corrompidas pela vaidade e ideias torpes.

Vocês são sublimes e perfeitos! Sejam perfeitos assim como já são perfeitos em vossa essência. A perfeição absoluta reside em vosso interior, vistam-se dela para desfazerem os laços da vida física que parece vos segurar e vos impedir de ir além. 

E somente os que são vivos em sua própria verdade podem assumir o poder que lhes pertence. O poder de executar o impossível reside na humildade da vivência do Eu interior. A capacidade de realizar milagres e criar todas as soluções abriga-se na honestidade e pureza de serem íntegros com o espírito.

Abram-se! Rompam os vossos limites e saiam do condicionamento para finalmente viverem a vida que merecem e que vos espera do lado de fora, o lado em que eu estou, o lado da verdade, do amor e da luz. Eu sou Athena, vossa aliada e caminho de mãos dadas com vocês na estrada da eterna justiça e verdade de Deus.


Canal: Vinícius Francis
 
 Atualização diáriaWebstats4U - Free web site statistics

Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly
* achama.islands.biz.tc/ *

publicado por achama às 14:51
Quinta-feira, 12 / 09 / 13

Sacerdotiza Amaranthus: O Silêncio é a nossa voz mais alta - Vinícius Francis

O Silêncio é a nossa voz mais alta

Sacerdotiza Amaranthus - 10.09.2013  

Aravés de Vinícius Francis


(Novo Amanhã, na oitava fusão magnética das auroras)
“Toda ideia de insuficiência nasce da negação da suficiência do espírito.”
Amigos da Terra, eu sou a Sacerdotisa Amaranthus, representante e cooperadora neste orbe etérico da amada Sirius A. E aproximo-me em amor, em caridade e compaixão pela vida no Universo e em vosso plano, que recentemente, acolheu parte de nossa pátria a reencarnar na crosta, assim como em outros lugares que abrigam a vida na Terra.

Da mesma forma recebemos parte dos seus, que atualmente, realizam conosco uma sublime tarefa de aprendizado e expansão. Vistam-se do amor que vem de dentro! 
Vocês necessitam por demais deste amor. Aliás, é a única coisa de que realmente precisam. Todas as outras “necessidades”, que é como vocês julgam vossos anseios, são procedentes à do preencher-se de si mesmo.
E perceberão que quando se preencherem do que brota no lado de dentro se sentirão menos afoitos e ansiosos, não só quanto às coisas desta vida, em termos de aquisição material, quanto do emocional.
Vocês são apressados, inquietos na maioria das vezes! Terrenos, silêncio por uns instantes! Ouçam o som das águas da vida que caem sobre vocês, já conseguiram ouvir isso alguma vez? Este som é o som do bater de vosso coração.
Acalmem suas mentes sempre que se sentirem aflitos, nervosos, agitados e descontentes com o que está fora. Terrenos, fechem os olhos, imerjam no profundo de vosso ser na busca pelo total silêncio. Fiquem nesse estado até que o “bater do coração” possa ser ao menos sentido.
Esse som, o som das águas da vida sobre vocês vos trará de volta a si mesmos. Aqui o silêncio rompe o ar, o espaço e nos leva a uma profunda conexão com o que está vivo do lado de dentro. E o que é isso? Aí vocês chamam de Deus, aqui poderíamos nomear de outras formas, uma delas é "águas da vida", outra seria "Aurora da existência".
O que nos preenche é essa aurora, essa luz interior. Eu sei que se sentem inquietos, irritados, perdidos e sem forças diante de certos eventos do externo. Compreendo que a realidade sólida parece vos iludir e de fato o faz. E se eu dissesse a vocês que ela é enganosa, vos aborreceria ainda mais. Então, não vamos falar disso.
Silêncio! Ouço vossas mentes se agitarem quando leem esta palavra “silêncio”. É como se eu vos mandasse calar a boca. Mas, quero que se silenciem mentalmente e como consequência, as palavras cessarão. Terrenos, silêncio! Para quê tantas perguntas, tantos questionamentos, tantas dúvidas e tanta excitação em querer descobrir tudo?
Sabem quem são? O que estão fazendo aí? O que querem desta vida atual? 
Respondam essas três perguntas a si mesmos e então, estarão aptos a compreenderem as outras coisas que buscam.
Mas, garanto que na vibração de viver nas respostas das perguntas que sugeri, desistirão momentaneamente de procurar por outras coisas.
Terrenos, os homens lhes parecem injustos? Ignore-os. Os problemas parecem sufocá-los? Libertem-se deles. Saiam da frente das circunstâncias ruins. Elas apertam vocês porque se coloram diante delas, então saiam. Terrenos, as circunstâncias não cooperam com o que sonham? Então sejam vocês os cooperadores de si mesmos e naturalmente a realidade fará o mesmo, mas no tempo dela.
É como dizemos aqui, em nosso contexto: As auroras que iluminam nossos céus contam o que seria o nosso “tempo” e sabemos que cada fusão magnética que realizam tem seu momento e suas condições certas para ocorrer. E nisso, sabendo que elas acontecerão, não tentamos forçá-las a tal. Vocês se cansam porque tentam forçar a árvore a crescer num ritmo que ela não deve.
Terrenos, estão cansados? Mergulhem no silêncio do Eu e lá serão banhados pelas águas da vida, elas saciarão a vossa sede. Estão descontentes com algo desta vida? 
Nem tudo será como desejam e precisam aceitar isso e é exatamente disso que precisam para terem paz, da aceitação.
Aceitem-se, aceitem o mundo em volta de vocês como ele é, as pessoas como são, as coisas como acontecem e a vida como se mostra no agora. Soaria como acomodação diante de vossas mentes rebeldes, no entanto, garanto, meus amigos, que sugiro atitudes que são muito mais eficazes em “poder” do que vossas muitas buscas desenfreadas.
Estão perto de descobrir isso de uma forma mais intensa. Quanto mais o externo se agita, mais devem se aquietar e deixar que o vento perca a força e a tempestade por si só, passe. Busquem a essência de vossos sonhos e vivam nela, sem impedimentos emocionais, pois a vida terrena é por demais breve. Vejo muitos mergulharem em dor de remorso ao largarem o corpo. 
O arrependimento e o remorso andam de mãos dadas com os que perdem tempo no cultivo de sentimentos desnecessários, deixando de lado aquilo que pode e deve ser feito agora.
Façam! Sejam humildes, façam o que deve ser feito agora, é só assim que evitarão o remorso que tanto vos machuca. Sejam serenos e compassivos amigos terrenos, sejam tão brilhantes quanto o despontar do Sol pela manhã da Terra e tão silencioso quanto ele ao surgir no horizonte, pois aquele que brilha na força e luz do Bem se mantém no silêncio interior, pois a sua luz fala por si. Lembrem-se disso. Obrigada por me aceitarem como amiga em vossos corações.
Preencham-se do amor que vem de dentro!
Eu Sou Amaranthus, Sacerdotisa e cooperadora no orbe de Novo Amanhã, onde o silêncio é a nossa voz mais alta.


Canal: Vinícius Francis

 
 Atualização diária

Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly
* achama.islands.biz.tc/ *

publicado por achama às 07:59
Terça-feira, 10 / 09 / 13

Elohins: Prece da Paz - via Vinícius Francis

Prece da Paz

Elohins

Através de Vinícius Francis


"Convidem a paz e sua vibração, é muito simples e valioso em termos de sensação interior, digam a si mesmos: Tudo está bem, eu estou no fluxo positivo das coisas, eu me abro para a felicidade e me permito caminhar a favor do Bem, eu permito que meu coração sinta as vibrações de amor que me são dirigidas incessantemente pelo Universo e me firmo na certeza de que em tudo o que eu vejo e até no que eu não posso ver, somente o Bem opera! Se apenas o Bem opera e se somente ele exerce poder sobre tudo o que existe, logo eu posso descansar meu coração e viver meu dia em paz.

Eu posso simplesmente soltar meu corpo, as tensões diárias, os medos e as inseguranças e relaxar, deixar que a corrente da Vida simplesmente me leve, assim eu posso liberar minha vibração de permissão, assim eu entro em alinhamento com o que eu realmente sou, assim eu coloco meu coração na Órbita da Felicidade dizendo a Deus: Venha, entre e faça morada na minha casa!"
Haja luz!!!
Canal: Vinícius Francis
 
 Atualização diária

Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly
* achama.islands.biz.tc/

publicado por achama às 07:45
Terça-feira, 10 / 09 / 13

Por que sofremos? - 06.09.2013 - Vinícius Francis - Partes 1 e 2.

