A Chama da Ascensão

pesquisar

 
Sexta-feira, 24 / 01 / 14

A PRÓXIMA ONDA SE ENCAIXA

A PRÓXIMA ONDA SE ENCAIXA

Mensagem de Karen Bishop

23 de Janeiro de 2014.
 
“Para onde foram todos? Estou sozinha aqui! Todos se dispersaram!” “Meu corpo não pode suportar mais nada! Esta pressão é horrível. Com certeza, estarei morta antes que isto acabe.” “Não posso mais fazer este trabalho. Ninguém se importa, assim por que eu o estou fazendo? E estou absolutamente sem apoio!” “Onde estou? Há algo mágico acontecendo. Isto é surpreendente!” “Eu continuo colidindo com a energia de todos! Estou emotiva, emotiva e oprimida com tudo isto. Não consigo respirar!” “Meu tumor desapareceu completamente? Não posso acreditar!””Ai! O demônio deve estar presente. Eu nunca senti tanta energia escura e repulsiva ao meu redor, durante toda a minha vida! Sinto-me como se estivesse no inferno, e sozinha aqui, no alto de tudo!” “Não posso nem mesmo andar agora. Mal consigo me mover. E a respiração? Esqueci-me dela. Estou curvo como um velho e as minhas costas estão me matando!” “Estive experienciando tudo o que eu queria. Isto é surpreendente.” “O que vem a seguir? Estou muito velho para isto, minha vida foi seqüestrada durante anos, e eu já terei ido há muito tempo, antes de tudo isto terminar. Minha vida. Roubada. E para que? Quando isto irá terminar?”
Com tanto agora presente, para alguns, pode parecer como se estivessem de joelhos em um drama infernal , interminável, enquanto que para outros, a vida se tornou mágica, ainda que sofrendo pressões físicas de cima. Em 6 de Janeiro, a primeira onda ancorou na nova grade, e desta maneira, a magia da manifestação e as energias milagrosas começaram a realmente tomar posse. Como mencionado na última mensagem, estamos construindo agora, e desta maneira, os degraus da hierarquia da nova realidade estão começando a se encaixar.
Um degrau se encaixa. Isto impulsiona tudo acima dele, criando mais pressão, pois seja o que for que esteja acima, um degrau recém-fundado se move então para mais perto de Deus, ou seja, o teto de nossa realidade muito nova. Há, então, muito menos espaço e tudo se torna ainda mais espremido do que antes (se isto ainda for possível!) Os degraus recém-estabelecidos começam a experienciar as energias de uma  nova realidade. Nos degraus inferiores, as manifestações de tudo o que já desejamos se tornam muito predominantes. Seja quem for e o que for que esteja residindo nos degraus superiores, experienciam especialmente esta pressão a cada adição de um novo degrau. E a cada pressão adicionada que é criada da pressão que está agora ocorrendo de baixo, assim como de cima, seja o que for que permaneça do velho, é naturalmente expulso também. Mas, ao mesmo tempo, ninguém está completamente livre das energias de pressão e não estarão livres até que todos os degraus estejam firmemente ancorados no lugar.
O que? E quem se importa, neste ponto??!! Meu ânimo acabou e estas longas explicações não vão dar em lugar nenhum! Resumindo: Degraus mais novos e encaixados continuarão a sentir a pressão de cima (estas energias servem para manter tudo no lugar, sem que nada escorregue de volta, até que todos os degraus estejam estabelecidos), mas para aqueles que ainda não chegaram ao seu degrau (ou ao seu novo lar), eles sentirão a pressão de cima e de baixo. Assim, o verdadeiro AI!, agora, especialmente para os precursores.
A hierarquia dos degraus em uma nova realidade depende da correspondência vibracional. A energia existe dentro de uma ordem, e esta é exatamente a maneira que é. Energias de vibração mais elevada existem “acima” das energias de vibração inferior. Desta maneira, novas realidades não são exceção. Cada um de nós veio para esta experiência pré-planejada de onde estaríamos e onde iríamos residir, assim, desta maneira, não há julgamento em relação a isto, pois cada um de nós residirá no degrau que se ajustar as nossas circunstâncias pessoais e ao nosso plano.
Agora, estamos criando esta nova estrutura. Assim, muita coisa está sendo sacudida, desta maneira ou daquela, enquanto as coisas começam a se encaixar. Dispersos, poderíamos dizer. Assim, podemos sentir que todos os nossos amigos, ou seja quem for com que nos importamos, subitamente,não se encontram em lugar algum. E, além disto, não podemos levar muito conosco, pois chegamos a uma realidade muito nova e não estamos também ligados a muita coisa neste ponto. Precisamos estar livres e limpos. Embora possamos nos sentir muito solitários e não apoiados, nesta fase, tudo isto irá mudar muito rapidamente, à medida que continuarmos a progredir.
Enquanto estivermos nas fases de ancoragem, não podemos, possivelmente, saber o que estaremos fazendo e com quem estaremos fazendo ou sendo. Não saberemos disto até  que o pó assente, e até que estejamos ancorados mais plenamente em nossos novos degraus individuais. Agora, enquanto subimos ainda mais, alguns que estão ainda fazendo a transição ao longo da escada, empurram e afastam os remanescentes do velho... velhos padrões de pensamento, comportamentos, qualquer escuridão ou negatividade, e assim por diante. Quanto mais elevado escolhermos residir, mais precisará ser removido de dentro de nós, e quanto mais  nos elevarmos durante o processo de reestruturação, mais precisará haver uma correspondência com isto. Assim, a cada  adição de um novo degrau, pode parecer como se o próprio demônio estivesse vomitando a partir daqueles ao nosso redor, e, talvez, até a partir de nós mesmos também.
Agora, estamos sendo solicitados a realmente estarmos seguros do que realmente queremos. Como queremos que seja a nossa vida. Às vezes, durante este processo, quando os nossos corpos estão aparentemente definhando e quando imaginamos como podemos até mesmo ter mais fôlego, é importante que tenhamos pensamentos sobre o que queremos e não o que tememos, pois as atuais energias estão apoiando os nossos pensamentos, ainda que, aparentemente, em um segundo plano distante.
Embora os degraus inferiores estejam sendo encaixados antes dos degraus inferiores, podemos ainda sentir e experienciar um pouco desta energia mágica, seja onde for que estejamos residindo. Desta maneira, o que escolhermos focar, poderá fazer uma diferença. E se estivermos muito cansados e esgotados, desorientados, exaustos e vazios de quaisquer pensamentos, ou não possamos nem mesmo nos lembrar das palavras ou de seus significados, podemos simplesmente dizer: “Levante-me, Deus. Levante-me!” E permitam que Deus e os anjos celestiais nos levem ao nosso próximo destino.
Quando estamos mais lá do que aqui, ou seja, mais em transição e mais próximos da nova realidade, do que do velho mundo, tentar fazer o nosso trabalho anterior pode começar a se tornar uma façanha  impossível. Podemos perceber que nos iluminamos e adquirimos mais energia, enquanto no espaço dos nossos novos empreendimentos (se soubermos quais eles são), e nos tornamos um recipiente vazio e extenuado no velho. Isto é porque não mais estamos lá. A maior parte de nós já fez a transição.
A partir desta mensagem (e as coisas podem sempre mudar e muitas vezes, mudam), a maioria, se não todos os degraus da nova realidade, estarão encaixados, em torno de Fevereiro de 2014. Após chegarmos mais plenamente, e nos ajustarmos ao nosso novo, saberemos então o que será nosso para fazer e ser. Aqueles nos degraus superiores da nova realidade começarão o seu serviço para aqueles nos degraus inferiores, pois a vida em qualquer cosmos nunca deixa de continuar a evoluir. Assim, embora possamos, finalmente, encontrarmo-nos em algum lugar novo e diferente (e para aqueles que estão mudando geograficamente, as coisas finalmente se organizam para uma mudança), e as energias mágicas estarão ainda presentes, continuaremos ainda a servir à humanidade, pois ajudaremos com a integração de Deus com todas as coisas presentes.
Ontem, eu achei por acaso uma parte do “Recordando o Propósito de sua Alma”, meu primeiro livro de há muito tempo!Ele  reflete a nova unidade que encontraremos quando alcançarmos o nosso próprio degrau na escada da nova realidade. Isto me ajudou a lembrar da unidade com os irmãos e irmãs, especialmente em um momento em que estamos aparentemente tão distantes, ainda que isto seja simplesmente uma manifestação de nossa fase atual.
Do meu coração para o seu,
Karen
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Por favor respeite todos os créditos.
 
 
 Atualização diária
Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly * achama.islands.biz.tc/ * achama.webs.com  
publicado por achama às 17:10
Sábado, 11 / 01 / 14

A ESPERA NO VAZIO

A ESPERA NO VAZIO

 

Mensagem de Karen Bishop

 
10 de Janeiro de 2014.
 
As energias de mergulho profundo criaram um novo nível de vazio, e se alguns pensaram que estavam tão vazios quanto uma pessoa poderia estar, eles foram esvaziados ainda mais. Estas energias penetraram mais e mais profundamente, enquanto elas empurravam e liberavam toda a densidade que foi deixada dentro de nós, abrindo o caminho para que a luz de uma nova era nos preenchesse novamente.
“Subitamente eu me esqueci de tudo! É como se tudo em meu cérebro de repente desaparecesse. Não posso encontrar nada lá!” Ou, talvez: “Para onde foi todo o meu planejamento e as minhas criações? Há um momento eu estava avançando a toda velocidade e agora tudo chegou a um terrível impasse! Não posso achar nada! Onde estou agora?” Ou, talvez... “Eu nunca me senti tão tranqüilo e centrado. Nada tem qualquer significado. Tudo apenas é.” E, ainda novamente: “Esta pressão está me matando! Sinto como se as minhas vísceras estivessem sendo esmagadas sob mil toneladas de pressão! E eu estou tãããoooo exausta! Tudo o que eu posso fazer aqui é me deitar e gemer. Ugh! Ou, finalmente: “Sinto como se alguém pegasse um apagador gigantesco e me apagasse. Como se alguém tivesse me eliminado da face da Terra, tivesse arrancado cada pedaço meu e agora eu realmente não tenho idéia de onde eu pertenço ou o que está acontecendo no mundo. E falo sozinho. Não restou absolutamente nada com o que me conectar, e é como se eu não pudesse falar a ninguém sobre tudo  isto. Eles me considerariam louco e me trancariam. Uma dica sobre isto, uma palavra apenas: “ascensão”.
Dependendo de onde cada um de nós está na fila, enquanto continuamos a nos alinhar para atravessar o limiar para uma nova realidade, as nossas experiências podem ser variadas: “Lembro-me de quando estive nesta fase”. Podemos nos lembrar enquanto ouvimos o lamento do outro. Assim, para alguns é isto, para outros é aquilo.
Quando passamos para 2014, desencadeamos uma série de atividades, desde vórtices polares até círculos da colheita, visualizações de OVNIs aqui na Califórnia, e explosões solares. E, ao mesmo tempo, começamos um mergulho de nariz nos despenhadeiros mais profundos que já experimentamos até agora. Cavando e cavando, nós tocamos com o nariz tudo o que permaneceu nas correntes subterrâneas (ou nas fases inferiores) de nosso trabalho anterior, tocamos as energias antigas e há muito existentes (talvez até de outros, que não eram nem mesmo as nossas), dentro de nós que estavam prontas para uma liberação, e, é claro, desalojadas de toda a escuridão e que ainda estavam à espreita, procurando energias correspondentes dentro de nós.
Enquanto tudo isto está ocorrendo, estamos também experienciando o início do alinhamento, de uma natureza mais exata. Embora tenhamos sido incentivados a avançar tanto quanto possível com aqueles que estão ligados a nós através de laços de longa data, estamos agora, basicamente, no final desta fase. Precisávamos plantar as sementes para o futuro. Sem portas fechadas aqui. Mas, em alguns casos, outras portas estão começando agora a se fechar, e para alguns, o isolamento foi um sustentáculo por algum tempo. Desta maneira, podemos nos perceber agora nos afastando de amigos e de outros que estiveram em nosso círculo imediato. Os prazos para todos estes relacionamentos que estão sempre em mudança podem parecer mudar para muitos de nós, mas há, no entanto, um padrão ocorrendo.
Nos últimos anos, estivemos em uma fase que estava forçando alguns precursores a esperarem e diminuírem o ritmo para dar aos outros uma oportunidade para que estes pudessem alcançá-los. Os precursores, então, foram tratados muito mal, enquanto outros os ignoravam e avançavam rapidamente. Depois de algum tempo, foi dado um tempo suficiente e novas energias da ascensão chegaram, de fato, o que afetou a todos, a algum grau. Durante todo este período, uma grande parte da ascensão continuou, o que envolvia deixar a maior parte de tudo para trás e ser despojado de quase tudo, pois não podemos realmente levar nada conosco quando morremos, ainda que estejamos em um corpo físico.
Assim, então, para alguns, eles foram isolados, despojados e proibidos de participar de muitas coisas do que uma sociedade normal é composta (mas com toda a deterioração, e por causa de toda a perda e o colapso, não havia nenhum lugar para realmente ir que parecesse remotamente confortável). Assim, para os pioneiros e para aqueles que estavam preparados por volta de 2010, tem sido um longo período de nada. Um trecho muito longo. Resumindo a história, estamos agora em uma fase muito diferente e esta é a fase de escolha.
Porque estamos nos preparando para um cruzamento e uma transferência, os indivíduos estão agora sendo posicionados. O portal foi fechado em relação a nossa fase anterior. O tempo acabou. Esta fase terminou. Desta maneira, podemos nos perceber nos afastando de alguns dos nossos amigos ou conhecidos, e nos ligando mais estreitamente com outros. Quanto aos laços familiares e relacionamentos, podemos ter agora recebido o sinal de “conclusão”. Chegamos ao fim com estes relacionamentos de longa data, indivíduos que receberam o tempo suficiente e que não são capazes de evoluir, e estamos agora livres para avançarmos. Com outros, podemos ter percebido se desenvolvendo um vínculo novo e diferente que se equipara mais plenamente ao que será necessário na próxima realidade. Assim, algumas portas estão se fechando agora e outras estão se fortalecendo, dependendo de onde cada um de nós está residindo na fila.
Mas, há outros portais também. Alguns indivíduos estão desejando uma vida dos seus sonhos, em um mundo de sua criação, onde eles possam fazer o que lhes agradar, e outros que estiveram lá e fizeram isto, estão agora preparados para uma vida como servidores de Deus, com uma consciência elevada e um dever com o todo.
Então, agora, estamos na fase de seleção, onde os indivíduos estão colocados em prontidão para um novo posicionamento. Esta é a parte final da fase de deliberação. O último grito de alegria, a palavra final, e assim, os imensos sentimentos de vazio que alguns estão experimentando. Deixamos muita coisa de lado. Sabíamos que não poderíamos levar nada conosco. E nada tendo, muita coisa que agora reside em nossos cérebros não poderia ser mais perfeita. É assim que Deus quer que estejamos em preparação para  a Sua chegada. Estamos no final da estrada, não restou muita coisa de nós e estamos preparados.
 