Por que sofremos?

Parte 1

Vinícius Francis  - 06.09.2013


Hoje eu recebi inspiração para conversar com vocês sobre um tema importantíssimo. E em minhas “preces” matinais, pedi aos Elohins que me ajudassem e eles me disseram que estariam aqui, do meu ladinho, me auxiliando em cada palavrinha que eu digitar. 

Porque eu sempre digo que “funciono” com eles, é como se eles fossem a eletricidade da sabedoria que flui através de mim e mesmo em textos de nossa autoria, posso sentir a inteligência cósmica dessa “energia” fluir em cooperação com o processo.
Porque acredito que a tarefa de orientar pessoas é algo muito sério. Você que escreve em blogs tem “o poder”, de certa forma, até mesmo de manipular e induzir os seres humanos a seguir ideias que na verdade são suas. Claro que existem os que são fortes para pensar por si mesmo e questionar, porém, euzinho, não gosto da manipulação e cada coisa que coloco neste blog é minuciosamente estudado, pois se não tiver um conteúdo que visa a liberdade e a plenitude do espírito, pra mim não serve. Pra manipular já basta a religião e estou incluindo todas, inclusive a doutrina espírita, que não fica de fora mesmo!
Cada uma tem seu ponto positivo e negativo, todas elas têm. Não é a toa que a maioria das pessoas que frequentam igrejas e centros ainda é condicionada a padrões morais distorcidos e nem sequer tem consciência de que criam a sua realidade. E se não há a clareza, a partir dos ensinamentos oferecidos por uma determinada religião ou doutrina de que eu tenho total poder sobre minha vida e ao mesmo tempo não me mostra cruamente "como" proceder para assumir esse poder, então, em minha opinião, ela não serve pra muita coisa. Coisa boa e divina tem em todas, mas ser "funcional" no sentido de me abrir para mim mesmo, não tem uma que faça. 
Saber sobre os espíritos, sobre o poder que Deus tem e seus delegados Universais não vai fazer a minha vida ser melhor, concorda? O que faz a minha realidade ser mais atraente a mim é a aplicação do que seria Deus e seu poder em meu contexto de vida, ensinando-me a me aceitar como sou, a me amar acima de tudo, projetando-me sempre adiante em positividade e assertividade. E se a religião não me favorece nisso, então pra quê terei uma? De que me serve? Se eu vivo anos e anos naqueles preceitos sem apresentar um notável progresso, significa que estou perdendo o meu tempo. Por isso que me defino, nesse âmbito espiritual, como alguém que procura passar algo de bom, e somente isso.
E dentro do que falamos, vou abordar o assunto “sofrimento”. O tema é grande, então eu o dividi em três textos que cairão um por dia. 
É, você já se perguntou o porquê dele existir? Eu já. Engraçado que os Elohins sempre dizem que só existe o Bem e o Bem fluindo sem parar. Claro que eu, hoje, já compreendi visceralmente essa premissa, mas, a maioria ainda não. É por isso que quero dividir com você esse tema, para que possamos (eu e os Elohins) clarear a ideia na sua mente. 
Com qual propósito? Manipular você a uma crença? Jamais. Antes, para que você seja livre pra viver a vida que merece e é com esse objetivo que me dispus ao trabalho que aqui realizo. O que eu ganho com isso? O que alguém ganha fazendo o Bem? O Bem.
O que é o sofrimento?
Primeiro precisamos esclarecer uma crença, a de que fomos de alguma maneira destituídos da graça divina e enviados a planos inferiores. Isso é mentira tá? Quem te contou isso não tem consciência da lei que rege o Universo. Porque destituição é regresso e meu caro leitor, isso definitivamente não existe, não procede.
O que houve e ainda há é que determinados espíritos estavam num planeta X que “de repente”, ascendeu de uma forma mais acentuada do que a maioria dos seus habitantes, sendo assim, eles tiveram que “deixar” o orbe para prosseguir o processo em outros mundos que estavam na mesma faixa de evolução. Isso sim existe. Como está acontecendo agora com a Terra. Mas isso não quer dizer que fomos “exilados” ou expulsos. Você me perdoe, mas essa teoria é ridícula.
Porque tem muita gente que acredita que todos nós vivíamos na mais exata perfeição e nos “perdemos”, por isso, reiniciamos nosso processo evolutivo para “recuperar” aquela consciência. Ah nem, olha, pra mim tudo isso é papo furado. Sendo que todos somos perfeitos e somos a essência de Deus, como podemos ter “errado” se não existe quem nos julgue?
O que aconteceu é que você, como eu, é uma centelha divina que naturalmente se expandiu no cosmos, experimentando a vida em múltiplas formas e dimensões com o objetivo da expansão. E expansão, vista sob a ideia da evolução não representa exatamente “ser melhor” e sim, se tornar mais lúcido, o que é bem diferente. A crença de que eu preciso ser melhor nasce do pensamento de que eu sou errado.
É como se eu dissesse que um aluno de faculdade é melhor que uma criança que está na segunda série, tem cabimento? Quando evoluímos, nos tornamos mais lúcidos, ou seja, mais conscientes de quem somos e das leis do Universo. E com qual fim? De desfrutar da felicidade plena que é o nosso estado de ser.
E por isso, somos levados a vivenciar “N” experiências de vida, até encontrarmos isso. E é aí que entra o chamado “sofrimento”. Ele funciona como um auxiliador no processo do despertar interior. Por quê?  O “prof” explica: Sofrimento é dor, certo? E nós, todos nós, me refiro a tudo o que é vivo, temos uma tendência natural a fugir da dor. A reação negativa que temos diante do sofrimento é como uma “válvula” de consciência ativada para que prestemos atenção ao que nos machucou com o fim de evitar aquilo.
É pra isso que o sofrimento existe. Por esse motivo, quando sofremos vivenciamos a dor, que na verdade é o indicativo de que o que você está sentindo vai contra a natureza original da “felicidade”. E esse sofrer não tem nada a ver com você ser menos ou mais evoluído, tem a ver com o aprendizado da vida, no qual todos estamos imersos.

Até um grande espírito, quando reencarnar num orbe, onde ele nunca esteve, irá passar pelo sofrimento. Porque é justamente a dor que servirá de auxílio no processo do aprendizado da vida que ele terá naquela dimensão.
Amigo, se não doer, você não percebe que não é por ali que deve ir. Se não tiver a dorzinha, a decepção (depois vamos falar sobre ela) entre outras formas de sofrimento, não haverá a conquista da lucidez, que precisamos para realmente saber o que é ser feliz. 
...Continua no próximo texto, abaixo
Vinícius Francis

Texto: Vinícius Francis

 
 

Por que sofremos?

Parte 2

Vinícius Francis  - 07.09.2013


O sofrimento e a educação social e familiar


A dor é necessária para nos atinarmos a certas coisas e aspectos em nós. Uma vez ouvi dos Elohins que a dor é decadente em tudo e fiquei bem pensativo. E daí eu entendi, a dor, o sofrimento em si, o machucar, é ruim, é decadente porque a amargura que aquilo me provoca, muitas vezes, faz com que eu reaja mal, com que eu me feche ainda mais para o Bem, numa atitude instintiva de me defender.