“Ser espiritualizado é ser tomado por uma compulsão misteriosa e divina para manifestar algum aspecto de força mais profunda da vida. Tornamo-nos mais quem nós somos quando permitimos que o espírito  nos desagregue, alterando os nossos planos e entendimentos, recriando-nos a partir de nossas próprias bases. Nada é mais desafiador, nada menos sentimental, do que o convite do espírito para que nos tornemos quem nós somos e não quem pensamos que deveríamos ser.” – Thomas Moore
 
Estamos assim, em um período de espera, embora em um grande vazio. Não podemos ir além, pois os nossos novos espaços estão atualmente em preparação. Se tentarmos criar qualquer coisa nova, ou mesmo resolver aparentemente qualquer coisa sob qualquer condição, não importa o que isto envolva, é provável que nos lancemos contra uma grande parede, impedindo-nos de qualquer tipo de resolução. Estamos sendo proibidos de começar qualquer coisa nova, de nos agarrarmos a algo novo, de pularmos em novos empreendimentos com os dois pés. Porque não é o momento ainda, seríamos expulsos novamente. As coisas estão ainda em evolução durante o período de escolha. E nisto, nossos novos espaços serão muito melhores, teremos muito mais oportunidades, e muita coisa será diferente e assim ficaremos felizes por termos esperado. Assim, embora possamos nos sentir presos e até estagnados, estamos exatamente onde precisamos estar.
 
“Quando você entrar em um espaço apertado e tudo for contra você, até parecer que você não poderia continuar mais um minuto sequer, nunca desista, pois este é o lugar e o tempo em que a maré irá virar” – Harriet Breecher Stowe
 
Enquanto estamos sendo reposicionados e alinhados para o nosso avanço, estamos ainda na aparente misericórdia das energias de impulso e pressão que estão nos mantendo no lugar, de modo que não retornemos aos nossos degraus anteriores, em nossa escada para o céu. E com as últimas energias de mergulho profundo, podemos querer saber como podemos continuar com uma série de limpezas aparentemente intermináveis.
Mas quanto mais nos aproximamos do outro lado, onde a energia de Deus se torna mais visível do que nunca, quando tanto tem sido agora afastado, mais nos tornaremos divinos. E nisto, iremos encontrar uma nova força. E esta é a força de Deus.
 
Do meu coração para o seu,

Karen
 
“Há um espaço em você onde a força de Deus permanece”
 
 
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Mais artigos em português da Karen
 
 Atualização diária
Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly * achama.islands.biz.tc/ * achama.webs.com  
publicado por achama às 01:21
Quinta-feira, 09 / 01 / 14

MERGULHO PROFUNDO

MERGULHO PROFUNDO

Mensagem de Karen Bishop

 
7 de Janeiro de 2014
 
As energias implacáveis de limpeza de Dezembro finalmente cessaram, deixando-nos novamente na pressão normal de longa data que continua a se prolongar, e quanto a isto, esta escritora é muito grata. Que mês desafiador! No momento em que Dezembro terminou e nos encontramos na nova terra de 2014, e ainda que as energias de impulso diminuíssem a um grande grau neste período, nós, imediatamente, fomos lançados em um mergulho profundo nos abismos do que foi deixado.
 
Cortando e cauterizando, as energias avançaram em uma tentativa de capturar o que permanecia, e para aqueles que já deixaram ir o tanto quanto puderam, não restou muito a ser cauterizado. A própria Terra sentiu estas energias também, pois as áreas que são geralmente frias durante esta época, passaram por um frio recorde e as áreas que são geralmente mais quentes experienciaram um calor recorde. O pêndulo oscilou da maneira que foi apropriado, e desta maneira, o pêndulo foi bem fundo, em uma tentativa de desenterrar o que restou nos níveis mais profundos.
 
Enquanto as energias continuavam a penetrar intensamente, para alguns de nós, os nossos antigos papéis, trabalhos e espaços surgiram de maneiras estranhas e surpreendentes, mostrando-nos onde costumávamos estar e expondo o velho como um lembrete de até aonde chegamos. Mas eles também emergiram, de modo que pudéssemos nos conectar com eles novamente, a fim de reunirmos as energias antigas e nos certificarmos de que nada fora esquecido.
 
O plano anterior da ascensão envolvia um segmento da população indo à frente do bloco e criando o novo em um espaço limpo e purificado. Havia um severo elemento de seleção e de separação com ele. Desta vez, o plano é muito diferente. Para aqueles que se encontram muito à frente agora, depois de liberar muito, eles serão continuamente lembrados a permanecerem  conectados com os outros mais abaixo na escada da ascensão. Em 2010, o plano alcançou um impasse e fracassou, porque estavam somente alguns seletos nos degraus superiores e não havia ninguém abaixo deles para apoio. Desta vez, as coisas estão sendo realizadas, de modo que isto não ocorra novamente. Se vocês estiveram cansados e esgotados de fazer aparentemente tudo sozinhos, é bem provável que estivessem posicionados em um degrau superior durante este período e estão agora ansiando por parcerias.
 
Assim, a primeira semana de 2014 nos manteve encasulados na energia aconchegante, e desta maneira, estávamos aninhados firmemente e aparentemente impedidos de nos conectarmos com alguma coisa, incluindo nossos irmãos e irmãs. 
 
Mas, agora que fomos liberados, as conexões podem retomar. Com avaliações sendo feitas no início de 2014, estamos sendo agora incentivados a continuar a reparar quaisquer cercas que permaneçam, e as energias de mergulho profundo estão nos ajudando desta maneira. Devemos avançar. Estamos recebendo outra oportunidade de moldar as conexões com quem e com o que estiver continuando a chegar aos nossos espaços e que continuarão a chegar até que as conexões necessárias sejam feitas e fortalecidas.
 
Acham que já estão quites com esta pessoa e que precisam avançar?Pensem novamente. Estamos sendo solicitados e estimulados a criar um relacionamento amoroso e contínuo com o outro, não importa as nossas diferenças e ainda que o“outro” tenha sido rude e possa somente se ver. Devemos aceitar o outro. Devemos aceitar a energia do todo.
 
Assim, é ainda mais obrigatório do que nunca que nos conectemos uns com os outros, com amor e reverência. Isto é o que unirá a nova realidade. E é isto que nos conectará mais plenamente com Deus. 
Quanto mais falharmos nisto e permanecermos separados, na energia do “EU”, mais tempo o processo da ascensão continuará. Esta única experiência, este contínuo fenômeno de irreverência pelo outro, é o que sempre esteve na essência do fracasso do processo da ascensão. Continuaremos a permanecer atrás e continuaremos a ter oportunidades de nos conectarmos com o outro mais plenamente, até que esta parte do processo tenha alcançado os níveis que ele precisa alcançar.
 
“Se dois de vocês se unirem na Terra, seja qual for a coisa que pedirem, meu Pai, que está no céu, fará. Pois onde dois ou três se congregarem em meu nome, lá estarei com eles” – Mateus 18:19-20.
 
Enquanto tudo isto está ocorrendo, estamos continuando a construir. Peça por peça e centímetro por centímetro, estamos descobrindo a energia do nosso novo... e na maior parte do tempo, a nova parte a que nos encontramos conectados, vem de um dos nossos irmãos e irmãs. Estamos construindo a base da nova realidade através de nossas conexões com os outros. E quando estas conexões contêm a energia de Deus, enquanto continuamos a ser esvaziados a fim de incorporarmos mais plenamente esta energia, os milagres ocorrem.
 
“Para o homem, isto é impossível, mas não para Deus. Todas as coisas são possíveis para Deus” – Marcos 10:27
 
A energia de Deus é mais poderosa do que qualquer energia que possa estar nos envolvendo em um determinado momento. Se pudermos abandonar os nossos medos de que algo tenha nos atacado, de que alguma outra força esteja retendo o nosso processo e impedindo a nossa evolução, saibam nos recessos de seus corações que Deus está no comando e que tudo está sob completo controle, e assim poderemos continuar mais facilmente e participarmos condescendentemente do processo.
 
“Estou convencido de que nada poderá nos separar do amor de Deus. Nem a morte e nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as virtudes, nem os nossos atuais medos, nem as preocupações futuras, nem criatura alguma  poderá nos separar do amor de Deus” – Romanos 8:38-39.
 
O amor de Deus continua a nos chamar e nunca cessará. É este amor que está dirigindo o show e que nos mantêm no caminho certo. É este amor que sempre aí estará quando grande parte de tudo já tenha partido. E é este amor que mantém a energia do Lar, do que sempre conhecemos e do que continua a se fazer conhecido no horizonte próximo.
 
O ar de Dezembro finalmente clareou. Podemos estar sentindo uma nova liberdade com mais espaço para vagar. Podemos ser capazes de respirar com mais facilidade agora. E nesta nova liberdade e espaço, estamos ainda no caminho certo, abrindo o nosso caminho para uma nova realidade, enquanto continuamos a construir a nova base.
 
Do meu coração para o seu,
 
Karen
 
 
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Mais artigos de Karen em português: 
 
 Atualização diária
Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly * achama.islands.biz.tc/ * achama.webs.com  
publicado por achama às 02:06
Quarta-feira, 01 / 01 / 14

A ENERGIA ACONCHEGANTE, O VAZIO E O REINÍCIO

A ENERGIA ACONCHEGANTE, O VAZIO E O REINÍCIO

Mensagem de Karen Bishop


31 de Dezembro de 2013.
 
Saudações e Bem-Vindos!


O PROCESSO DA ASCENSÃO teve, em sua essência, um foco e intenção principais de esvaziamento. Esvaziando e perdendo padrões energéticos interiores, esvaziando cabeças e pensamentos, até formas de trabalho, o processo fez um grande trabalho de limpeza do velho.
 
Após o advento do Equinócio, em Setembro de 2013, começamos a construir também, mas ainda assim, até alcançarmos a fase onde preencheremos mais plenamente este vazio com a luz do novo, poderemos continuar a experienciar grandes sentimentos de vazio. Podemos estar construindo novas camadas da nova grade e colocando uma nova base no lugar, mas para muitos de nós nos degraus superiores da nova realidade, permanecemos ainda vazios e ocos a algum grau, enquanto nos preparamos para a chegada do novo.
 
Quanto mais vazios ficamos, mais luz seremos capazes de incorporar nos próximos tempos. Se ainda nos encontrarmos ainda nos sentindo desorientados, sozinhos e desconectados, podemos, pelo menos, encontrar conforto em saber que quanto mais vazios nos percebermos e mais desconectados e afastados de tudo o mais nos tornarmos, mais preparados estaremos quando nos preenchermos com a energia de Deus e da nova realidade.
 
"A maneira mais poderosa de rezar,  aquela que é capaz de obter qualquer coisa e é mais meritória, é a que deriva de uma mente vazia. Quanto mais vazia a mente, mais poderosa, útil e perfeita será a oração. O que é uma mente vazia? É aquela que não é perturbada nem alterada por nada, que não se apegou a qualquer modo especial de vida ou de devoção, e que não procura o seu próprio bem em nada, mas que está completamente imersa na preciosa vontade de Deus, e não na sua.” (Mestre Eckart).
 
Este vazio... este eu agora oco... foi criado para abrigar a suavidade da nova energia que esteve se tornando conhecida aos poucos nestes últimos meses. A energia de Deus é sempre silenciosa. Ela sussurra e cutuca. Ela chama de maneiras tranquilas e serenas. Ela parece afável e familiar. E ela toca os nossos corações com o seu suave lembrete do Lar: “O Lar está aí”, ela diz, “onde a paz e a tranqüilidade irão prevalecer, aonde a aceitação e a gratidão irão a tudo permear, onde a reverência definirá o ar que respiramos e onde o amor e o apoio irão brilhar intensamente.” Ela não é desarmônica e nem impertinente, não é desagradável ou impetuosa, nem impõe nada. Ela nos apóia e nos preenche com uma enorme segurança. Não há nenhum perigo, escuridão e nem resistência. A familiaridade do Lar é onde pertencemos e ela continua a nos deixar saber que isto é assim. Somos extremamente reverenciados aqui, estimados e recebidos, além das palavras. Estamos, de fato, começando a chegar à energia do novo.
 
Sentirmo-nos vazios é a maneira que foi pretendida. Temos nos sentido como um grande nada nos últimos meses enquanto o processo continua, deixando-nos aparentemente em estados de invisibilidade com o vazio na essência e nada que nos defina. Mas é dentro deste vazio que as paredes estão ruindo e vemos que nós somos realmente todos um.
 
“Quanto mais incerto eu me sinto a meu próprio respeito, mais cresce em mim o sentimento de afinidade com todas as coisas.”
C.G.Jung

Nos últimos dias, estivemos também experienciando a energia do aconchego. Esta energia é ainda tão tranquila, serena e calma, que nos sentimos mais desconfortáveis do que nunca exatamente onde estamos, e é assim que foi pretendido. A energia do aconchego chega de modo que não sejamos tentados a avançar ainda. Ela nos envolve com contentamento, dando-nos sentimentos de permanecermos parados, de sermos felizes onde estamos. Ela está nos desencorajando então, de nos afastarmos de nosso atual espaço. Esta fase chega sempre imediatamente antes de um grande avanço. Há tantas coisas ocorrendo em preparação para a nossa chegada, que precisamos ficar retidos, até que todas as coisas sejam organizadas. Avançarmos agora nos colocaria em uma zona de caos. Estamos sendo protegidos.
O Reinício é uma fase que tem sido comum para a ascensão por muitos anos e ocorre imediatamente antes de um grande movimento para algum lugar muito vasto e novo. Quando estamos na fase de reinício, podemos nos sentir extremamente letárgicos, apáticos, não nos preocupando com nada e nada querendo fazer, e isto é o que é pretendido também, pelas mesmas razões acima afirmadas.
 