Por isso que ela é decadente, neste sentido, de que ela pode tanto cutucar você para o real, como pode te fechar para ele. No sentido de que não se ganha nada ensinando a partir da dor. Observe bem os presos, os bandidos e pessoas que são colocadas na cadeia, a maioria deles apanha demais. Sofre agressões. _ Ah, mas eles cometeram crimes! 
Eu sei, mas quem sou eu para julgar um ser humano por algo que fez e me achar no direito de machucá-lo, achando que com isso, estou dando uma lição do tipo: “Nunca mais faça isso”.
Com agressão não consigo passar esta mensagem ao sujeito, antes, apenas desperto a ira dele, a revolta e na primeira oportunidade, o indivíduo irá querer se vingar, promovendo ainda mais o mal.
A maioria das crianças que apanha dos pais é problemática, ou seja, desenvolve, a partir da adolescência, comportamentos traumáticos que deformam sua personalidade, sujeitando-as a sérios problemas. E até que elas, mais tarde, compreendam que dois mais dois não dá cinco, vixe, é muito sofrimento. E dentro do nosso conceito, um sofrimento desnecessário. 
Quanta dor poderia ser evitada se soubéssemos usar a inteligência. Ah, entramos bem no tema, a compreensão minimiza a dor.
Mas tem algo na dor que é funcional, que é bom. A dor provocada propositalmente é contra o fluxo, mas provada e “experienciada” na posição de “preciso descobrir” é boa, é promissora. Por que, de repente, é vivendo a dor que saberei que não é bom sofrer e a partir disso, evitarei o sofrimento, claro que numa postura bem inteligente e lúcida.
Obviamente, não temos essa consciência de que o sofrimento pode ser evitado. E a maioria está sofrendo por não compreender essa verdade. Por isso que os Elohins disseram que a dor é decadente, e sabe por quê? Pense comigo: Se você bater num animal, ele vai entender a sua correção? Não, ele vai desenvolver ainda mais medo, ou seja, vai se reprimir. Logo ele será um animal traumatizado e possivelmente feroz, agressivo. E como reação natural, uma hora, se ele for bem decidido, irá retribuir a dor com o quê? Com a dor. Certo?
Isso educa? Isso ensina alguém? Bater numa criança ensina? Claro que não! Como você quer ensinar a educação e os bons princípios através do sofrimento. Você está louco? Como você acha que isso funciona? Claro que o espírito que sofre tem a opção de se livrar do sofrimento se souber reagir com força no sentido de se libertar daquilo.
E partimos para o bom princípio que ouvi uma vez de uma pessoa fantástica, que diz: A dor não muda ninguém, só o cansaço. _ Ah, Vinícius, acho que estou começando a pegar a coisa!
A dor, caros leitores, machuca e o que machuca não pode fazer você evoluir, isso vai contra tudo o que existe em termos de lei no Universo. Mas a sua reação e atitude diante da dor, sim, faz com que você perceba onde está o “errado” (que podemos substituir por contra o fluxo natural do seu ser). A sua postura ante a dor de: “Opa, não é por aí”  é funcional e positiva, mas a dor em si não é.
Você bate no seu filho porque não sabe lidar com ele. Claro né, você não sabe lidar nem com você, que dirá com outro espírito. Aí como não tem ciência e educação correta para conduzi-lo na vida, justifica sua covardia (porque isso é covardia) na ideia ridícula: Ah, acho que uma palmadinha bem dada é necessária.
Você diz isso porque deve ser um saco de pancadas da vida, que só aprende na base da porrada. Observe os filhos que são criados sem agressão e veja como se tornam adultos resolvidos. A boa educação dispensa a dor. Sem falar que os filhos que apanham desnecessariamente, (que segundo você, te irritam e por isso não consegue conter o nervosismo e acaba agredindo-os) geram ainda mais dor aos pais quando adolescentes, por desenvolverem comportamentos revoltados, ou seja, você usa a dor para conter o mau comportamento, só que cria ainda mais dor.
Percebe que isso de agredir não funciona? Você agride porque também foi agredido. Está repetindo o que fizeram com você. A dor não ensina, bons exemplos sim. Você dá uns tapas na criança porque ela, de repente, gritou ou desobedeceu uma ordem, certo?
E você, por acaso dá exemplo de equilíbrio e conduta pra ela? Por acaso se comporta corretamente, com decência e equilíbrio diante dos seus filhos? Eu acho que não. Eles copiam suas atitudes na maioria das vezes, em outras palavras, eles apanham por fazerem algo que aprendem com quem? Com você. Bater não educa, o que educa são bons exemplos, boas regras e disciplina. Guarde isso. Se você oferecer isso aos seus filhos, não será necessário perder o controle e descontar neles, uma frustração que na verdade é sua.
A vida não bate, ela devolve o que você faz consigo mesmo. Ela apenas faz você colher exatamente o que planta. Já experimentou fazer isso com os filhos? Garanto que vai funcionar muito mais. Amigo, o sofrimento desperta o ser humano para si mesmo, mas isso não quer dizer que eu deva estimulá-lo. Pense nisso. 
...Continua no próximo texto.
Vinícius Francis


Texto: Vinícius Francis
Fonte: Os Filhos da Alva   
 
 
 Atualização diária

Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly
* achama.islands.biz.tc/

publicado por achama às 07:39
Quarta-feira, 04 / 09 / 13

Elohins: Por que é tão difícil lidar com a morte? - Vinícius Francis

Por que é tão difícil lidar com a morte?

Elohins - 02.09.2013 

Através de Vinícius Francis

Vinícius - Por que parece tão difícil lidar com a perda através da morte?
Elohins: Não há outra coisa no Universo que não seja a vida, assim como não há outra verdade que não seja a felicidade. Vocês estão prontos para compreender isso? Se estiverem, significa que no momento em que leram a frase acima, não sentiram nenhuma emoção negativa. No entanto, muitos de vocês irão afirmar: Sim, estou pronto para compreender isso, sinto-me crente de que a única coisa que existe é a vida e que nossa única verdade é a de que somos felizes.
Entretanto, no momento em que o contraste da realidade vos oferecer essas coisas em forma de experiências, ficará clara a vossa crença enraizada. É na experiência que vocês revelam em que acreditam e não nas palavras que falam.
Nas reações emocionais que provocam os comportamentos físicos é que ficam evidentes vossas convicções e dizemos no sentido referido pela pergunta e em todos os outros. Sentem-se ricos até perceberem a ausência do dinheiro. Sentem-se saudáveis e donos do legítimo bem estar físico até alguns determinados “sintomas” aparecerem, daí, vocês correm para os médicos a fim de lhes pedir auxílio.
Amigos, não dizemos essas coisas para criticá-los, dizemos essas coisas para que observem vocês em seus comportamentos e comecem a compreender os fenômenos que lhe ocorrem. E o que chamam de morte está perfeitamente relacionado a isso.
A resposta para a pergunta se encontra nela mesma. Tudo o que vocês sentem como “perda” irá doer em suas emoções. Vocês não foram criados para perder. Sim, afirmamos isso, não foram criados para perder, pois o ato de perder contraria as leis que regem o Universo. E dizemos o porquê: Na perda há decréscimo e isso não pode existir num Universo que naturalmente se expande.
Se a cada dia estão mais e mais expandidos e lúcidos a respeito de si mesmos e de todas as coisas, logo vocês têm cada vez mais de tudo. E se têm cada vez mais de tudo, como podem sustentar emocionalmente a ideia de “perder”? Ela está contra, não concordam?
E por isso dizemos que a resposta está na pergunta. Se a sensação é de perda e de desencaixe, então haverá a dor, que é o resultado de uma ação contra o fluxo natural de tudo o que vocês são. Dizemos “tudo”, porque se tivéssemos dito “quem”, resumiríamos vocês a apenas um “sujeito” e obviamente são mais do que isso. Muito mais.
A morte vos fere porque a sensação é de separação. Se respondêssemos ao pé da letra a esta pergunta, diríamos: Não podemos responder, pois como iremos falar de algo que não existe?
Sim, o que chamam de morte não existe e nos atrevemos a dizer mais: Em sentido nenhum ela existe. Não há nada que morra, tudo se transforma, se transmuta e se renova. Não existe morte interior, como vocês costumam dizer em vossos discursos sobre a Terra, quando mencionam a alguém sobre a morte da alma, aperda da alma. Isso não pode existir, visto que todos vocês são uma extensão natural daquilo que é eterno.
E se o que é eterno estendeu-se a vocês, dando-lhes a vida física que possuem nesses corpos de matéria densa, então, não pode haver morte. Para vocês isso significa “rompimento”. E mais uma vez, temos que discordar, isso também não existe.
E o que existe? A vossa dificuldade de amar além da distância e da separação física momentânea. Existe sim o vosso apego, a vossa paixão desmedida e o descontrole em achar que a outra extensão da fonte que convosco está, seja na forma de um humano ou de um animal, permanecerá em vossa companhia para sempre, do modo como a veem atualmente.
Só há a tristeza pela morte quando há a crença de que existe a ausência. E isso se aplica a todas as áreas de suas vidas. Vemos vocês se sentirem mal na ausência da prosperidade e por que se sentem assim? Porque acreditam que ela está faltando, em outras palavras, sustentam emocionalmente a sensação da ausência do dinheiro.
E toda sensação de ausência, de separação definitiva e de perda vos machuca. 
Vocês estão ligados de uma maneira que ainda não compreendem em suas formas físicas atuais. Se os laços se fizeram naturalmente entre vocês e outra pessoa, porque acreditam que se separarão após o rompimento do estado de companhia conferido pela matéria?
Vamos dizer algo que pode confundir-vos: Nunca estiveram perto de quem afirmam amar, nunca conviveram com quem afirmam ser importante em vosso contexto. O que vocês dividiam ou dividem com quem amam é a vibração criada pelos laços que se fizeram entre ambos. Essa troca benéfica entre pessoas é o que pode ser vivido e sentido e quando conseguem compreender assim, então a morte da matéria física não pode desconectá-los disso.
O Amor vos une e aquilo que o Amor une nada pode separar. Então, por que o vazio? Por que há a dor? Por que choram de forma tão intensa ao assistirem alguém que amam abandonar seu envoltório corpóreo e seguir adiante? Não vemos vocês aos prantos ao observarem um (a) amigo (a) trocar de roupa e colocar a que foi tirada em cima da cama, como se ela não servisse mais.
Não vemos vocês chorarem enquanto assistem alguém com quem dividem um laço de amor, lançar fora objetos que para ela não possuem mais utilidade. Antes, os vemos reforçar tal atitude dizendo: Isso mesmo amigo (a), livre-se disso.
E quando há o desdobramento (morte), ocorre da mesma maneira. É como se seus amados dissessem: Bem, cansei desta roupa! Não a quero mais, vou adquirir uma nova. E é apenas isso que acontece.
A separação? Não ocorre por causa da morte e sim, por causa da crença nela. O que não é físico em momento nenhum está impossibilitado de interagir convosco por causa da diferença de densidade e realidade das naturezas envolvidas. Não estamos livremente fluindo através de Vinícius, que até então, está “em” corpo físico, assim como vocês que leem este texto?
Obviamente, a troca será diferente. Nem melhor e nem pior, apenas diferente, distinta. Vocês costumeiramente adotam a ideia de que o novo pode ser ruim. O novo nunca é ruim, ele é apenas diferente e se aceitarem isso, não sofrerão.
Quem partiu não se separou de vocês, só está do outro lado da moeda. É como se vocês estivessem com um amigo (a) numa loja comprando novas roupas e ele (a) estivesse no “provador”, que aparentemente separa vocês.
No entanto, ainda estão juntos, ligados pelo Amor. E repetimos: O que é unido pelo Amor não se separa.
O Amor está acima de qualquer diferença, de qualquer distância e de qualquer coisa. Quem ama conecta-se a Deus e essa energia e Fonte que nomeiam de Deus, perfeitamente mantém todas as coisas unidas. Jamais irão se separar de quem amam se souberem amar. Jamais sentirão a separação se aprenderem a encarar e compreender as mudanças que sempre são necessárias.
Jamais se sentirão tristes quando assumirem a crença de que a tristeza não está relacionada a algo que ocorreu fora, mas numa desconexão interior. E jamais irão acreditar que “perderam” quando sentirem a vossa verdade batendo no peito e afirmando: Eu a cada dia sou mais, a cada dia tenho mais e a cada dia posso mais na natureza divina que em mim, eternamente se expande.
Jamais se sentirão sós após a partida de alguém querido, pois o amor não se foi, ele permanece convosco e é justamente ele que prossegue vos mantendo unidos aos amados que física e temporariamente se afastaram.  A morte é apenas isso, um afastamento físico que não prova que vocês perderam, antes, evidencia que mesmo sem os olhos verem, sem as mãos tocarem e sem a relação física, vosso amor continua, subsiste, pois nada é capaz de desfazer os laços do Amor. Gostamos disso. Haja Luz!


Canal: Vinícius Francis

 
 Atualização diária

Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly
* achama.islands.biz.tc/ *

publicado por achama às 01:19
Segunda-feira, 02 / 09 / 13

Elohins: Como podemos ter a certeza de tudo isso? - Vinícius Francis

Como podemos ter a certeza de tudo isso?

Elohins  - 31.08.2013

Através de Vinícius Francis


Vinícius: Amados amigos, muitas pessoas se debatem interiormente acerca das leis que operam no Universo. Muitas delas não conseguem crer na veracidade das mesmas, muito menos em seu poder Criador. E algumas chegam até a experimentar temporariamente o que todos vocês chamam de “Arte de Viver e ser feliz”, no entanto, a maioria delas, desiste no meio do caminho por se "dedicar" sem os resultados desejados. Então, mediante a isso, eu gostaria que dissessem algo e mostrassem “Como” pode-se ter a certeza de tudo isso.

Elohins: Estamos conectados com vocês em amor e gostaríamos de vos lembrar, já no início de nossa conversa que somos as emoções mais felizes que vocês podem ter e se desejam conexão com aquilo que é bom, então precisam cultivar esse estado de ser, pois é cultivando essa sintonia com o Bem que poderão experimentá-lo em termos físicos.

Sabemos bem o porquê de nos fazer essa pergunta e pode parecer estranho, mas vivemos com você tudo o que provocou essa experiência e percebemos que o Bem vibra em seu ser de forma consistente e isso o faz perceber a desconexão dos outros e não mais se identificar com ela.

As pessoas perdem sua conexão com a fonte porque esta, na maioria das vezes se estabelece a partir de algum fator externo. Vocês sempre criaram as famosas desculpas para resistir e também as desculpas para permitir. Sabiam disso?

E em alguns casos, as desculpas para a vossa conexão são “pessoas”. E uma vez que essas pessoas, as quais depositaram sua fé e convicção, não se encontram mais em alinhamento ou de algum modo “saem” do contexto, vocês tendem a abandonar a vossa conexão.

Nenhuma conexão com o Bem pode subsistir se for apoiada em algo que esteja fora. A vossa certeza não pode resistir ao “incentivo” do contraste da realidade se ela não estiver fundamenta em vocês. A menos que enxerguem a vida com os olhos de vosso Espírito prosseguirão nos constantes “conecto e me desconecto”. Precisam parar de se alinhar por causa de fatores externos. Eles servem para impulsioná-los ao Bem e não para mantê-los nele.

A vossa convicção precisa basear-se em vocês mesmos e naquilo que decidem crer. 

Naquilo que decidem que “são” interiormente. Porque há um espaço, que é do lado interior, que nenhum contraste pode alcançar, lá há somente espaço para o que vos inspira e uma vez que decidem basear seu caminhar nessa verdade, então, estão seguros nesse Bem.

Vemos as pessoas de vosso plano se alinhando propositalmente e em questão de dias, estão se desalinhando também de forma proposital e isso se dá porque elas baseiam o seu bem estar no que ocorre do lado de fora. Elas baseiam sua fé na prosperidade muito mais a partir daquilo que enxergam em suas contas bancárias, do que na riqueza que as cerca em todos os sentidos e na abundância do cosmos que as mantém vivas.

As pessoas, em sua maioria, baseiam o Amor e o quanto são amadas muito mais a partir do amor que dizem receber de fora e dos outros, do que da apreciação e infinito amor que recebem de seu Eu. 

A maioria se sente saudável muito mais pela prática de atividades físicas, boa alimentação e constantes visitas ao médico do que pela crença da verdade interior, que diz que não há outra coisa a não ser a saúde e o Bem fluindo para ela.

E enquanto basearem seu estado de ser e de vibrar naquilo que não é constante ou em meias verdades, não estarão vivendo genuinamente o que chamamos de Bem e por isso eles “abandonam” a sua conexão, alegando: Vou largar isso! Não está dando certo, eu tento, insisto e não acontece aquilo que eu gostaria.

E dizemos a vocês que uma pessoa que está no Bem nunca lamentará por algo que ainda não se manifestou, porque quem está no Bem se satisfaz com a vibração de estar "nele" de tal maneira que deixa de ansiar desmedidamente pelas manifestações. Quem vive no Bem não se queixa, pois a vibração do Bem não “comporta” isso.