“Nada a ser feito” – Samuel Becket
 
Muito está sendo feito para nós, e por causa disto, nada precisamos fazer. Estamos em um espaço surpreendente, no momento, com o processo da ascensão, e, desta maneira, temos uma enorme quantidade de ajuda a nossa disposição. Precisamos apenas descansar, permanecermos em nosso centro tranqüilo e permitir que as energias e as multidões de anjos, agora presentes nos levem.
 
“Seja suave em sua prática. Pense no método como uma suave corrente prateada, e não como uma cachoeira impetuosa. Siga o fluxo, tenha fé em seu curso. Ele seguirá o seu próprio caminho, serpenteando aqui, escoando lá. Ele irá encontrar os sulcos, as rachaduras, as fendas. Apenas o siga. Nunca o perca de vista. Ele irá levá-lo.” – Sheng-yen
 
Enquanto continuamos a nos preparar para a nossa chegada, para um espaço mais vasto e extenso, nossos corpos estão, é claro, ajustando-se ao novo ambiente, também. Além da contínua presença das energias de impulso e de pressão que continuam a nos manter no lugar, sobrecarregando intensamente os nossos corpos exaustos e oprimidos, chegou agora uma energia de preparação da ancoragem. Pés e pernas podem se contrair, doer, dores nos nervos e inúmeros outros sintomas podem ocorrer, enquanto nos ajustamos ao alicerce do novo. E, para muitos, as energias da fraqueza, da exaustão e do esgotamento estão ainda conosco também.
 
Podemos estar incrivelmente esgotados neste ponto, mas é dentro desta fadiga que Deus pode entrar e nos mostrar o caminho. Sim, podemos nos sentir vazios e com uma estranha sensação de nulidade, além da sempre suave presença de Deus, mas é dentro deste vazio que Deus pode entrar. O IChing diz para encontrarmos a nossa força na vulnerabilidade, e este é certamente o caso, à medida que avançamos. Esta quietude, este vazio e este espaço de aparente nulidade é um tremendo marco para o processo da ascensão e nos está dizendo a que distância chegamos.
 
Jesus disse aos seus discípulos: “Comparem-me a algo e digam-me como sou.”
Simão Pedro lhe disse: “Você é como um anjo.”
Mateus lhe disse: “Você é como um sábio filósofo.”
Tomás lhe disse: “Mestre, a minha boca é absolutamente incapaz de dizer como você é.”
O Evangelho de Tomás
 
Do meu coração para o seu
 
Karen
 
 
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Mais artigos da Karen em português: 
 
 Atualização diária
Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly * achama.islands.biz.tc/ * achama.webs.com  
publicado por achama às 00:19
Quarta-feira, 25 / 12 / 13

A LIMPEZA INTERMINÁVEL

A LIMPEZA INTERMINÁVEL

Mensagem de Karen Bishop


25 de Dezembro de 2013.

O trabalho de parto tem sido longo, e agora que estamos próximos do fim, as contrações que estão nos impulsionando para a Luz no fim do túnel, estão se tornando cada vez mais próximas umas das outras. Estamos nos movendo tão rapidamente agora, que literalmente não temos tempo de recuperarmos o fôlego, antes da próxima série de energias de limpeza e de purificação que chegam. As ondas e fases são implacáveis, mas é dentro destas ondas de energia implacáveis que o nosso futuro é mantido... e é um futuro que podemos agora  começar a ver, enquanto elas continuam o processo de tomar posse do velho.
 
O pequeno despontar da luz que fomos capazes de vislumbrar em momentos espontâneos, nos últimos meses, transformou-se agora em uma grande abertura, e esta abertura continua a crescer e a se expandir, quanto mais avançamos. Dependendo de como cada um de nós está conectado com a Fonte, as limpezas e a liberação podem se manifestar de inúmeras maneiras. Desde calafrios, a dores intensas no corpo, vômitos, extrema fraqueza e exaustão, até enxaqueca e sinusite, a dores nas costas, estamos integrando, realinhando e liberando agora, enquanto entramos na Luz mais plenamente.
Esta tem sido uma longa jornada, assim exposto, e esta pressão que estamos experienciando no mês de Dezembro, pode parecer demasiada para suportarmos depois de um processo tão longo e difícil. Pode ser difícil manter as nossas cabeças eretas, pois no minuto em que completamos uma fase, dentro de horas, somos bombardeados pela seguinte. Contudo, há a escuridão antes do amanhecer, ainda que possa ser difícil ver o que está realmente acontecendo, quando tanta escuridão e muitas coisas estão sendo liberadas do nosso interior e ao nosso redor.
É agora que podemos invocar a nossa fé para nos impulsionar. Deus está, inquestionavelmente, no comando, e há tantos anjos ajudando agora, que eles estão, literalmente, envolvendo o nosso ambiente com a sua presença.
 
“Ouvi, ó Deus, a minha súplica,
Atendei a minha prece.
Dos confins da Terra a vós clamo,
No abatimento do meu coração
Elevai-me sobre um rochedo, dai-me descanso.” – Salmo 61:1-2.
 
Com tanto auxílio do Alto, agora a nossa disposição, uma simples prece pode ajudar a mudar as coisas quando nos sentirmos oprimidos por todo o caos, a comoção e a escuridão que nos envolve. “Ajude-me, Deus, ajude-me para que eu possa ser tudo o que for preciso”. Eu fiz isto em inúmeras ocasiões e isto pode mudar muito as coisas em tempo recorde.
Por estarmos agora tão próximos a uma nova realidade, nossos novos papéis estão sendo colocados em prática também. Com tantos impactos ao nosso redor, o novo que está se formando ao lado, pode ser difícil de ser detectado ou acompanhado, ainda que as mensagens e toques se tornaram quase impossíveis de não serem percebidos. Os anjos estão trabalhando conosco. Eles estão colocando importantes pistas e indícios em nossa linha de visão e em nossos espaços, para que não possamos perder o seu significado. E, se pedirmos em uma base regular, eles auxiliarão, muitas vezes, em questão de minutos
Não temos que fazer esta última fase, sozinhos. Temos multidões de anjos apenas esperando que os invoquemos. E se ficarmos muito fracos, esgotados, exaustos ou cegos por tanta escuridão ao nosso redor (estamos em uma intensa limpeza agora), eles ficarão mais do que felizes em assumir. Pode parecer que, de alguma forma, fomos abandonados durante este tempo estressante, e em nossa fadiga possamos ver apenas uma série de pegadas diante de nós, talvez nos fazendo sentir sozinhos e até temerosos. Mas, enquanto a história continua, aquelas pegadas não são nem mesmo as nossas. Nossas pegadas mal tocam o chão nesta fase. As pegadas que vemos são as pegadas dos mensageiros de Deus, pois estamos sendo carregados e arrebatados por grupos de anjos celestiais. Eles estão amorosamente nos garantindo de que chegaremos ao outro lado, se sentirmos que simplesmente não podemos fazê-lo sozinhos.
 
Como alguns de vocês sabem, eu tenho vários netos, dois dos quais são gêmeos de 5 anos. O gêmeo mais jovem, Solomon, é uma alma muito velha e o meu companheiro mais próximo, pois compartilhamos um laço especial. Uma de suas áreas de habilidade, ou propósito de vida e dom, é o aprendizado, a educação e o ambiente escolar. Como um gêmeo, ele compartilha uma energia comum com o seu irmão. Desta maneira, estes meninos estão raramente, se nunca, no mesmo espaço em relação às emoções, atitudes e crescimento. Um é feliz e cooperativo, enquanto o outro é o oposto e então eles se desentendem. Nos últimos dois anos, Solomon esteve em uma pré-escola e agora em uma sala de jardim de infância, onde o professor tem estado ausente por um extenso período de tempo, ou faltando nas habilidades do ensino. Solomon ficou fora de si, com confusão e sentimentos de estar deslocado e desinteressado ao que se refere à escola e ao aprendizado. Ele esteve desorientado, confuso e não ancorado. Quando eu cheguei a sua pré-escola no ano passado, como voluntária em sua classe, as lágrimas caíram e ele me implorou para tirá-lo. Nós tentamos transferi-lo, mas continuamente encontramos obstáculos. Após algum tempo, ele se resignou à situação e simplesmente se tornou quieto, recusando-se a falar ou a interagir.
 
Antes que este ano do jardim de infância começasse, fomos a uma pré-visita às salas de jardim de infância. Solomon sendo muito sensível (embora forte também, pois estas novas almas são uma associação de ambos), ele estava mais amedrontado, pois esta era uma grande escola agora e ele não sabia o que esperar. Depois de apenas alguns momentos, ele se recuperou, um largo sorriso surgiu em seu rosto e ele ficou mais confiante. Isto foi, afinal, o cenário que ele, inatamente, bem conhecia. Assim, o primeiro dia de escola chegou e ele ficou firme e forte em seu propósito e preparado para uma experiência maravilhosa. ERRADO.
 
Em um breve período de tempo, ele soube que ele não estava onde pertencia e quando ele chegou em casa, ele estava mal humorado, desorientado, assustado e se recusando a retornar à escola. Seu irmão gêmeo, por outro lado, teve agora o seu segundo ano, com um excelente professor e continuou a evoluir e a se sobressair. Tivemos que passar muito tempo com preocupações com o irmão de Solomon, pois ele não pode se concentrar bem, ouvir ou permanecer nas tarefas. O oposto de Solomon, nós nos preocupávamos com o fato de que ele sempre teria problemas na escola. Embora, nós o amemos ternamente, estávamos, contudo, preocupados.
O irmão gêmeo de Solomon teve professores extraordinários nos dois últimos anos, tendo recebido inúmeros prêmios, superando em muito as nossas expectativas, sendo que Solomon está agora atrás, academicamente (ainda que a sua mãe trabalhe com ele, independentemente). Não podemos acreditar, e estamos muito impressionados que um irmão com quem pensávamos que sempre teria problemas, está agora evoluindo e tem ido bem além do que o considerávamos capaz.
 
O que estava realmente acontecendo aqui, e isto era tão trágico quanto parecia? Bem, na verdade, eu chorei junto com Solomon! Foi comovente!
Antes do Jardim da Infância, minha filha e eu fizemos uma prece para que todas as crianças recebessem bons professores ou mestres, que se adequassem as suas necessidades. Imediatamente, o meu guia apareceu e afirmou que ainda que pudesse parecer de outra forma, as crianças seriam colocadas em classes onde elas pertenciam. Assim, então, por que Solomon continuou a ser colocado em classes onde ele não era apoiado e o seu irmão, o oposto?
 
Almas mais velhas estão atualmente no banco de trás, de modo que outras almas possam alcançá-las, serem apoiadas, ancoradas e encontrarem os seus lugares, de modo que as almas mais antigas possam então ficar no alto delas. Solomon tem a capacidade de compreender, incorporar e ancorar em um instante, tão logo as energias mais elevadas cheguem para apoiá-lo. Seu irmão, por outro lado, não tem esta habilidade, e por causa disto, ele está sendo apoiado agora, de modoque adquira uma identidade intacta, própria e que seja adequada. Ele esteve no processo de se firmar em uma identidade forte e positiva que servirá para mantê-lo seguro em tempos futuros. Almas mais antigas se sacrificam repetidamente para o bem do todo. Mas, saibam também, que as almas mais antigas, assim como Solomon, podem mudar em um instante, de acordo com as energias presentes.
 
Ainda que possa parecer como se muitos de nós tivéssemos sido abatidos, abusados, pisoteados, retidos, tivéssemos situações intermináveis de saúde, a partir das energias da ascensão, e às vezes, tenhamos nos sentido ignorados, isto foi necessário, de modo que os degraus inferiores da escada da ascensão e da nova realidade pudessem ser colocados no lugar.
 
 As almas mais antigas (e a maior parte de vocês que lê isto, são velhas almas), têm a habilidade de manter uma quantidade substancial de energia interiormente (e isto é porque também respondemos às energias da maneira com que o fazemos, quando outros podem nem mesmo perceber!). 
 
Quando todas as limpezas diminuírem, e percebermos que estamos um pouco mais vazios interiormente, manteremos em breve a luz de uma realidade muito nova dentro de nós. Pois, alguns de nós, com corpos e espíritos sucumbidos, a partir de muitos meses deste processo, iremos instantaneamente reviver, quando alcançarmos o nosso destino pretendido. E para as almas precursoras, os estados vazios e temporários de ser, estiveram acontecendo por um tempo muito longo.
Haverá um fim. Ainda que possa parecer que este processo tenha continuado eternamente, certamente haverá um fim. 
 
Estamos rapidamente alcançando um tempo agora, onde haverá o suficiente no lugar, de modo que novos padrões da realidade comecem a se formar e a se firmar, dando-nos algo novo em que ancorarmos e nos permitindo começar a criar um mundo totalmente novo. Então é que voaremos, realmente. Como finalmente alcançamos um novo limiar ao longo do equinócio de Setembro, estamos agora na fase de construção. Estamos, literalmente, construindo a nova realidade agora, um bloco de energia em cima do outro, enquanto o velho continua a se desintegrar ao lado dele. As peças do novo estão continuando a chegar para nós, ainda que estejamos ainda passando por uma limpeza, a fim de estarmos preparados para uma nova ancoragem.
 
Atualmente, estamos realmente no meio disto, enquanto nos aproximamos de uma importante linha de chegada. Manter a nossa fé intacta agora pode nos ajudar intensamente através destas últimas fases.
 
Estamos desprendendo o velho tão rapidamente agora, que temas comuns estão continuando a se tornar conhecidos. Nossas antigas responsabilidades como “trabalhadores da luz” estão diminuindo rapidamente, e pode ser de grande ajuda continuar a nos lembrarmos do que cabe a nós para fazermos e o que não é mais nosso. “Esta é a minha responsabilidade?”, podemos perguntar ao longo do dia. A maior parte das vezes, não é. Estamos liberando e devolvendo toda a energia e as responsabilidades que mantivemos ao planeta, pois não estaremos levando nada disto conosco para a nova realidade.
 
Estamos também entrando em um novo esquema de declararmos inflexivelmente o que é que queremos e o que precisamos. Estamos nos preparando... preparando-nos para nos estabelecermos em um terreno muito novo.
 
Enquanto continuamos a nos prepararmos e a liberarmos o velho, as conexões que envolvem a eletrônica estão também sendo afetadas, pois elas se portam mal e estranhamente, com uma aparente inabilidade de se conectar; conosco em uma extremidade e seja o que for e com quem, na outra extremidade.
 