Amigos humanos, parem de se sentir bem para verem no que dá. Se sentir feliz por si só “deveria” ser a maior das bênçãos que vocês almejam. Porque quando felizes estão todos os conflitos cessam e os medos também. Quando se conectam a quem são deixam de questionar a vida e passam a vivê-la. Deixam de dar desculpas para permitir o fluxo do Bem estar. Cessam os argumentos que sustentam vossas contradições e conflitos para simplesmente se entregarem ao Amor desmedido que flui de dentro para fora.

E como podem ter a certeza? Quando vocês forem a certeza que procuram do lado de fora. Vocês precisam ser a vossa fé e a vossa certeza, porque é com aquilo que nutrem dentro que vivem do lado de fora.

Queremos perguntar (ao canal) algo baseado no “como” podem ter a certeza de que isso tudo que falamos, de fato funciona: Vinícius, você duvida que beber certa quantidade de álcool deixa o homem entorpecido e um pouco fora de “órbita”?

Vinícius: Não.

Elohins: Por quê?

Vinícius: Porque eu já experimentei isso (risos).

Elohins: Exatamente! Chegamos onde queríamos chegar. Para perceberem a grandeza do Bem e vivê-la precisam se dar a experiência de permiti-lo. É necessário que se deixem ir. Tentem, que tal fazerem isso? Sugerimos a vocês que se mantenham conectados a tudo o que vos inspira lindamente.

Decidam que irão acordar e cumprimentar o Sol, saudar a natureza em profunda positividade, crentes do melhor, como se tivessem ganhado na loteria. Tentem, sejam quem nunca foram antes em termos de alegria e entusiasmo pela vida. 

Cessem por alguns dias e algumas semanas as vossas desculpas e simulem a vida perfeita. Comemorem como se tudo já fosse como vocês gostariam, dizemos em vossa vida e não no mundo, pois se basearem vosso estado de ser na situação do mundo continuarão se debatendo.

Vosso planeta que chamam de Terra não pode ser agora como vocês gostariam individualmente. Mas a vossa vida sim, pode. A vossa experiência física pode ser tudo o que desejam que ela seja. É para isso que estão aí, para colorirem as vossas vidas com as cores que desejam e de fato, já fazem isso. Todos vocês estão puxando de volta das forças não físicas exatamente o que equivale com os vossos comportamentos e escolhas. Então, mudem isso!

Mudem, vocês podem! E ao final dessa experiência, garantimos que não terão nenhuma dúvida a respeito do Bem, antes, se pudessem, sentariam conosco em poltronas confortáveis, numa varanda rústica com vista para uma bela piscina (nosso canal entende isso) e diriam a nós:

Elohins, não tenho desculpas para não crer e sentir. Não há questionamentos e nem conflitos, pois eu percebi que a vida não passa de uma simples escolha de me manter conectado a quem eu sou em natureza. Quando me conecto me transformo e ao sustentar minha transformação, tudo muda. Eu não me debato mais, apenas usufruo do benefício de ser Um com a fonte em mim. Eu não me sinto mal, pois desde o dia em que escolhi me sentir feliz não encontro mais motivos para isso, antes, eu só enxergo o Bem em tudo e em todo lugar.

É assim que se apresentarão a nós depois que assumirem o vosso Bem interior. 

Damo-nos por satisfeitos. Haja Luz!
Canal: Vinícius Francis

 

 

 Atualização diária

Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly
* achama.islands.biz.tc/

publicado por achama às 02:48
Sábado, 31 / 08 / 13

Elohins: A Melhor de todas as Sensações - Vinícius Francis

A Melhor de todas as Sensações

Elohins; 28.08.2013

Através de Vinícius Francis


Os que se estregam à positividade e bem estar são os que fluem na manifestação de seus sonhos. Os que se banham em felicidade são os que dizem “Sim” a Deus, de forma a permitir todos os componentes do pacote de criações, se materializarem.

Vemos muitos de vocês atualmente tendo o conhecimento exato do funcionamento do Universo e de suas leis. Observamos um determinado grupo que tem aplicado a teoria, a filosofia da felicidade como ponto positivo de atração e esse grupo tem colhido seus frutos desejados.

Pessoas estão realizando seus sonhos, conquistando objetivos e mais do que isso, sendo felizes. E mais do que conquistarem isso é se darem conta de que já são, não, sempre foram felizes e por outrora oferecerem sua atenção ao contraste da vida física se esqueceram momentaneamente disso.

Existe esse grupo, que tem se entregado às ondas do Bem na permissão de serem levados ao melhor. Em que sentido? No sentido interior. Quando vocês estão abastecidos do Melhor interior, estão no rumo certo, no caminho exato da manifestação física. 

Vocês almejam muito por essa manifestação, e consideramos natural. Mas, queremos dizer a vocês que nenhuma sensação diante de algo manifestado compara-se a emoção de crer e saber que todas as coisas desejadas já são vossas.

Ainda que vocês avistem uma grande realização, ainda que toquem nela e dela usufruam, não será tão intenso o bem estar como o que sentem ao imaginarem os objetivos se manifestando, desfrutando da emoção de “Saber que tem”. Todos vocês procuram por isso, em toda parte. Querem a sensação de “saber que tem”. Porque o simples “ter” não vos conforta, pois hoje podem ter, mas amanhã não se sabe. 

Porém, o “saber que tem” oferece conforto e bem estar agora, como vos confere a certeza de que o Bem e o melhor do amanhã, garantidos estão.

Vocês só tem uma garantia de um futuro melhor, o hoje “feliz”. E se estão felizes agora mesmo, conectados permanecem neste exato momento a tudo o que combina “vibratoriamente” com isso, e sendo assim, se encontram em união com os benefícios de se sentir feliz, e afirmamos que: Eles são vastos, infinitos, diríamos.

Todavia, quando falamos sobre se sentir bem, não nos referimos àquela velha e boa frase que vocês costumam dar à pessoas, ao lhe perguntarem qual o vosso estado emocional em um determinado dia, pois na maioria das vezes a elas respondem: Estou Bem!

Não falamos disso. O bem estar a que nos referimos trata-se de muito mais do que isso, porém, não é um “muito mais do que vocês são ou podem oferecer”. Jamais diríamos isso! Tudo o que dizemos não se refere ao que vocês não têm ou não poderão ter, refere-se ao que vocês já possuem e que muitas vezes não sabem ou preferem não saber.

Quando afirmamos "sintam-se bem em escala muito mais abrangente do que costumeiramente se sentem ou dizem sentir", queremos dizer: Permitam a essência de quem são fluir através de vossos sentidos físicos. Permitam o "exteriorizar" de vossa verdade, permitam que a completude de vosso ser venha para fora, proporcionando-lhes a mais incrível das sensações.

_ E qual seria essa emoção, amigos Elohins? (vocês, ávidos, nos perguntariam). E nós, de nossa perspectiva ainda mais entusiasmada que a vossa, respondemos: 

A mais incrível das emoções que o homem pode sentir é a certeza de que tudo está Bem. (arrepios). A melhor das sensações que o homem pode usufruir é a de acordar pela manhã reconhecendo visceralmente que tudo aquilo que ele quer, que ele deseja, almeja ou sonha, lhe pertence porque a cada despertar de um novo dia, o Criador o abençoa com seu Eterno “Sim”.

A melhor das emoções que o ser humano pode se dar é a convicção de que foi criado para e pelo melhor e sabendo disso, ele se permite viver, escolher e vibratoriamente se colocar na posição de experienciar tudo isso. Mas ele não faz assim porque simplesmente quer ver a manifestação, ele faz desta forma porque reconhece que este é o seu verdadeiro e sólido estado de ser.

A melhor sensação que o homem pode se dar é a de estar banhado no Bem de si mesmo, não contrariando o seu espírito, caminhando em positividade e fé, experimentando o doce e marcante sabor da liberdade, que o confere um prazer que nenhuma outra coisa pode lhe oferecer. Sim, ele se sente livre, de seus medos, das amarras sociais, das convenções religiosas ou familiares. 