Se prestarmos atenção, perceberemos que seja como for que estivermos sendo internamente, iremos imediatamente manifestar no exterior. Com tudo o que está acontecendo, pode ser um despropósito nos concentrarmos em nossas próprias emoções e energia interna, mas se formos capazes de realizar esta façanha, perceberemos que as coisas seguirão de forma muito mais suave para nós.
Há muita coisa ocorrendo ao mesmo tempo agora, em uma grande agitação de energia, enquanto nos aproximamos da linha de chegada. Manter a nossa fé e esperança vivas, podem ser grandes companhias nesta jornada. Mas, em última análise, será o amor que mantém coroa, e ao redor do qual todas as coisas giram, e o que estimamos mais do que qualquer outra coisa, poderemos encontrar ao longo do caminho e em nossos espaços muito novos.
 
“E agora estes três permanecem: a Fé, a Esperança e o Amor. Mas o maior destes, é o Amor”.
 
Do meu coração para o seu
 
Karen
 
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Mais artigos da Karen em português: http://rayviolet2.blogspot.com/search?q=Karen Bishop
 
 Atualização diária
Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly * achama.islands.biz.tc/ * achama.webs.com  
publicado por achama às 19:49
Quarta-feira, 18 / 12 / 13

O ANJO DE DEUS

O ANJO DE DEUS

 

 

Mensagem de Karen Bishop

 

17 de Dezembro de 2013.

 

Saudações e Bem-Vindos!

 

 


 

Há vários dias, eu tive a felicidade de acompanhar a minha mãe a sua reunião de estudo da Bíblia. Esta foi a segunda vez que pude participar e gostei dela tanto quanto da primeira vez. Tive a sorte de ser escolhida para ler uma passagem e a passagem selecionada foi, é claro, precisa e divinamente relevante ao nosso atual estágio da ascensão.

 

 

 

Êxodo 14: 19-21

 

“Então, o anjo de Deus, que caminhava adiante do  grupo dos Israelitas, foi para trás deles, e, ao mesmo tempo,  a coluna de nuvens, saiu da frente deles e se colocou atrás, entre o grupo dos Egípcios e o grupo dos Israelitas. E havia a nuvem e a escuridão. E esta nuvem, em uma parte era tenebrosa e na outra, iluminava a noite; de sorte que os dois exércitos não puderam se aproximar durante toda a noite. Tendo Moisés estendido a sua mão sobre o mar, o Senhor lhe dividiu as águas, fazendo com que toda a noite soprasse um vento veemente, abrasador, que lhe secou o fundo. Estando a água assim dividida, entraram os filhos de Israel pelo meio do mar seco, tendo pela direita e esquerda a água que lhes servia de muro.”

As últimas mensagens sobre a Ascensão estiveram se referindo a nossa proximidade cada vez maior da nova realidade, ou a Terra Prometida. Porque estamos muito próximos agora de nosso destino pretendido, podemos agora ter experiências de tocarmos este surpreendente espaço, em uma base mais regular. Estamos nos aproximando e porque estamos nos aproximando, assim como na passagem de Êxodo, estamos em um ponto agora onde estamos pulando à frente mais plenamente e deixando a parte maior do velho atrás de nós.

Podemos estar tendo experiências relevantes a quem somos, que nos coloca “adiante”, ou seja, no espaço centrado divino do novo, permitindo-nos lá estarmos presentes, ainda que por apenas um curto espaço de tempo agora, e então retornamos. Quanto mais tocarmos a base, mais estaremos preparados para a travessia em breve.

Estamos avançando lentamente e estamos mais próximos agora. Tocando, tocando, tocando. As águas estão realmente começando a se dividir. Estamos começando a nos alinharmos em uma longa procissão agora, de travessia.

Logo depois que completarmos a integração e o realinhamento do novo projeto de família, seja o que for dado a cada um de nós, iremos integrar a nova realidade em todos os sentidos, e muito mais plenamente. Esta grande integração criou (é claro!), fadiga e sentimentos de estarmos esgotados e exauridos, além de pressão no peito e na cabeça, vertigens, e por qualquer meio que cada um de nós manifeste e responda a estas energias. E, sempre que avançamos substancialmente, a escuridão é desalojada também, e isto pode, às vezes, criar sentimentos de medo, de ansiedade ede pânico.

Estamos avançando tão velozmente agora, que as situações e condições podem mudar em um instante. Mas ainda assim, há um plano divino, definido e preciso.

Em meio a esta mistura variada de experiências que podemos estar tendo, há também uma energia contínua de amor, de calma e de segurança. Podemos nos encontrar em um estado de medo e então, muito subitamente, em um instante, encontrarmo-nos calmos e serenos. O amor e a energia da nova realidade estão se tornando conhecidos.

Chegamos muito longe em relação à ascensão nos últimos meses e semanas. Posso me lembrar que vim  saber que eu eventualmente terminaria no Sul de Oregon, e naquela época, embora ainda vivesse na Carolina do Norte, o Oregon parecia tão, tão distante. Tão, tão distante naquele tempo para acreditar que isto se tornaria uma realidade. E não somente foi, distante geograficamente falando, mas foi um imenso esforço em relação a tudo o mais! E agora parece estar apenas a um pequeno passo.

Muito está começando a se encaixar para nós... As coisas estão esperando... apenas esperando por nós nesta nova terra... ainda que possamos ainda estar nos alinhando e nos preparando em todos os sentidos. Quanto mais nos alinhamos, mais próximos chegamos a uma terra, onde a tranqüilidade e a segurança são constantes companhias, onde o amor, a abundância, a cor e o contentamento, predominam, e onde nos sentimos mais amados do que nunca.

Fizemos um grande progresso com novas conexões com o outro. Esta fase está indo bem e servirá para nos apoiar agora e em tempos futuros. Estamos sem dúvida alguma, bem onde precisamos estar. Além de nossa conexão, uns com os outros, a nossa conexão com Deus está se fortalecendo também. Podemos ansiar por Deus agora mais do que nunca, e nos percebermos mais confortáveis em ambientes que têm religião ou similares em sua essência, ainda que não estejamos completamente em alinhamento com os ensinamentos daquela. Podemos encontrar uma grande paz e conforto nas energias dos anjos agora, pois eles são as nossas companhias, agora mais do que nunca. Podemos estar experienciando uma estranha unidade em nossos sonhos à noite, e tendo sonhos extraordinários que nunca antes tivemos.

Podemos constatar que os nossos velhos papéis em relação à ascensão são apenas uma memória, enquanto trabalhos muito novos estão começando a espreitar através de nós... trabalhos com novos parâmetros e propósitos, como anjos de uma nova terra e mensageiros de Deus. Porque o nosso velho está se desintegrando, nossa renda pode estar se dissolvendo também. Este é um estado comum da ascensão e da mudança. E porque muito está mudando para nós, estamos agora no processo de liberação de nossos antigos papéis, em relação a sermos “trabalhadores da luz”.

Como trabalhadores da luz, desde o momento em que nascemos, nós iluminamos a escuridão através de nós mesmos. Nenhum de nós nasceu com questões de vidas passadas, ou de energias que precisavam de cura. Porque somos tão avançados como almas, chegamos livres e limpos. As energias dentro de nós que tentávamos limpar nunca foram nossas. Elas eram energias que assimilamos do que estava ao nosso redor. Agora é o momento de permitir que todas estas energias se afastem. Podemos devolvê-las a sua fonte original, onde elas pertencem. Agora é o momento de seguirmos em frente. Temos trabalhos diferentes agora e estaremos retornando aos nossos eus originais e “limpos”, enquanto fazemos a travessia e começamos novos e revigorados, embora  ainda na forma.

Podemos também achar que é o momento de declararmos o que queremos. É o momento de sermos mais assertivos do que já fomos. Estamos nos preparando para estabelecer o novo e devemos agora nos lembrar de como dizer o que queremos e sermos claros também e seguros quanto a isto.

Muito está acontecendo agora durante este tempo surpreendente e sem precedentes. Enquanto começamos a travessia, podemos também ter uma nova identidade de grande inocência, vulnerabilidade, e quase um comportamento infantil, pois nos despojamos de muito, em prontidão para o processo. Este é um estado maravilhoso em que nos encontramos, porque é neste estado que os anjos virão e nos escoltarão. Se nos tornarmos temerosos, podemos invocar o Arcanjo Miguel para a sua profunda proteção (ou mesmo o auxílio com o nosso novo propósito), o Arcanjo Rafael para a sua habilidade na cura, ou até mesmo o Arcanjo Metatron, com a sua dádiva de purificar as nossas energias, que não são nossas realmente. Fiz isto em muitas ocasiões, ultimamente, e os resultados são imediatos e cheios de muito amor. Os Anjos adoram nos ajudar, não importa qual seja a situação.

Os Anjos estão aqui também para nos ajudar na travessia. Não precisamos fazer isto, sozinhos. E quando for o momento adequado, e se estivermos abertos e não interferirmos, se nos entregarmos e permitirmos que ocorra esta conexão, se estivermos confortáveis na liberação, seremos divinamente escoltados para um novo céu na terra.

 

 

 

Do meu coração para o seu,

 


 

Karen

 

 

 

 

 

Tradução: Regina Drumond- reginamadrumond@yahoo.com.br

Mais: http://rayviolet2.blogspot.ca/search?q=Karen+Bishop

 

 Atualização diáriaWebstats4U - Free web site statistics

Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly
* achama.islands.biz.tc/ *

publicado por achama às 18:14
Terça-feira, 10 / 12 / 13

SEGUINDO EM FRENTE

SEGUINDO EM FRENTE

Mensagem de Karen Bishop


9 de Dezembro de 2013.

Embora em alguns sentidos possa não parecer assim, estamos, contudo, seguindo em frente e hoje (dia 8/12), experienciamos outra conclusão. Mensagens anteriores mencionaram que Dezembro envolveria uma grande energia, e assim foi. Podemos estar mais do que esgotados destas intensas lutas que o processo da ascensão criou neste último ano ou dois, em relação às questões de saúde física, mental e emocional, mas para frente continuamos, ainda que através de um véu de protestos vacilantes e inertes, sentindo talvez o desânimo, imaginando se este processo cessará, ou nos levará a um destino novo e justo.

Estamos avançando como previsto. O último trimestre de 2013 se tratou predominantemente de nos conectarmos com as nossas famílias, seja quem e o que elas possam ser. As conexões familiares estão ainda continuando, e é sobre isto que se tratou qualquer recente tensão, limpeza, liberação e reconexão (além de nossas próprias conexões pessoais com Deus e o coração, é claro). Temos que nos conectarmos uns com os outros a fim de sustentarmos sozinhos  a nova vibração de uma nova realidade. Assim, agora estamos no meio de todas as coisas relacionadas a estas conexões. Se qualquer um dos membros de nossa “família”, ou seja com quem estivermos nos conectando, estiver ainda precisando de um ajuste ou uma reestruturação pessoal, somos então colocados em espera (enquanto continuamos a nos limparmos e a nos ajustarmos).

Desta maneira, estamos nos preparando para as conexões, a fim de garantirmos que eles realmente “assumirão”, pois isto é vitalmente importante. Aqueles preparados para colocação nos degraus mais elevados da nova realidade dependem daqueles que estarão preparados para ocupar os degraus inferiores. E se percebermos que estaremos (ou escolhermos estar) conectados com o outro que não está preparado ainda, um plano de prontidão está agora sendo colocado em prática para todos os interessados.

É isto o que está ocorrendo no momento desta mensagem. Alinhamentos estão sendo feitos. Se, subitamente, sentirmos que não nos comunicamos com o nosso habitual círculo de amigos ultimamente, ou, talvez, estejamos nos sentindo um pouco excluídos, ou que andamos por um longo corredor, onde todos os outros estão na outra extremidade, isto é por causa dos realinhamentos que estão em andamento.
Assim, e quanto a nos conectarmos com o lar, ou com o nosso novo espaço celestial, que está tão próximo agora, na próxima dimensão?

Depois que tivemos uma limpeza tão forte em Novembro, relacionada à “família”, o novo projeto chegou para a família. Se fôssemos capazes de senti-lo, tocá-lo ou nos conectarmos com ele, então, se o agarrássemos e estivéssemos nele tanto quanto possível, aumentaria intensamente a nossa experiência dos sentimentos do lar. Este projeto era parte do novo. Se dois indivíduos se agarrassem a ele e o segurassem, então apenas isto serviria para mantê-lo à tona, até que outros pudessem embarcar.
Agora, estamos esperando que outros subam a bordo.
O mesmo é verdadeiro para os locais geográfico e novo trabalho ou expressões. 

Especialmente após uma limpeza ou um grande movimento, quando podemos ver realmente o outro lado antes que nós, e na maior parte das vezes escorregamos de volta, é um bom momento de agarrarmos agora. Somos capazes de agarrar mais plenamente e mantermos este espaço agora mais do que nunca, porque estamos muito próximos. É o momento. E a conexão com os outros que mantêm o mesmo espaço da realidade reforçará  intensamente o nosso processo da ascensão e ajudará a acelerá-lo também.
Não vêem o lar ainda? Vocês o farão. Se eu posso vê-lo e senti-lo, qualquer um pode. Não sou diferente de vocês.

Dezembro está trazendo também algumas energias muito mais elevadas também. Desta maneira estamos nos ajustando e nos preparando para uma travessia maior em Janeiro de 2014. Precisamos manter estas energias com facilidade se formos sustentar uma nova realidade. Visualizar e manter o espaço dentro de onde queremos estar e de como queremos que sejam as coisas, além de permanecermos positivos, poderá ajudar muito o processo agora.

As coisas estão realmente começando a encontrar o seu caminho para nós, ainda que parem e comecem, enquanto continuamos com o processo de nos conectarmos uns com os outros. Fui incapaz de completar o meu novo site, pois o que eu estarei oferecendo está, em alguns sentidos, muito diferente do que eu imaginei há semanas, e também muito dependente de algumas novas conexões que estão ainda na etapa de  preparação e podem não se realizar, sob qualquer condição.

Precisamos que estas conexões estejam completas antes que 2014 se inicie. Estamos agora no processo de alinhá-las e de integrar novos projetos. Aqueles que não estão ainda preparados para realizar os novos projetos, terão sempre uma oportunidade de fazer isto, em tempos futuros. Tocamos fisicamente o nariz (e ainda temos tempo para tocar o nariz com aqueles que ainda não o fizeram), com quaisquer novas conexões possíveis e agora estamos no processo de determinar com quem nos ligaremos mais seguramente e com  quem seremos capazes de estar nos novos projetos. Se formos incapazes de nos conectarmos fisicamente, iremos nos conectar geralmente em nossos estados de sonho. Oportunidades estão ainda sendo dadas para alguns se aprimorarem e fazerem ajustes internos, a fim de estarem imediatamente em alinhamento com estes novos projetos, para que estejam  preparados para a travessia em 2014.

Tocar o nariz com alguém nas últimas semanas é também criar a oportunidade para que todos se integrem e se conectem com o novo projeto, a qualquer momento no futuro. Esta é ainda outra razão para esta ocorrência. Planta-se a semente.

Tudo isto está ocorrendo porque estamos agendados para plantar os nossos pés muito firmemente no novo solo, quando 2014 chegar. Mas devemos, e isto é obrigatório, conectarmo-nos, inicialmente, com o outro. Isto é o que não ocorreu em 2009 e 2010. Foi-nos dado o tempo suficiente para “alcançarmos’ e agora a responsabilidade é nossa. E estaremos reposicionados de acordo com a forma com que estas conexões se realizam ou não. Temos que equiparar as vibrações e nos conectarmos juntos, através de novos projetos da nova realidade, que estaremos mantendo interiormente.

Embora estejamos ainda em algumas energias intensas e de compressão que continuam a se intensificar, estamos fazendo o progresso pretendido e continuamos ao longo do caminho do canal do nascimento. Tão próximos agora, que estamos tocando e realmente começando a segurar o outro lado.

Do meu coração para o seu,

Karen


Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
 

 

 Atualização diáriaWebstats4U - Free web site statistics

Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly
* achama.islands.biz.tc/ *

publicado por achama às 10:35
Segunda-feira, 02 / 12 / 13

INTEGRAÇÃO

INTEGRAÇÃO

Mensagem de Karen Bishop


1º de Dezembro de 2013.´


Experienciamos uma tão grande limpeza nos últimos dias, seguida por um impulso de energia de vibração mais elevada, que literalmente voamos para um novo espaço, de tal forma que todas as coisas cósmicas começaram a chegar (dependendo de como cada um de nós está conectado e ligado).
Embora as limpezas fossem muito intensas, o que se seguiu foi um alívio em muitos sentidos, pois finalmente começamos a nos conectar com a nova realidade e mantê-la dentro de nós, sem escorregarmos de volta.

 Estamos ficando tão próximos agora, e liberamos tanto, que estamos agora mais preparados do que nunca, para incorporarmos, finalmente, a nova realidade e fazê-la permanecer.

Eu tive vários casos de me lançar espontaneamente na próxima dimensão, e, oh, pareceu divino. Muito pleno. Depois de todo o vazio, experienciar algo tão pleno, calmo, sereno, alegre, expansivo e normal, foi nada menos do que divino. Uma vida nova com todos os sinos e assobios!
Ao mesmo tempo, estas experiências estão começando a se manifestar realmente na forma agora. Nosso ambiente pode subitamente começar a parecer “normal”, pleno e adequado também, ainda que em pequenos estágios, mas chegando por si mesmo e permanecendo.

Estamos, de fato, começando a ver e a experienciar a chegada de uma realidade nova.

E, novamente, durante este período, conectamo-nos mais plenamente com a próxima realidade dimensional. Em vez de tocarmos com os narizes e então escorregarmos de volta até que pudéssemos obter o nosso caminho lá, estamos agora tocando com o nariz e mantendo este espaço dentro de nós. Estamos tão próximos de chegarmos ao lar, que se colocarmos o nosso foco no lar, poderemos entrar e sair, sentindo realmente que é onde agora vivemos. Que, talvez, estejamos temporariamente distantes do lar agora e que estaremos retornando muito em breve.

O espaço exato do meu novo lar finalmente se revelou nestes últimos dias, e em vez de estar consciente de que isto fosse uma possibilidade, eu senti uma consciência absolutamente opressiva e um sentimento de que este espaço era onde eu vivia e que estive vivendo por algum tempo. Tão familiar! Tão adequado! A combinação perfeita! Ondas deste sentimento vieram se expondo e estão ainda se tornando conhecidas.

Muitos serão atraídos e guiados para áreas geográficas de vibração mais elevada e ajudarão a manter uma vibração mais elevada e lá sustentada. Com o tempo, assim como precisamos nos conectar com os outros a fim de sustentarmos sozinhos uma realidade de vibração mais elevada, as áreas geográficas precursoras se conectarão com os outros também, todas com o propósito individual para cada área, junto com o propósito dos habitantes.

Quando as energias mais elevadas chegaram ontem, (no dia 29/11), um futuro inteiramente novo chegou para mim também. Eu pude vê-lo e senti-lo e aceitá-lo. Ele lá estava, em todos os aspectos, no trabalho, em casa, nas pessoas, em tudo o mais.

As energias de vibração mais elevada que servem para proporcionar estas experiências se desvaneceram agora. Elas se desvaneceram porque estamos integrando agora. Estas coisas reais da nova realidade estão sendo integradas dentro de nós, antes que avancemos mais plenamente. Desta maneira, sentirmo-nos cansados e até serenos agora, são simplesmente indicadores do novo sendo fundido em nosso ser.

Quanto mais próximos chegamos, mais Deus começará a entrar em nossa consciência também, pois esta nova realidade tem, naturalmente, Deus no centro de tudo isto. Podemos nos perceber atraídos para coisas que para nós representa Deus de alguma maneira, ou podemos perceber que a cada vez que olhamos em volta, algo que parece Divino está fazendo uma tentativa de atrair a nossa atenção. Mais manifestações do novo estão espreitando e fazendo uma tentativa de se agarrar e encontrar um lar.

Ao mesmo tempo, em alguns aspectos, o novo pode não ser realmente o novo, sob qualquer condição. Pode simplesmente ser o caso que, seja qual for a experiência que estejamos integrando, estaremos simplesmente vibrando de uma maneira mais elevada agora e cheios de uma nova luz e de uma essência de vibração mais elevada. As mesmas pessoas, o mesmo trabalho, o mesmo local geográfico, etc, mas agora cheios de muita luz e uma ausência distinta da escuridão.

Para muitos, a próxima etapa envolverá trazer Deus àqueles que estão nos degraus inferiores, ou simplesmente, trazer Deus para as massas, seja qual for a forma que ela assuma. Quanto mais elevado vibrarmos, mais próximos ficaremos de Deus, ou pelo menos, mais fácil será para Deus se tornar conhecido, pois estamos agora mais do que nunca no quintal de Deus.

Embora estejamos incorporando energias de vibração mais elevada, mais e mais, à medida que avançamos, estamos ainda precisando recebê-la de cima. E como mencionado nas mensagens anteriores, conectar-se com o outro será fundamental para mantermos este nível vibratório sozinhos. São os nossos irmãos e irmãs que continuarão a nos suprir com o que for necessário, sejam as informações para o nosso próximo passo, com amor e carinho, ou companhia e apoio ao longo do caminho. É através do outro que a luz terá mais impacto. E eu digo: “Hurra”, por isto!

Do meu coração para o seu,

Karen


Traduzido por: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br


 Atualização diáriaWebstats4U - Free web site statistics

Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly
* achama.islands.biz.tc/ *

publicado por achama às 17:54
Quinta-feira, 28 / 11 / 13

A ESCURIDÃO

Mensagem de Karen Bishop


27 de Novembro de 2013.



Durante o fim de semana de 23 e 24 de Novembro, nós passamos por uma limpeza planetária das velhas energias, relacionadas a todas as coisas de família que não se encaixam na nova realidade de uma vibração mais elevada. Todos os velhos padrões e disfunções familiares foram trazidos à superfície para uma limpeza. Isto  incluía as energias com as nossas famílias biológicas, animais companheiros, como parte de nossas famílias, famílias de alma, vizinhos e seja quem for que cada um de nós considerasse como família.

 


Desta maneira, uma grande quantidade de escuridão foi manifestada e desalojada, enquanto ao mesmo tempo, alguns foram colocados em situações onde nos conectávamos com a família novamente. 

 


Seja qual for o caso, isto é o que ocorreu e por quê:

 


Precisávamos nos reconectar a fim de nos prepararmos para os novos padrões que irão existir em uma realidade de vibração mais elevada. Precisávamos começar a partir do zero. Ao mesmo tempo, porque estamos começando de novo, as energias mais antigas e mais densas se manifestavam para uma limpeza. Estas energias mais antigas e densas foram desalojadas para uma purificação e se tornaram intensamente temerosas. Deste  modo, elas atacaram com força total, pois estavam aterrorizadas em perder a sua posição e se tornarem extintas.

 


Amarmos estas energias enquanto elas passam é a maneira mais simples e mais eficaz de nos protegermos e de libertá-las. E permanecer na energia do amor também nos coloca em alinhamento com a energia do novo.

 


Enquanto a escuridão se manifestava, nossas conexões familiares restabelecidas foram também fortalecidas para o futuro. Nos próximos tempos, porque estaremos, em breve, ajudando-nos e criando enormes laços juntos como parte da nova grade, este precursor foi uma parte obrigatória do processo da ascensão. Desalojar a escuridão foi um simples subproduto. Os novos laços trarão em breve enorme alegria e satisfação, à medida que avançamos ainda mais.

 


Continuamos a seguir em frente em grande velocidade. As energias estão muito elevadas e intensas no momento. Nossos animais companheiros continuam a ficar estressados, como os nossos corpos, agora muito esgotados. Mas estamos quase em um ponto crítico e substancial, com o advento do novo ano.

 


As coisas estão começando a se reunir, peça por peça, mas nem tudo está em sua posição final ainda. Os novos vínculos farão uma diferença, enquanto eles começam a evoluir. Podemos também nos encontrar começando a “liberar”, ou “colocar para fora” o velho, de nossos atuais espaços. 

 


Estamos nos preparando, seja conscientemente ou não. Muito do velho em nossas vidas está também em uma estranha paralisação, quase no ponto zero, enquanto começamos o processo de nos lançarmos no novo, de forma contínua e constante.

 


Dezembro deverá vir com grande ímpeto, enquanto as energias continuam com o processo. Precisamos apenas esperar um pouco mais. Janeiro deverá chegar com muita coisa no lugar, pois os novos padrões da realidade começarão a tomar posse e poderemos realmente, e eu quero dizer realmente, a avançarmos com muito menos stress. E tão logo nos sustentemos nas vibrações mais elevadas no novo através de nossas conexões pessoais, as energias que estiveram nos estressando por tanto tempo, começarão finalmente a desaparecer.

 


Este é um tempo emocionante. Temos muito a esperar.

 


Do meu coração para o seu,

 


Karen

 


http://gamabooks.com

 


Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br


 

http://rayviolet2.blogspot.com/2013/11/a-escuridao.html


Atualização diáriaWebstats4U - Free web site statistics

Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly
* achama.islands.biz.tc/

publicado por achama às 02:12
Domingo, 24 / 11 / 13

EMERGINDO

Mensagem de Karen Bishop


24 de Novembro de 2013.



Em 16 de Novembro, Sábado, começamos o processo de limpeza e de liberação, enquanto nos fundimos mais plenamente em um espaço de vibração mais elevada. 

 

Com referência a isto, as energias se tornaram muito intensas, enquanto elas purificavam e então, purificavam um pouco mais.

 


Ontem, nós rompemos o novo espaço seguinte. E que alívio!Dependendo de como cada um de nós experiencia a nova energia, ou, pelo menos, como experienciamos um descanso e algo que parece muito melhor do que muito que já tivemos conhecimento até agora, algo realmente esteve ocorrendo para muitos de nós.

 

Um suspiro. Nova luz. Novas manifestações e conexões para alguns. Uma mudança perceptível para outros, ainda que nada mais.

 


Uma vez que entramos no novo espaço, as energias de vibração mais elevada chegaram. Suponho que neste estágio do jogo, porque estamos em um movimento e mudança tão contínuos... não é realmente um ponto discutível entrarmos no “o que” e “porque” de tudo isto, para até continuarmos a dissecar o processo de cada estágio ou fase que parece disparar para a próxima, sem uma oportunidade de até recuperarmos o nosso fôlego. Seja qual for o caso, estamos certamente continuando a seguir em frente.

 


Ao mesmo tempo, estamos ainda construindo. Para alguns, a conexão mais plena com coisas novas e em seguida, a passagem por um intenso estágio de purificação e de liberação, pode fazer com que coisas “novas” pareçam perdidas e muito distantes. E, no entanto, para outros, o novo chegou a nossa consciência e começou o seu início há muito tempo, e então a mudança chegou e o novo não tinha sido tocado por muito tempo!

 


Porque estamos construindo agora, os degraus inferiores estão se tornando mais estabilizados, antes que os degraus superiores comecem a sua ancoragem e estabilização. Podemos ouvir os nossos amigos exclamando com entusiasmo sobre o novo trabalho, ou novas conexões para o novo trabalho ou o novo espaço, enquanto estamos ainda em um modo de espera, talvez querendo saber se o nosso novo chegará, sob qualquer condição. Para outros, a deterioração de sua velha base continua, enquanto, para outros ainda, o seu velho se foi já há muito tempo. Cada um de nós, naturalmente, está precisamente onde precisa. E através de tudo isto, nossos irmãos e irmãs estão conosco, pois todos estão fazendo a sua parte.

 


À medida que avançamos ainda mais agora, pode parecer que um trem de carga está obstruindo  e nesta grande névoa de stress, pode ser difícil se conectar ou obter qualquer tipo de clareza e de direção. Durante os raros momentos em que as coisas se acalmam, ou se podemos encontrar o nosso caminho para um estar de ser sereno, amoroso e relaxado, nosso novo irá se revelar novamente e podemos dizer: “Oh, aí está você! Eu tinha me esquecido completamente de você!” E, no entanto, a construção continua.

 


Pode também ser difícil se lembrar e se conectar agora com o novo, não somente por causa do stress que este processo cria, mas também por causa da natureza implacável do processo nesta fase do jogo. Ele é implacável quando estamos quase em um ponto em que as coisas podem se acalmar e se transformar em um padrão muito novo de existência. O momento é intensamente importante neste estágio do processo em geral. Estamos impulsionando, impulsionando mais e mais o nosso caminho para um espaço onde o impulso terminará em um novo caminho e poderemos abrir os nossos olhos e inspirar o novo de muitas, muitas maneiras novas. Este é o fervor e a fúria antes de um novo nascimento.