Se vê pronto para simplesmente viver, porque ele nasceu na Terra para isso, para desfrutar do puro privilégio da vida. Se sente confiante, forte e seguro de si mesmo, andando de cabeça erguida diante de tudo e de todos e mesmo estando em aparente dificuldade ou contradições da realidade, ergue o peito, olha para o céu e diz: Eu sou a fonte e em mim o melhor sempre flui sem reservas e limitações.

O mais positivo dos estados que podem se dar é a felicidade, crua, intensa e verdadeira, honesta e jamais fingida, porque a felicidade não pode ser simulada enganosamente. E aqueles que tentam, frustram-se no dissabor das manifestações que não lhe entregam o exato benefício de ser feliz, antes, entregam-lhe mais e mais evidências de que ele precisa real e verdadeiramente se conectar, com o objetivo de orientá-lo da seguinte forma: 

"Não é por aí amigo, precisa parar de fingir, precisa parar de simular, pois o Universo sente com exatidão o que seu ser vibra, então não disfarce, pois não há como ludibriar as forças que te criaram e que se estenderam em sua forma física a fim de que você possa viver a genuína felicidade. Venha para ela, caminhe, assuma-a e a receba como algo que sempre esteve aí. Livre-se das amarras e das correntes emocionais e se entregue, na certeza, ou melhor, apenas na ousadia de experimentar o novo e quando assim o fizer, se surpreenderá com o Bem que existe aqui para você."


Sejam felizes, isso simplesmente e profundamente resume todas as coisas, todas as leis e todas manifestações que almejam. Esta conexão foi formidável! Haja Luz!

 

Canal: Vinícius Francis

 

 

 

 Atualização diária

Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly
* achama.islands.biz.tc/ *

publicado por achama às 00:43
Segunda-feira, 26 / 08 / 13

Elohins : 'Trafeguem' positivamente - Vinícius Francis

'Trafeguem' positivamente

Elohins - 24.08.2013

Através de Vinícius Francis



Fluímos nas ondas do amor e nos expressamos na vibração da alegria e da felicidade. Amamos esta interação convosco, pois ela sempre enfatiza que tudo é possível.

Se energias de outras dimensões conseguem facilmente fluir em comunicação com vocês, que são seres temporariamente físicos, também podem as coisas que tanto vocês almejam viver, fazerem parte de vosso contexto sólido.

Amamos estar convosco através das ondas de comunicação a nível inconsciente que enviamos para o nosso canal, a fim de que ele possa traduzir em forma de palavras, nossas intenções e aquilo que diríamos se estivéssemos aí, fisicamente ao vosso lado.

A nossa interação convosco expande tudo o que somos e da mesma forma a vocês. Na verdade, a expansão é algo que ocorre involuntariamente no Universo. Imaginem uma rodovia por onde circulam veículos como carros, por exemplo. E acrescentem o detalhe de que ela flui apenas em um sentido.

E podemos colocar todas as formas de consciência que existem no Universo nesta pista se movimentando naturalmente no sentido da rodovia. E quando todos os veículos trafegam respeitando o fluxo, então, tudo segue harmoniosamente.

Mas, suponhamos que vocês estejam em seus automóveis se movimentando por essa estrada e de repente, freiam bruscamente. Imaginaram isso? Pois bem, quando freiam vossos veículos, estão forçando-o a parar. E no momento em que decidem, escolhem, optam por manter pensamentos que são contrários ao fluxo, que é o Bem, ocorre a mesma coisa convosco, no que diz respeito a vossa vida vibracional.

E o que acontece se vocês, além de pararem vosso veículo, decidirem ir no sentido oposto da rodovia? Provocaria um caos, vocês responderiam. Ou diriam que ocorreria um acidente, gerando danos tanto para os vossos veículos, quanto para os demais que convosco trafegam.

E é exatamente isso que ocorre em vossa vida quando decidem remar contra a maré do Bem, acidentes, sofrimento, batidas, transtornos. Da mesma forma que se um motorista dirigir sobre uma determinada estrada de maneira correta não provocará acidente e nem se acidentará, assim é cada um de vocês ao fluírem na rodovia do Universo.

Enquanto trafegarem positivamente e em ordem com as leis que operam sobre os acontecimentos, sobre a matemática do Universo, não criarão problemas. E é simples, muito simples a compreensão dentro da analogia que oferecemos neste momento. Vemos muitos de vocês se debatendo com os inúmeros problemas que dizem ter, sentimos o quanto vocês reclamam e sofrem quando vivenciam situações difíceis e clamam por ajuda para saírem delas.

E dizemos em resposta a isso: Porque não trafegam no sentido certo da rodovia? Por que insistem em ir na contra mão sabendo que tal atitude resultará em acidentes e caos? Não vemos vocês com vossos veículos fazerem isso propositalmente a menos que sejam loucos! Não vemos vocês, de repente, numa determinada rodovia, virarem o carro e se voltarem na direção oposta alucinadamente! Mas, vemos vocês fazendo isso com a vibração. Sim, nós observamos muitos humanos se voltarem de forma brusca contra o sentido correto da via e literalmente “se dando mal”.

E não compreendem porque sofrem. E dizemos: Estão trafegando na contra mão. Não é nesse sentido que deveriam levar vossos “veículos”. Observem aqueles que trafegam naturalmente, no sentido correto, fluindo sem acidentes e em alta velocidade como se voassem. Por que eles conseguem se locomover desta maneira? Bom, porque se empenham no sentido correto do fluxo e por isso, trafegam positivamente.

E se desejam se locomover neste mesmo sentido, basta que parem de andar na contra mão. É simples e fácil sendo que o mover da rodovia vos mostra o tempo todo qual é o sentido certo do fluxo. Tudo aponta para o rumo do Bem, basta que prestem atenção nisso. E só conseguirão visualizar desta forma, no momento em que cessarem as vossas famosas desculpas que vos fazem literalmente “trafegar” na direção oposta. E toda vossa vida fluirá em positividade e em imenso prazer quando optarem por seguir adiante na rota certa para a manifestação de tudo o que almejam viver.

E nem precisaríamos dizer que o sentido certo é aquele que vos faz bem, nem precisaríamos dizer que o rumo que vos leva às manifestações desejadas é aquele que não vos força em nada, compreendem o que queremos dizer? O caminho assertivo do movimento do Universo é na direção de quem vocês são em essência. E vocês são a alegria, a motivação, a verdade, a lucidez, a felicidade, o amor e o entusiasmo. Vocês são em essência todas as coisas que determinam serem boas.

Vocês são em essência tudo aquilo que aprovam e seguem no fluxo correto quando estão em harmonia com vossas intenções interiores, em honestidade e em equilíbrio. Caso contrário, continuarão trafegando contra e se continuarem neste rumo, criarão e sustentarão o fracasso que não nasceram para viver.
Continuarão no sentido de vossa infelicidade, sendo maus consigo mesmos, tendo que aprender com os “acidentes” e provavelmente prejudicando o tráfego de outros, dos que se permitirem abater-se pelo mal que vocês sustentam.

E quando decidirem que é hora de ser feliz e de ir no rumo da colheita das bênçãos desejadas, então, simplesmente virem seus “automóveis” e sigam em linha reta no sentido de todas as coisas que desejam e que Deus tratou de criar abundantemente para vocês. Isso basta! Haja Luz!


Canal: Vinícius Francis


 

 Atualização diária

Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly
* achama.islands.biz.tc/ *

publicado por achama às 13:27
Quarta-feira, 21 / 08 / 13

Elohins - Pensamento: Tudo é sempre o Bem pelo Bem de tudo - 19-08-2013

Elohins - Pensamento

Tudo é sempre o Bem pelo Bem de tudo

Vinícius Francis - 19-08-2013


Vocês vivem no mundo que acreditam ser real. Vocês têm a realidade com a qual se importam mais. Vocês vivenciam situações que são emocionalmente ativadas em vosso corpo. Ou seja, o Universo está sempre entregando a vocês mais de si mesmos. Constantemente e de maneira perfeitamente organizada, as forças cósmicas estão evidenciando em vosso contexto diário quem vocês são em termos do que vibram. Cada experiência, cada abrir ou fechar de portas não é sobre vosso destino, vosso Carma, vontade divina ou sobre merecimento. Não se trata disso. 