 


Uma coisa que é muito predominante agora, e que foi predominante também durante o processo da ascensão, imediatamente antes de uma mudança planejada para o novo em 2009 (o que infelizmente fracassou), é a importância de nossas conexões pessoais. Estas conexões são essenciais e sempre foram uma parte do plano da ascensão, e elas estão acontecendo novamente. Este é ainda outro grande indicador de que estamos realmente no caminho certo desta vez e bem preparados para que se revele este espaço muito novo.

 

Nossas conexões pessoais, uns com os outros, são muito importantes neste estágio do jogo, por uma razão muito específica. Alguns poderiam estar observando que quando nos conectamos com os outros com uma energia mútua de vibração mais elevada, caímos imediatamente em um espaço muito novo. Este é o espaço do novo. E, a fim de chegarmos plenamente, precisamos nos conectar.

 


A razão por estarmos tendo esta experiência novamente, é devido as nossas conexões mútuas que irão sustentar a energia de vibração mais elevada em tempos que se aproximam. Significando que... seremos finalmente capazes de assumirmos sozinhos, sem a mão forte de cima, impulsionando-nos, de modo que não escorreguemos novamente. Nossas conexões com os outros são imprescindíveis na formação da nova grade. Isto não pode sobreviver indefinidamente com as contínuas energias de vibração mais elevada chegando para sustentar isto. Devemos nos sustentar neste espaço, sozinhos, através de nossas conexões pessoais.

 


Não estaríamos tendo esta experiência se não estivéssemos chegando muito próximos a uma grande mudança para uma realidade de vibração mais elevada. Outro indicador promissor é o simples fato de que com esta última mudança, podemos estar nos sentindo felizes, sem razão conhecida. Podemos simplesmente nos sentir emocionalmente bem. O novo está se tornando conhecido. Ele tem se aproximado ainda mais e o seu início se apresenta mais plenamente.

 


Além disto, nos dias anteriores a esta mudança do dia 22 de Novembro, podemos nos ter sentido nervosos, agitados, inquietos, assustados e até sentido que estávamos indo a algum lugar, mas sem termos a certeza de que o queríamos, ou das possíveis ramificações. “É isto!” Algo parecia estar dizendo. “Estão finalmente preparados?” “Aqui vamos!” E agora, seguimos, ainda que somente um grande passo para mais perto. Nossos animais companheiros podem também estar conscientes desta iminente mudando e se tornado mais “pegajosos” do que o normal, ou ainda mais estressados e inseguros.

 

O portal de 11 de Novembro realmente nos impulsionou ainda mais, mas então os ajustes chegaram, fazendo com que alguns se perguntassem se nós realmente tínhamos ido a algum lugar, sob qualquer condição. Estamos no fervor do nascimento agora. O movimento implacável que torna difícil ver além. E, enquanto continuamos a construir e o movimento ainda continua, estamos colocando no lugar os alicerces para o novo, com perfeito e firme progresso.

 

Do meu coração para o seu,


Karen


http://gamabooks.com


Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br


http://rayviolet2.blogspot.com/2013/11/emergindo.html

 

 Atualização diáriaWebstats4U - Free web site statistics

Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly
* achama.islands.biz.tc/

publicado por achama às 21:37
Segunda-feira, 18 / 11 / 13

DESPEDAÇANDO

DESPEDAÇANDO

Mensagem de Karen Bishop


17 de Novembro de 2013.

 
A energia amorosa chegou com um sabor, atravessamos o portal 11 com sucesso, passamos por um breve período de desapontamento ou um pouco de depressão, com possíveis lamentos sobre o mesmo velho, o mesmo velho sem nenhuma mudança espetacular, e agora estamos em um espaço onde qualquer coisa que não seja o amor, está colidindo e se despedaçando com a energia amorosa.

As coisas estão realmente avançando, e mesmo em uma velocidade deturpada, se escolhermos percebê-lo desta maneira, mas elas podem não estar se revelando da maneira que pensávamos que elas poderiam, ou “deveriam’. Estamos liberando o velho de maneira intensa agora, ou através dos nossos sonhos, através dos nossos corpos, ou de qualquer forma que cada um de nós libere. Aquilo que estiver dentro de nós, que não estiver em alinhamento com o amor, está sendo mostrado e destacado. E porque o amor tem uma vibração mais elevada do que qualquer outra coisa, ele está se tornando conhecido mais do que nunca.

Enquanto entramos neste último estágio do espaço de vibração mais elevada, o velho está realmente sendo removido e oferecido a nós para uma liberação através do amor. Além disto, se estivemos sendo inclinados a colocar todo o nosso amor em um foco (isto é, emitindo-o em um indivíduo ou em um ponto, em detrimento de outro), estas conexões serão liberadas, de modo que possamos agora estar livres para nos conectarmos com amor, de uma maneira mais universal e abrangente.

Estamos também entrando mais plenamente em um espaço onde a criação ocorre com facilidade. Porque a ascensão colocou muitos de nós em espaços de stress e pressão intensos, seja fisicamente através das energias da ascensão, ou por causa dos eventos em nossas vidas, ou nas vidas de nossos entes queridos, pode ser difícil ver qualquer coisa, sob qualquer condição. Mas através de tudo isto, se prestarmos atenção, veremos que estamos realmente criando muito. Tudo o que ocupar as nossas mentes ou escolhermos ver e acreditar, irá nos envolver instantaneamente. Desta maneira, se pudermos mudar o nosso ser interior e nossos pensamentos para o que realmente queremos sentir e experienciar, as coisas que nos envolvem podem mudar literalmente em um instante.

É o que estamos mantendo dentro de nós, que está aparentemente retendo cada um de nós. Deixar ir e permitir que Deus assuma o comando, deixar ir o que pensávamos que sabíamos e como as coisas funcionavam, e simplesmente sairmos do caminho, pode permitir uma transição muito mais fácil. Estamos todos exatamente onde precisamos estar. Seja qual for a razão, estamos experienciando precisamente o que precisamos experienciar. Se sentirmos que precisamos deixar o nosso atual espaço, pois não é nem remotamente o que imaginamos como o nosso espaço perfeito, podemos optar por saber que estamos onde estamos, talvez por razões desconhecidas. Para alguns, unir-se aos membros da família de novas maneiras ou talvez unir-se à comunidade, sejam coisas que estão em primeiro plano agora, pois estamos nos reunindo tanto quanto possível, antes que entremos mais plenamente na nova terra. Estamos entrando em contato, seja com a nossa própria energia pessoal, com um breve toque, ou de formas mais substanciais, reunindo-nos ao que agora nos rodeia, antes que sigamos em frente.

“Fomos chamados para curar feridas, unir o que foi desassociado, e trazer ao lar quem perdeu o seu caminho” – São Francisco

Se nos recusarmos a deixar ir a nossa história de como as coisas nos parecem ou o que estamos vivenciando, a energia do amor terá muito mais dificuldade em nos guiar e de se incorporar em cada canto e fissura nossa. Passamos por muita limpeza e purificação, e às vezes, isto tem sido extremamente doloroso... Por que continuamos a nos agarrar a algo que não está nos servindo? Podemos deixar ir o “conhecimento”. Podemos deixar ir os julgamentos e crenças sobre o que tem uma vibração mais elevada. O amor tem a vibração mais elevada, e, por causa disto, é onde finalmente terminaremos. Por que não começarmos agora e ficarmos em alinhamento, tanto quanto possível?

A energia do amor está nos bombardeando agora, saibamos disto ou não, e nos perguntando: “O que você escolhe? O amor ou a sua versão do que tem uma vibração mais elevada?” Ele está nos trazendo tudo o que não estiver em alinhamento com esta nova realidade, baseada no amor, bem para os nossos espaços. Está também nos mostrando quem somos, ao manifestarmos quem somos ao nosso redor.

À medida que avançamos, estamos realmente despedaçando o velho, pois a energia do amor começa a assumir o controle... ainda que não pareça assim em todos os momentos.
Do meu coração para o seu,

Karen


Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
 Atualização diáriaWebstats4U - Free web site statistics

Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly
* achama.islands.biz.tc/

publicado por achama às 14:49
Quarta-feira, 18 / 09 / 13

UI! AI! OBA!

UI! AI! OBA! - Karen Bishop - 14-07-2013

UI! AI! OBA!

Mensagem de Karen Bishop

14 de Setembro de 2013.
Fomos impulsionados ainda mais pelas energias que nos ajudam através do portal 11, e isto, entre muitas outras coisas, está criando ainda mais novos sintomas e experiências para muitos.

À medida que nos preparamos para o nascimento do novo, muito e muito mais está ocorrendo. Sintomas físicos estão sendo experienciados por quase todos neste momento, incluindo a gripe que vem, parte e retorna mais uma vez, fadiga, fraqueza, stress e tensão, calor no corpo, enxaqueca e pressão no peito, tosse, dores nas costas, aumento da confusão mental, problemas intestinais, fome incomum e a usual série de enfermidades, muito extensas para serem listadas, enquanto expressamos a integração destas energias de maneiras extraordinárias para todos nós.

À medida que somos empurrados através do portal, chegamos mais próximos da nova realidade que esta escritora tem ainda que experienciar no físico. E porque estamos muito próximos agora de uma travessia para um modo mais substancial, este novo espaço está ficando perto, por muito mais tempo do que nunca. Um redemoinho de atividade se tornou conhecido com mais excitação do que eu vi durante vários anos. Conexões intermináveis estiveram presentes e se tornaram conhecidas, pois isto é parte de uma existência de vibração mais elevada. O Universo esteve nos falando de maneiras extraordinárias e mágicas, em uma atividade agitada. Alegria, felicidade e risos poderiam ser encontrados se o permitíssemos, além de uma nova clareza, também. Fomos capazes de tocar o novo com os nossos narizes, recebermos apoios para o novo, e até nos sentirmos com grande certeza que estaríamos lá muito em breve.

Atrás deste tipo de movimento, muitas vezes vem uma parada, pois então precisamos assimilar e integrar o que já encontramos. Desta vez foi mais intenso, pois estamos integrando energias de vibração mais elevada ao mesmo tempo, tudo a fim de nos preparar para a entrada no novo. Nós então fomos atingidos por muitas ao mesmo tempo e isto está começando a ter um impacto ainda maior em nossos corpos, ainda que possamos nos sentir melhor em outros sentidos. Energias implacáveis sem qualquer intervalo, podem sempre criar um desafio. Eu não tenho experienciado energias tão intensas por muitos meses. Elas podem realmente deixar-nos enfraquecidos.

Alguns padrões comuns estão também se tornando conhecidos neste momento:

Porque estamos avançando muito rapidamente agora, podemos perceber que temos que fazer coisas que já fizemos, novamente. Eu já fiz isto! Podemos nos lamentar. Ou, talvez, tentássemos realizar algo e logo se tornou um interminável rasto de fazer as coisas inúmeras vezes, antes que obtivéssemos o resultado que queríamos. Muita coisa está mudando e muito já está diferente, assim nossos padrões normais estão precisando de um ajuste. As coisas estão tentando se ajustar com toda a mudança, para alcançarmos o novo e integrá-lo, e então avançarmos e refazermos as coisas novamente, enquanto continuamos a nos movermos.

A Energia do Aconchego – Podemos perceber que estamos recebendo estranhamente um grande abraço através de nosso atual espaço. Podemos estar exerienciando novas conexões de apoio em nosso ambiente imediato (não as energias de conexão acima mencionadas; estas conexões são mais específicas ao nosso ambiente imediato), experienciarmos coisas que nos fazem sentir bem ou que estão em alinhamento com o que nos referimos, ou pode até parecer que simplesmente queremos ficar em casa e apenas lermos um bom livro, sem desejo de sair. O universo está nos dizendo para ficarmos parados. Estamos sendo seduzidos a amar o nosso atual espaço, porque as coisas não estão preparadas em todos os sentidos para um avanço. Esta sedução mudará em um piscar de olhos, como tem sido o padrão por vários anos. Mudará quando for o momento de sairmos completamente de nossos velhos espaços para o novo. E porque estamos sendo seduzidos de uma maneira tão amorosa, pode ser confuso se estivermos tentando fazer alguns planos a longo prazo. Precisamos simplesmente permanecer bem onde estamos, por enquanto, assim como o universo está nos encorajando a fazer. Estes grandes abraços de nossos atuais espaços sempre, mas sempre, indicam uma prontidão antes de um movimento muito grande.

Conclusões em nossos sonhos: Antes que entremos em uma realidade muito nova, ao nosso nível de alma, temos que fazer uma avaliação. Se houver algo que não realizamos enquanto no físico, durante a nossa vida atual, iremos completá-lo ou realizá-lo, em um sonho enquanto estivermos dormindo. Podemos casar com o nosso colega querido (ou namorado), darmos condolências aos nossos melhores amigos, ou termos um encontro com os nossos pais falecidos. Estes encontros são vitalmente importantes, pois precisamos concluir, antes que atravessemos. Na maior parte do tempo, estas são coisas que planejamos antes de nascermos, ou por qualquer razão, elas não ocorreram. Assim, desta maneira, podemos estar experienciando estas coisas em nossos estados de sonhos atuais, quanto mais próximos estivermos do término do velho e da chegada do novo. Estamos nos preparando para uma grande partida, e precisamos estar limpos e completos.

2 +2 não é mais igual a 4: Durante tempos de grande transição, as coisas raramente fazem sentido. O que podemos esperar que aconteça em situações do dia a dia, pode estranhamente não ocorrer. Suposições não têm espaço aqui, pois raramente podemos supor algo. O que conhecemos no passado, não mais tem um ponto de apoio. Coisas que podemos ter adivinhado ou tido certeza, subitamente se mostram completamente diferentes. Isto pode nos deixar confusos e aturdidos, desafiar a nossa sensação de segurança, e corroer a nossa confiança. Quando estamos em transição, padrões normais não podem existir. Muita coisa está mudando, e muito rapidamente agora, e estamos nos estágios finais. Não muita coisa pode ter um ponto de apoio. Não há nenhum futuro para vermos (a menos que estejamos próximos o suficiente para vermos a nova realidade, o que somos agora capazes de fazer nos últimos dias, e, às vezes, semanas). Assim, ainda que possamos mal fazer suposições, pois não há nenhuma realidade atual presente, e assim, nenhum padrão determinado que permaneça, podemos saber que a maior parte das coisas são somente temporárias e que logo passarão.

Isto está ainda acontecendo? Podemos chegar a pontos críticos em nosso progresso e percebermos que o mesmo velho, o mesmo velho está ainda ocorrendo. Não posso acreditar que esteja AINDA ocorrendo!, podemos nos lamentar. Após todo este tempo, os mesmos padrões estão ainda se apresentando? Parece contraditório com o que foi dito acima, eu sei. Estes lamentos geralmente ocorrem em áreas que significam muito para nós. Em áreas onde investimos interesses, ou onde concentramos mais a nossa atenção, ou onde as coisas significam mais. Mais sobre isto na próxima mensagem... e é uma boa notícia.

Estamos também sendo liberados dos planos de nossa alma que nos colocou onde estamos atualmente. Em pequenas e firmes desconexões, os laços estão sendo cortados. Concluímos agora uma fase muito substancial. Concluímos. Terminamos. Tempo para sermos liberados agora, e assim que for o momento certo, partiremos!

As próximas mensagens oferecem apoios para este tempo desafiador, algumas informações sobre a escuridão que está atualmente sendo expulsa e sobre o que deverá ocorrer após 22 de Setembro. E, como sempre, grata por continuarem a ler. Isto realmente faz uma diferença.

Do meu coração para o seu,

Karen
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

 

 Atualização diária

Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly
* achama.islands.biz.tc/

publicado por achama às 04:32
Quinta-feira, 12 / 09 / 13

O PORTAL 11 - Mensagem de Karen Bishop - 11-09-2013

O PORTAL 11

Mensagem de Karen Bishop

11 de Setembro de 2013.
Estamos tão próximos do novo nascimento e das novas colocações, que estamos tendo um nascimento exaltado, pois muito está ocorrendo com as energias, a fim de nos “movermos” com sucesso.

Exatamente como com cada mês, o dia 11 cria um portal e porque estamos em energias tão intensas agora, com a missão e o propósito distintos de nos levar através do portal, este dia 11 será mais intenso do que a maioria. Mal nos recuperamos das energias do dia 4, e agora aqui estamos sendo impulsionados e pressionados como nunca o fomos. Taquicardia, hiperventilação, sentimentos de grande  stress e tensão, pressão, espasmos musculares (ou como os nossos corpos escolherem reagir individualmente), e oh, o sentimento tão familiar de andarmos em uma estranha densidade, pode estar sempre presente para alguns de nós. As dores do parto estão realmente se aproximando e se tornando contínuas.

Ao mesmo tempo, como mencionei nas últimas mensagens, as re-conexões e desconexões estão sempre presentes, também. Isto é muito comum com uma travessia, mas agora mais do que nunca. A eletricidade pode cair por algum tempo, nossas conexões da Internet podem ser prejudicadas ou parar, podemos nos encontrar afastados de onde geralmente estamos ligados, e qualquer série diferente de situações, todas se relacionando a uma desconexão de nossas grades regulares. Eu fui notificada que todo o meu site e muitos outros estarão se mudando para um novo servidor nos próximos dias. Assim, se houver quaisquer problemas de conexão em um futuro próximo, por favor, sejam pacientes! Sim, o novo está sendo encaixado como nunca antes.

Enquanto avançamos mais ainda e em rápida velocidade, o “velho” é incapaz de manter o controle. Isto significa que os padrões da escuridão do passado não podem ter um ponto de apoio, enquanto estamos nesta intensa transição. E depois que finalmente aterrissarmos em algum lugar muito novo, as coisas serão muito diferentes do que já possamos ter imaginado.

Estamos sendo liberado. E de uma grande maneira. Estamos sendo liberados do domínio dos últimos anos. E depois que os últimos laços forem cortados, e quando os nossos novos espaços estiverem finalmente prontos em todos os sentidos, a liberação final ocorrerá e como um estilingue nos lançando ainda mais longe, finalmente chegaremos a uma terra muito nova.

Do meu coração para o seu,
Karen
 
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

 

 Atualização diária

Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly
* achama.islands.biz.tc/ *

publicado por achama às 07:55
Quarta-feira, 11 / 09 / 13

UM NOVO DIA - Karen Bishop - 09/09/2013

UM NOVO DIA

 

Mensagem de Karen Bishop

 

10 de Setembro de 2013


A partir de Domingo, 8 de Setembro, completamos com sucesso outra fase... quando os planejadores do universo abriram caminho na criação... na própria porta de nossos novos lares.. para assentar a nova base que apoiará a nossa chegada. Sempre que estes tipos de criações profundas ocorrem, alguns podem senti-las no âmago dos seus seres, pois elas penetram profundamente. Somos, realmente, um todo completo e conectado do corpo, com a alma, com o universo e além. Somos realmente um com o cosmos e com toda a criação.
Imediatamente depois que a nova base começou, assim também a integração dela. Assim, enquanto os dias passavam, nós nos adaptamos e nos ajustamos, até que estávamos realmente lá em todos os sentidos. Quando a construção foi concluída, e chegamos completamente nesta etapa nova e muito emocionante, o sol saiu e anunciou um novo dia. Estamos agora em um espaço inteiramente novo... um espaço muito mais próximo à porta divina, real, verdadeira, iminente e honesta que muito em breve estaremos atravessando.
Chegar a um lugar novo sempre traz uma nova clareza, além de uma nova sensação de segurança, também. Quando estamos finalmente em algum lugar, podemos realmente começar a sentir como se estivéssemos no lar, e é um lar que nos escapou até aqui, por muito tempo.
O portal de 22 de Setembro nos trará muito. Este é um momento pelo qual estivemos esperando. O momento pelo qual viemos. A razão por estarmos aqui neste momento, na Terra. O momento pelo qual estivemos esperando desde o nosso nascimento. O momento que nos fez questionar se ele realmente, um dia ocorreria.
Fomos retidos por muito tempo. Estivemos retidos com uma incapacidade de criarmos algo novo... de criarmos o que viemos especificamente criar... começarmos um mundo muito novo em uma paleta muito nova.
Uma das minhas leitoras me escreveu recentemente,perguntando sobre a correlação de 11 de Setembro e agora, 22 de Setembro, pois ela teve uma intuição perspicaz. Estas datas são realmente significativas. Como a maior parte de nós se lembra, em 11 de Setembro começou a abertura de um novo portal. Ele foi projetado para abrir os nossos corações e criar a unidade, ainda que fosse através de uma terrível tragédia. 11 de Setembro foi o início do grande abalo; o início de um processo de ascensão que agora estaria avançando sempre a uma velocidade maior, com um destino muito específico em mente.
Depois de todas as guinadas, mudanças bruscas, atrasos, mudanças de planos e aparentemente um processo interminável da ascensão, desde este período, nós nos encontramos nos aproximando de outro grande portal... o Portal de 11 de Setembro é um evento comum de portal. O dia 11 de cada mês sempre nos impulsiona através de algo novo. Mas o dia 22 de Setembro virá com uma nova e poderosa diferença, e esta é a diferença de ancorarmos e construirmos uma nova estrutura. 22 é o número mestre. Poder, ancoragem, força e estabilidade. E 22/09/2013 juntos se reduz a 1. Novos inícios. Novos inícios incluem o 1 e o 9, significando novos inícios, a partir da conclusão do velho.
Mas, não estamos lá ainda. Uma nova base foi realmente colocada  diante de nossa nova porta, e apenas isto irá nos dar um terreno mais novo em que colocarmos as nossas novas criações. Estivemos parcialmente aqui (na velha realidade e em degraus temporários), mas a partir do Domingo (08/09), estamos mais lá do que nunca, enquanto continuamos a avançar lentamente em nosso caminho, ainda mais próximos de nossa verdadeira porta. E, quando finalmente atravessarmos esta porta, nós nos encontraremos em um terreno completamente novo e a grande criação (como nunca realmente conhecemos, na verdade), finalmente começará.
Do meu coração para o seu,
Karen
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

 Atualização diária

Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly * achama.islands.biz.tc/ *

publicado por achama às 21:03
Terça-feira, 10 / 09 / 13

PREPARAÇÃO - Karen Bishop, 07-09-2013

PREPARAÇÃO

Mensagem de Karen Bishop

7 de Setembro de 2013.
 
 
 
 
No dia 4 de Setembro, quarta-feira, novos caminhos começaram a ser preparados para a nossa transição através do portal de 22 de Setembro. Maquinaria pesada estava em movimento! A porta de entrada para o nosso novo e substancial lar estava sendo preparada. Ela precisa estar brilhante e nova, de modo que possamos atravessar com completa facilidade e em bom alinhamento. O trabalho que está sendo feito está muito, muito, muito próximo da porta da frente de nossos lares muito novos. Estamos finalmente nos aproximando do final de uma fase muito longa. As preparações para a nossa chegada estão em formação como nunca antes.

 
Alguns podem estar se sentindo  esgotados de alguma energia restante que possam ter acumulado até agora, ou  precisam simplesmente se sentar e relaxar por algum tempo, pois não podem fazer muito mais.

Muita coisa esteve ocorrendo enquanto continuamos a nos alinhar a um espaço muito novo. Para alguns, a gripe da ascensão recebeu ainda outro novo controle durante a travessia de Agosto para Setembro. E, para outros que estão começando a se ajustar mais facilmente, pequenos pontos de impulsos de energia criaram vertigens e náuseas. Cada um de nós responde de forma diferente às energias da ascensão e como mencionado na última mensagem, aparentemente em momentos diferentes, também.

Este último movimento que começou no dia 4 de Setembro e que está ainda em progresso, foi um dos mais substanciais. Tosse, pressão na cabeça, fraqueza e a velha e familiar cabeça vazia, com uma incapacidade de acessar qualquer coisa, são ainda mais manifestações desta fase intensa, enquanto continuamos a nos prepararmos (ou melhor, desta vez o caminho está sendo preparado para nós). E novamente, somos todos diferentes e assim, podemos ter experiências diferentes em momentos diferentes.

Estamos nos alinhando. Desta maneira, parte de nós já está agora no novo espaço, enquanto parte de nós está ainda no velho. Podemos saber que estaremos nos mudando para uma nova casa, e talvez atétenhamos a casa reservada, mas não estaremos fazendo o verdadeiro  movimento ainda por algum tempo. Podemos saber que estaremos mudando geograficamente muito em breve, talvez tenhamos sido liberados de nosso velho lar de alguma maneira, ou até começamos a embalagem dos pertences, mas o novo local não se revelou ainda.

E ainda esperamos. Não é ainda o momento em todos os sentidos.
Recentemente, eu li uma história para os meus dois netos gêmeos, chamada: “Você é a minha Mãe?”, por P.D. Eastman. Adoro esta história. Trata-se de um filhote de pássaro que sai de seu ovo, somente para encontrar o ninho vazio. Nenhuma mãe por perto, em nenhum lugar. Ele pula para fora do ninho para procurá-la, ainda que ele seja incapaz de voar. Ao longo de suas viagens, ele encontra um cão, uma galinha, e uma vaca entre outros, e pergunta a todos eles: “Você é a minha mãe?” Ele continua a observar, tornando-se cada vez mais vigilante.

Eventualmente, ele encontra uma imensa escavadora que nega ser a sua mãe, mas o pega e o eleva cada vez mais, até que  deposita o pequeno pássaro de volta ao seu ninho abandonado. Ele estava novamente em casa! Ainda que o seu lar fosse ainda temporário. Logo a sua mãe retorna, e os sorrisos e abraços prevalecem.

Ainda não é o momento para diversificar e ir à busca. Precisamos esperar. Não é o momento para voar ainda. E se nos percebermos tentando habitar as nossas novas escavações e espaços, a mão amorosa de Deus não será capaz de nos encontrar quando for finalmente o momento de avançarmos e abrirmos as nossas asas. Nossos atuais pontos (ou “ninhos”) estão bem onde precisamos estar, ainda que possamos cair fora de nosso atual ninho e começarmos uma jornada sem a elevação muito necessária de nossas asas plenamente  desenvolvidas.Assim, ainda que possamos ter estado encubados em alguns sentidos, o caminho à frente está ainda sendo preparado para a nossa chegada mais completa.

Porque estamos aqui e também lá, as conexões estão mudando também. Nossos computadores podem estar apresentando alguns defeitos, fazendo coisas que não lhes pedimos, ou não fazendo coisas que lhes pedimos! E as conexões podem estar muito lentas ou mesmo interrompidas. Isto foi especialmente verdadeiro durante o período de passagem de Agosto para Setembro. Então, podemos tentar a mesma tarefa em outro momento e subitamente tudo está funcionando de maneira absolutamente normal. Uma nova grade está ainda tornando a sua chegada conhecida e durante estes momentos as “conexões” estão sendo afetadas.

O equinócio de 22 de Setembro será um ponto de exclusão (corte). Uma virada na maré, uma ruptura na estrada, um platô muito novo. Nós atravessaremos de uma terra para outra, por causa dos iguais períodos de dia e noite. Isto cria uma ponte. Um momento onde é muito mais fácil atravessar de um espaço para o outro. Estivemos subindo, subindo, subindo, subindo em uma tentativa de eventualmente estarmos em alinhamento com este espaço muito novo, com um horizonte que é muito mais vasto do que conhecemos por muito tempo.

Uma vez que os viajantes atravessem, haverá então um significativo afastamento do velho. Quando isto ocorrer, poderemos experienciar desconexões dos outros; alguns escolherão partir durante este período, e outros experienciarão maravilhosas reuniões. É difícil entrar muito em detalhes neste ponto, pois o processo da ascensão continua a se revelar no momento, de acordo com a forma com que cada um de nós escolher responder. As mensagens futuras sobre a ascensão terão mais detalhes, com certeza.

Ainda que os nossos corpos possam estar sentindo as energias mais fortes que recentemente se apresentaram, um novo sentido de espaço pode também ser sentido. Ontem e hoje eu poderia realmente sentir a normalidade retornando, a sensação de espaço, e um forte sentimento de lar e do novo, enquanto nos aproximamos mais e mais das margens de uma realidade muito nova. E mesmo que não saibamos para onde estamos indo, Deus sabe. Deus, como sempre está no completo controle.

Do meu coração para o seu,
Karen
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
 Atualização diária

Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly
* achama.islands.biz.tc/ *

publicado por achama às 07:47
Sábado, 31 / 08 / 13

KAREN BISHOP: UI! AI! - 29 de Agosto de 2013

UI! AI!