Trata-se do posicionamento vibracional em que estão vivendo agora. E sejam gratos por todas as manifestações, mesmo aquelas que aparentemente são ruins, pois se elas não ocorressem, talvez, vocês jamais saberiam que não estão no caminho da realização das coisas que tanto almejam. São justamente as más experiências que mostram isso a vocês e por isso enfatizamos: Tudo é sempre o bem pelo bem de tudo. 

O que naturalmente é bom vos causa alegria e vos expande ricamente no Universo e aquilo que parece ser mal vos faz perceber que estão numa direção oposta ao vosso sucesso, em outras palavras, tudo permanece constantemente conduzindo cada um ao seu melhor e isso, comemorem, pois não tem fim. A felicidade e a vida são tão eternas quando a energia Criadora que vocês chamam de Deus. E outra boa notícia: Vocês são parte dessa energia, são essa energia se expandindo para o tudo eternamente. Haja Luz!


Canal: Vinícius Francis


http://sementesdasestrelas.blogspot.com/

 Atualização diária

Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly
* achama.islands.biz.tc/ *

publicado por achama às 10:05
Segunda-feira, 19 / 08 / 13

Elohins: Banhados em Felicidade - 18-08-2013

Elohins: Banhados em Felicidade 

Através de Vinícius Francis - 18-08-2013

 

Vinícius: Disponho-me mais uma vez como canal de vosso amor e de vossa sabedoria.

Elohins: E dispomos-nos mais uma vez como transmissores do Bem e da ciência da felicidade. Sim, gostamos disso, de nos nomear como “Transmissores da Ciência da felicidade”. Apreciamos isso, pois de fato, está totalmente ligado ao que fazemos aqui através de você (canal).

Quando nos assumimos como transmissores do Bem e da Felicidade estamos resumindo todos os ensinamentos que possam ser dados a vocês. Já pararam para perceber que o único intuito que vosso espírito tem ao preencher-vos de sabedoria, inteligência, maturidade e conhecimento é para que no final saibam usar isso em pró de vosso Bem?

E que Bem seria esse tão almejado como um objetivo a ser alcançado? Vossa felicidade. Então, vamos encurtar o caminho? Que tal darmos a felicidade agora? 

Que tal se preencherem do estado pleno de serem felizes neste exato momento? Como seria se ao invés de buscarem essas coisas que citamos acima, para que então possam ser felizes, como recompensa ao cultivo e conquista delas, dessem a felicidade a si mesmos neste segundo?

Se vocês podem? Vamos descobrir: Onde gostariam de estar neste instante? Sim, queremos que imaginem isso, se puderem. Qual é o lugar? É belo? Fica no litoral? Nas montanhas? Como é o clima deste ambiente? Quais são as cores deste cenário?

Prossigam conosco: Está de noite ou de dia? Visualizaram bem esse lugar? É realmente aí que gostariam de estar agora? Ótimo! Agora, partamos ao segundo passo: O que fazem aí? Apreciam a vista simplesmente deitados numa rede confortável? Têm uma vida agitada, dinâmica e acelerada em termos de afazeres? 

Nadam no mar, na piscina ou na cachoeira? Observam os pássaros, pintam quadros, praticam esportes? Vejam a si mesmos realizando aquilo que têm mais vontade nesse momento.

Sentimos nosso canal vendo-se cantar alegremente. É isso que o inspira no momento em que fluímos através de seus sentidos físicos e inconscientes, a fim de vos entregar estas palavras. E vocês, amigos que leem agora, o que fazem nesse lugar que criaram?

E daí, prosseguimos: Como é a vossa vida neste ambiente e nesse possível “tempo futuro” em que vivem essa realidade? Pois bem sabem que fisicamente não estão nela agora, logo, estamos “jogando” aqui com um tempo futuro. Estão realizados? 

Têm aquele relacionamento que almejam ao assistirem os filmes de romance? Há filhos neste contexto, com duas patas ou quatro (animais ou seres humanos)? 

Estão na profissão que tanto desejaram? Vejam isso, sintam isso e se permitam vivenciar consistentemente as cenas que se apresentam na medida em que ativam vossa criatividade e imaginação.

Pois bem, sigamos adiante, como você, que está visualizando tudo isso, é enquanto vive essa vida? Maduro? Equilibrado? Grato por todas as coisas? Você consegue se ver em conflitos consigo mesmo ou enxerga-se ávido pelo Bem e caminhando numa realidade onde somente o entusiasmo, a motivação, o ânimo e a positividade estão presentes? 

Sejam ousados. Se é assim que desejam viver, então assumam isso em vossa imaginação agora. Não temam entregar-se a uma realidade virtual onde o que chama de mal simplesmente não existe. Dizemos isso, porque sabemos que possuem certa dificuldade e aceitação do Bem quando propomos que considerem somente ele como real, anulando todo o resto.

Então, vamos lá, não queremos perder a vibração que estamos conseguindo com vocês. Respondam: Como vocês são nesse lugar e nessa realidade? Descrevam-se. 

Mais do que isso, sintam quem são, abracem quem são, enquanto desfrutam de tudo o que preenche e compõe o cenário e a história que estão criando. Onde estão os medos que sentem em seu agora? Sumiram? Deixaram vocês? Onde estão aquelas desculpas que antes vos atormentava a mente? Simplesmente não têm mais voz?

Sim, sentimos que vocês estão interagidos. Agora, digam a si mesmos: 

"Eu sou este que vejo e esta é a minha verdadeira vida. Aquela realidade que almejei e que coloquei em meu pacote de criações antes de imergir na matéria. Essa é a minha tão sonhada realidade que arquitetei com todos os meus sentidos, a cada vez que ,eu dizia a algo: Eu gosto disso, isso é bom e agradável aos meus olhos ou “eu quero isso”.

E me sinto ótimo aqui nesse holograma que criei, não porque simplesmente desfruto da abundância de uma vida próspera. Não somente pelo fato de eu ter aqui o carro dos meus sonhos, a casa dos meus sonhos, o meu parceiro (a) ideal ou minha profissão tão desejada. Não é porque eu aprecio a bela canção que toca em alto som em meu lar virtual, não é porque eu estou numa realidade vibratória que me permite ter tudo o que eu quero, e sim, porque no experimentar das coisas físicas que tanto almejo, ainda que “fingindo” mentalmente que as tenho, estou em contato comigo mesmo.

E quando estou em contato comigo, eu não tenho medos, angústias ou frustrações. Eu não sou desanimado, triste ou desmotivado. Não invento desculpas para barrar o Bem que me é dirigido. Não me machuco ou me iludo com as pessoas, esperando delas algo que elas não têm para me oferecer. Pois, quando eu estou em mim ou pelo menos "me sinto" por leves instantes, reconheço que sou eu quem deve me preencher de tudo o que preciso.

Eu sei que, quando estou em contato comigo sou banhado em positividade e alegria. Sou realmente feliz porque ser feliz, eu sinto agora que não se trata de “ter”, mas de “ser”. De ser quem sou, de ser a fonte viva pulsando o amor, o bem e o entusiasmo. De ser completo em minha natureza e de me expressar em perfeita liberdade."

Agora sabem, a partir desse momento que passamos juntos em atividade que ser feliz está dentro de vocês, pois se abrirem os olhos da realidade, enxergarão que aquele holograma que há pouco vivenciavam não está aí fisicamente.

Entretanto, tudo aquilo que sentiram, estava e ainda está agora mesmo. E não importa se aquele contexto está diante de vocês ou não, o que importa é que puderam sentir a emoção de vivê-lo e se podem sentir, então podem ter. 

Basta que pratiquem a arte de ser feliz, na exata abrangência e intensidade com que a experimentaram enquanto estavam lá, pois se fizerem isso, em pouco tempo vosso holograma sólido será o mais parecido possível com o que imaginaram e sentiram.

Não porque ter o que desejam vos fará feliz, mas, uma vez que fizeram assim antes, é desta forma que todos os sonhos se solidificam. É desta forma que tudo se transforma para melhor. Haja luz!

Elohins
Canal: Vinícius Francis


http://sementesdasestrelas.blogspot.pt/

 Atualização diária

Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly
* achama.islands.biz.tc/

publicado por achama às 13:56
Sexta-feira, 16 / 08 / 13

Elohins: Sobre Solidão, Solitude e Conexão com a Fonte - via Vinícius Francis, 15 08 2013

Sobre Solidão, Solitude e Conexão com a Fonte

Elohins, 15 08 2013

Através de Vinícius Francis

 


Leitor: A solitude é positiva no processo de crescimento individual? Como evitar que se confunda com a solidão?

Elohins: Estejam abertos para sentir a felicidade, pois aqueles que a vivem são portadores de todas as bênçãos desejadas. Aqueles que cultivam seu bem estar independentemente de qualquer situação externa são os que verdadeiramente descobriram o segredo para manifestar qualquer coisa.

Porque uma vez que vocês conseguem estabelecer uma conexão positiva com sua maior parte, de modo a sentir isso vibrar em vosso corpo, e empenham-se em manter ativada essa energia, ou melhor, esse estado, então, encontram-se exatamente onde planejavam estar antes da vida física. Estão onde sempre desejaram estar e vibrando aquilo que sempre desejaram vibrar.

Nenhum de vocês almeja estar em um determinado lugar ou fazendo determinada coisa. O que vocês querem verdadeiramente é se conectar ao estado pleno da felicidade. E anseiam por isso muito mais do que para simplesmente manifestarem bênçãos e sonhos, vocês buscam por isso ardentemente porque esse é o vosso real estado.

É assim que vocês se sentiam no momento em que tomaram a decisão de imergir na consciência física. Estavam convictos do Bem, tão inundados de amor e apreciação pela realidade sólida da Terra que diziam a si mesmos:

"Eu desejo, eu quero ir até lá. Eu almejo expandir quem sou em meio ao rico contraste do orbe azul porque lá é um bom lugar para isso. Eu reconheço, de minha perspectiva não física, que a diversidade abundante como existe neste planeta é benéfica para mim. Por isso, vou até lá, assumir um corpo físico, esquecer momentaneamente de quem sou e de todas essas coisas que aqui consigo ter consciência e me tornar um novo alguém, com novo nome e nova forma.

E na pele desse novo ser humano que abrigará a essência de quem eu sou terei uma única missão: Procurar em tudo, aquilo que me conecta novamente comigo mesmo. Procurar sentir através do contraste as coisas que tocam minha alma, as experiências que me fazem sentir exatamente o que sinto neste momento.

E qual será o propósito disso tudo? Bom, não acredito que deva ter algum propósito. Sinto que deve ser bom e se for bom, então, eu não preciso colocar propósitos nisso. Pois se é bom é o suficiente para mim. Eu vivo pelo que é bom, procuro o meu prazer e a minha satisfação interior. Sei que lá conhecerei novas coisas, aprenderei outras e me lembrarei de muitas verdades e ideias que tenho aqui mesmo.

No entanto, almejo ir e viver e retornar após uma rica experiência, trazendo comigo a sensação de que eu experimentei enquanto ser físico, a exata conexão com quem eu realmente sou.

Eu desejo retornar ao não físico abrigando a satisfação de que eu consegui me sentir feliz e me dar uma nova experiência, uma nova oportunidade de vivenciar as maravilhas de quem eu sou em um novo ambiente. Eu cumpri o meu propósito de ser feliz e isso tem que ser o suficiente, pois se eu baseio minha vida em qualquer outra coisa que não seja a minha felicidade, então eu não estou conectado em Deus."

Diriam isso, amigos. Esse era o vosso sentimento antes de nascerem nessas formas densas e belas. E quando estão procurando vosso alinhamento vibracional, o que chamam de solitude é indispensável. Solidão é ausência de si mesmo, é a ausência da conexão que tanto almejavam viver antes de estarem aí. E solitude é a opção em reservar-se dos demais, procurando com isso encontrar a vossa conexão, aquele ponto de vibração em que estavam na realidade não física.

E vemos vocês procurando por isso durante a vida toda. Percebemos que o que almejam é apenas se reencontrar consigo mesmos através de elementos físicos e experiências. E se unem às pessoas em relacionamentos, pois inconscientemente fazem isso buscando enxergar vosso Eu através do outro. Vocês tentam pegar o parceiro e fazer da relação com ele um meio de se identificar.

Sonham e trabalham pela realização material porque na presença da benção querem sentir mais de quem são. Vocês estão ávidos o tempo todo em vivenciar a mesma conexão em que estavam antes de descer à Terra.

Considerar os outros ou as coisas como objetos de vossa atenção emocional, é lindo. Entretanto, tratar o objeto como a causa de vossa alegria está errado. Não condiz com a vossa intenção genuína. Quando estavam deste lado da moeda, não tinham nada que agora insistentemente dizem que “precisam”. Vocês estavam somente com o que realmente necessitavam, a vossa conexão interior.

E quando a encontram sobre o solo da Terra, voltam a se sentir felizes e plenos, como se algo se encaixasse, como se fossem de alguma maneira completos e preenchidos. E de fato, foram. Só se sentem preenchidos quando estão em si mesmos e só conseguem fazer isso quando abandonam as resistências, os apegos, as dependências, o “querer” desenfreado, a ansiedade, a impaciência e a ideia de que precisam dos outros para se sentir amados.

Por isso vos aconselhamos a cultivar a solitude. Separem-se um pouco das pessoas ao redor porque se estão desencontrados de si mesmos terão dificuldade de se conectar novamente, estando envoltos por opiniões e energias que naturalmente tendem a influenciá-los.

Sim, quando estão fora da conexão são influenciáveis. E quando estão conectados não são, pois toda influência que sentem vem de vosso próprio espírito.

Mas, para isso, precisam se afastar. Não estamos dizendo para vocês se isolarem como Cristo no deserto. Obviamente, se não conseguirem se conectar novamente com um simples “afastamento”, então vos encorajamos: Façam como vosso mestre. Abandonem tudo, casas, profissões, famílias e todas as outras coisas.

Já se perguntaram o porquê do mestre que nomeiam aí de Jesus ter feito desta forma? Porque ele sabia que se não estivesse conectado a si mesmo, a quem ele era em essência interior não poderia desfrutar da verdadeira felicidade e do verdadeiro poder divino. O mesmo que vive em vocês. Ele sempre dizia aos discípulos quando os convocavam a segui-lo: Abandonem tudo e venham comigo.

Ele bem sabia que nada é mais importante do que a conexão com quem são. E vocês precisam buscar por isso intensamente, com sede e grande vontade. Pois nisso está a solução para todos os vossos conflitos internos. Na exata conexão com quem realmente são.

Mergulhados na solidão estarão enquanto não se conectarem novamente. Sozinho é todo aquele que não anda no caminho do seu espírito. A solidão é parceira do homem que não tem os tesouros de seu próprio eu e não se dá a grandeza de vivê-los.

Procurem por si mesmos, pois em vocês estão todas as respostas e todas as bênçãos que almejam e que realmente merecem. Sentimos que isso é tudo. Haja luz em vós!


Canal: Vinícius Francis
 
 Atualização diária

Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly
* achama.islands.biz.tc/

publicado por achama às 08:46
A Luz está a revelar a Verdade, e esta libertar-nos-á! -Só é real o AMOR Incondicional. -Quando o Amor superar o amor pelo poder, o mundo conhecerá a Paz; Jimi Hendrix. -Somos almas a ter uma experiência humana!

mais sobre mim

Junho 2017

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
23
24
25
26
27
28
29
30

últ. recentes

  • O Sathya Sai Baba ainda está entre nós e vive na Í...
  • Olá, obrigado pelo comentário.Sempre que dermos ou...
  • Sempre que dermos ouvidos à voz que vem do coração...
  • Ola Manuel, muita luz para você ,é a primeira vez ...
  • fale alguma coisa,de mim sou poliana miguel
  • Você fala com anjos ,pede um deles mandar uma mens...
  • A "vida real" é uma ilusão Toda a matéria é formad...
  • Bom dia,reparámos que o seu blog faz uso de textos...
  • O Amor é tudo o que existe e na sua mais pura exên...
  • usando uma metafora descrevendo a vida real, e nao...
  • o odio deve-se à permissao do mal andar entre nós,...
  • Obrigado pelas suas palavras. Fiquei a conhecer po...
  • Adoro este artigo. Já tinha conhecimento do assunt...

blogs SAPO


Universidade de Aveiro