MENSAGEM DE KAREN BISHOP

 

 

 29 de Agosto de 2013


 

 

Estamos em um mega modo de preparação agora, enquanto nos preparamos para um grande avanço. Assim, desta maneira, as energias estiveram se acumulando de uma maneira implacável. Hoje, dia 26 de Agosto, as energias estranhas e intensamente desagradáveis retornaram, deixando alguns de nós em estados de espanto, confusão e até com sentimentos de estar fora do centro, de agitação e exaltação, enquanto não sabíamos exatamente onde estávamos.

 

Estamos nos movendo, movendo, movendo, preparados para realmente avançar. Como nos últimos momentos durante o parto, imediatamente antes de um nascimento, há muita comoção acontecendo. Desta maneira, somos continuamente deslocados e então desembarcamos novamente em espaços novos e melhores... pelo menos até que experienciemos as energias estranhamente desagradáveis novamente, pois o padrão continua.

 

Noites agitadas persistem, junto com noites de grande sono, mas quanto aos nossos quatro corpos, eles estão realmente recebendo um grande sopro, enquanto o canal do nascimento continua a se colocar sob intensa pressão em nossos eus físicos já exaustos e esgotados. Com este frenesi implacável, há momentos em que queremos simplesmente sentar e chorar rios e rios, e um choro intenso durante algumas fases deste processo é absolutamente normal. Sei que faço muito disto em determinados momentos e isto ajuda a liberar alguma pressão! Quando esgoto uma caixa de lenços de papel em tempo recorde, sei que estamos em uma verdadeira fase de transição. Ui! Ai! E em outros momentos ao longo do caminho, podemos nos sentir derramando lágrimas, sem razão aparente, pois em nossos níveis mais profundos estamos sentindo a grande perda... a grande perda do velho, pois ele está realmente fazendo a sua partida agora.

 

Esta fase mais recente da ascensão (de 2012 em diante), tem sido muito diferente, em muitos sentidos. Um sentido é que agora experienciamos os desafios que a ascensão pode trazer em momentos diferentes. Assim, desta maneira, tornou-se quase impossível escrever uma mensagem sobre a ascensão e apreender todos nós tendo as mesmas experiências, ao mesmo tempo. Nos últimos anos, fiz uma pesquisa para determinar se a localização global fazia uma diferença e, evidentemente que não.

 

Além disto, quanto mais evoluímos, mais nos fortalecemos. Lembro-me de um momento há alguns meses em que eu estava tão esgotada que mal podia me mover... e isto continuou por algum tempo, eu lhes digo! Os não físicos chegaram e me disseram que eu me fortaleceria a cada passo à frente, à medida que ganhasse terreno e realmente eu fiz isto, ainda que eu duvidasse que isto um dia iria acontecer. Este tem sido um longo caminho para o Lar. Espero que isto dê esperança a alguns de vocês. Isto fica mais fácil. Realmente.

 

Para aqueles que têm doenças pré-existentes, estas intensas pressões podem aumentá-las consideravelmente também. Mas, aqui estamos... avançando em um novo e estranho padrão, de modo que estaremos mais intimamente alinhados a onde precisamos estar quando o Equinócio chegar em Setembro.

 

Passei os últimos dias reunindo alguns canais de distribuição do novo livro eletrônico, de modo que os meus leitores possam lê-lo com mais facilidade por qualquer meio que eles possam escolher. Meu Deus, as coisas mudaram lá fora! Este livro eletrônico irá lhes dar informações suficientes para ajudá-los ao longo do caminho e ajudá-los a navegar e a validar tudo por si mesmos. Ele lhes dirá também como as coisas estarão mudando no futuro próximo, e como a vida estará na energia do coração, além de muitas outras coisas sobre o nosso processo ultimamente. Se estiverem na lista, serão notificados quando ele estiver pronto.

 

Hoje, há uma luz brilhando na janela, aguardando a nossa chegada. Estamos nos aproximando mais e mais do nascimento. Que longo parto tem sido. Senhor!

 

Do meu coração para o seu,

Karen

 

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

 

 Atualização diária

Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly
* achama.islands.biz.tc/Webstats4U - Free web site statistics

 

publicado por achama às 09:29
Quinta-feira, 22 / 08 / 13

SINAIS DE PARAGEM. Mensagem de Karen Bishop 22 de Agosto de 2013.

SINAIS DE PARAGEM

SINAIS DE PARADA.

Mensagem de Karen Bishop

22 de Agosto de 2013.

Luzes vermelhas contínuas na parada do trânsito quando poderíamos esperar verdes, portas fechadas que esperávamos que estivessem abertas, filas longas nas caixas de supermercados, atrasos mais do que esperados com assuntos de negócios, ou até talvez atrasos nos encontros... estamos sendo retidos antes que saltemos para águas muito novas e sendo aconselhados a “esperarmos”.
Sim, uma mão amorosa de cima está nos mantendo em xeque, de modo que não avancemos até que seja o momento. Entrar no novo é realmente promissor, e porque estaremos avançando de uma maneira mais substancial, estamos sendo retidos no momento, enquanto as preparações finais estão sendo feitas.
Detalhes mais delicados estão sendo aplicados aos nossos espaços muito novos e expansivos, tudo em prontidão para a nossa chegada, e assim, devemos continuar a esperar. Não apenas estamos sendo mantidos em xeque, mas podemos também perceber que estamos sendo empanturrados e nutridos bem onde estamos atualmente. “Sentirmos coisas boas” pode estar acontecendo para nós, um estranho acolhimento com os braços abertos e assim por diante, enquanto as nossas atuais posições estão também no grande plano e queremos ter certeza de permanecermos firmes por mais algum tempo.
A maior parte do novo já foi reunida, criado de novo e feito especificamente para nós, e o que resta, são detalhes mais delicados... coisas agradáveis... coisas que tornarão cada espaço, especial. É isto que está ocorrendo agora. Podemos estar nos sentindo muito mais fortes nos últimos dias e para alguns de nós, podemos perceber que fomos capazes de fazer muito mais do que em momentos passados. Mas, ainda que precisemos nos ocupar no momento, podemos constatar que somente ficamos envolvidos em coisas fáceis, breves ou temporárias que não permitirão muito envolvimento futuro.
Porque conquistamos muito terreno, a energia do milagre está espreitando novamente. Uma mulher idosa dirige-se para um hospital para uma cirurgia agendada, pedindo anteriormente que orem por ela, e lá chegando o cirurgião lhe comunica que a cirurgia não é mais necessária. Um homem que passou por uma séria cirurgia e teve complicações durante várias semanas, e os seus entes queridos não tinham certeza de que ele sobreviveria, está subitamente de volta a sua rotina muito normal. Outro idoso está em uma profunda remissão do câncer e agora de volta a uma vida normal. Uma mulher que está agendada para uma cirurgia se lamenta de que ela ficará isolada e sozinha durante a sua recuperação, mas encontra inúmeros cartões, e-mails, visitas e refeições que lhe foram enviadas por um grupo de amigos que ela nunca realmente soube que realmente tinha. Estas são algumas das ocorrências em minha área pessoal nesta semana.
E, ainda que entremos e saiamos com as energias do novo, muito do novo foi agora colocado, e em determinados momentos ele espreita as nossas vidas, dizendo-nos o que está existindo bem ao nosso lado, apenas esperando a nossa ocupação contínua. Estive vendo uma epidemia de borboletas ultimamente. As belas criaturas ao redor, surgem aparentemente em todos os lugares em que eu vou, e até mesmo em materiais impressos e assim por diante. A longa crisálida está prestes a se abrir.
O dia 21 de Agosto, permitiu que a nova energia alcançasse mais plenamente os degraus de nossas portas, após dois dias muito estranhos da energia mais misteriosa e emocionalmente desconfortável que senti até aqui. Oh, o mau humor! Mas agora estamos aqui, em um belo espaço novamente, e assim vai. Ainda que estejamos atualmente sendo retidos, de modo que não avancemos muito cedo, as coisas estão, como sempre, no caminho certo.
Do meu coração para o seu,
Karen
Tradução:Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
 Atualização diária

Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly
* achama.islands.biz.tc/

publicado por achama às 16:57
Sábado, 17 / 08 / 13

NOVOS ESPAÇOS CHEGARAM... - Karen Bishop

NOVOS ESPAÇOS CHEGARAM...

Mensagem de Karen Bishop

16 de Agosto de 2013.

Novos espaços chegaram e nos aproximaram ainda mais do portal de 22 de Setembro. A grande calmaria dos últimos dias e semanas subitamente se irrompeu em ainda outro espaço, avançando para novo terreno. Na mensagem do início de Agosto, o próximo espaço para nós foi delineado com detalhes, e agora ele chegou muito mais plenamente, através do portal de 11 de Agosto.
Ter uma noite insone e agora mais doenças físicas familiares, saudou a chegada deste novo espaço. Quando percebemos que não importa o que façamos, o sono nos ilude e lá ficamos deitados, olhando para o teto (ou quaisquer opções que cada um de nós possa escolher!), durante horas aparentemente intermináveis, é quase sempre porque estamos próximos a um novo patamar. E nos últimos dias, e especialmente durante este período de prontidão para o equinócio, dores no corpo e fadiga podem nos afligir, enquanto continuamos a nos ajustarmos a um novo terreno que tenha uma vibração mais elevada.
Nosso novo espaço chegou para nos apoiar mais plenamente em nossos novos empreendimentos... ou melhor, no que estaremos “fazendo”, o que é para muitos praticamente o “mesmo velho”, mas com mais mudanças repentinas e regalias que servirão para tornar as coisas mais toleráveis. Nas mensagens anteriores isto foi descrito como iniciar exatamente de onde paramos e seguindo a partir daí. Enquanto chegamos agora em um lugar novo, as coisas podem ter se unido com mais facilidade, pode haver mais apoios agora e, em geral, talvez um sentimento de algum avanço.
Porque continuamos a avançar em passos lentos, porém firmes, estamos basicamente chegando a algum lugar muito novo, através do modo com que construímos o anterior. Assim, desta forma, podemos ainda estar em velhas posições, mas estamos agora percebendo que estamos acrescentando a elas ou as expandindo de alguma maneira. Seja qual for o caso, finalmente nos encontraremos em algum lugar muito novo e não será um choque quando chegarmos, pois estes passos lentos e firmes estão permitindo uma integração muito mais fácil. Enquanto eles se formam sobre o outro, acrescentando algo novo a cada avanço, eles resultarão finalmente em algo completamente novo e algo que nos encaixa em cada sentido.
Enquanto continuamos a avançar, iremos perceber que estamos ganhando força também. Isto se deve ao fato de que a nova realidade adquiriu mais terreno e agora temos muito mais em que ancorar. Mas devemos também saber, que no devido tempo, esgotaremos e nos cansaremos deste novo espaço e ficaremos desanimados, mal-humorados e apáticos... mas este estado é, como sempre, muito temporário e passará, uma vez que avancemos novamente.
Do meu coração para o seu,
Karen
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
 Atualização diária

Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly
* achama.islands.biz.tc/

publicado por achama às 09:47
Quinta-feira, 15 / 08 / 13

A SEPARAÇÃO SE INICIA - Karen Bishop

A SEPARAÇÃO SE INICIA

 

14 de Agosto de 2013.

 

Mensagem de Karen Bishop

 
 No dia 1º de Agosto, experienciamos um pequeno impulso como muitas vezes ocorre no início de um novo mês, ainda que este fosse um ligeiro desvio comparado à encruzilhada que experienciamos em 1º de Julho.
Isto criou limpezas dentro de alguns de nós, enquanto continuamos a nos ajustar a um novo espaço no cosmos. Então, alguns reconquistaram a sua força e atravessamos o portal de 11 de Agosto, mas este portal foi apenas um desvio, quando comparado a outros do passado.
Ainda assim, estamos agora colocados mais próximos ao equinócio de Setembro (mais disto adiante), e porque estamos nos aproximando ainda mais, a separação e as divisões estão começando a se formar. Há vários meses, cada um de nós foi “avaliado” em relação a onde  nos encaixaríamos melhor nos próximos tempos. Isto não foi de forma alguma um julgamento, apenas um alinhamento de acordo com onde estávamos no momento e como estávamos evoluindo. Nas últimas mensagens isto foi referido como iniciarmos novamente, exatamente de onde estávamos colocados quando o plano da ascensão mudou em 2010. Assim, para alguns, o período de alcançar o resto do planeta que ocorreu em 2011 e 2012, esteve sujeito a controvérsias, mas necessário. 2013 trouxe outra oportunidade para todos nós (mais sobre isto mais adiante).
Como mencionado nas últimas mensagens, o processo da ascensão progride de acordo com que cada um de nós responde, e desta maneira, tem sempre havido muitas mudanças repentinas e reviravoltas ao longo do caminho. Mas a mudança predominante é sempre o fato de que pontos “interrompidos” nem sempre são fáceis. Onde é que iremos estabelecer limites entre quem está mais preparado do que outro? E se a maioria de nós estiver ligada a outros, e os outros estiverem ligados a outros, ainda que nem sequer os conheçamos, então, como no mundo, isto poderá um dia ser resolvido? Onde cada um de nós pertence?
Em Julho de 2012, fomos bombardeados por uma enorme quantidade de energia de vibração muitíssimo elevada, começando em Fevereiro deste ano, e junto com este contínuo e grande impulso de energia, uma grande quantidade de limpeza também ocorreu. Dizer que as energias durante este período foram implacáveis seria um relato suave. Assim, neste intervalo alguns foram, literalmente, atirados em uma nova dimensão. Os precursores queriam avançar. Eles estiveram pacientes durante um bom tempo. Eles estavam preparados. Este era o seu desejo. Mas então... João quis levar Stephanie e Susan não consideraria ir sem a prima Louise, e Beth não queria deixar para trás o seu ex-marido. Afinal, ele  era o pai dos seus filhos, e assim por diante, assim o plano foi descartado. Divisões foram realmente tentadas (isto ocorre quando alguém que podemos ter tratado muito bem, subitamente se comporta conosco de forma terrível; nós então nos sentimos extremamente magoados e uma separação deve ocorrer. Tudo divinamente orquestrado aos níveis da alma). Mas, ainda assim, foi enfim decidido que daríamos ainda mais tempo ao processo novamente, e assim o fizemos. E, por causa disto, para muitos de nós, tem sido uma jornada muito longa.
Quando entramos em 2013, cada um de nós teve uma oportunidade de se conectar com algo novo... com algo que em breve estaríamos muito mais próximos do que nunca, enquanto estávamos nos dirigindo para uma dimensão muito nova... e esta nova conexão se tratava de Deus e da energia do amor. Assim, durante este tempo, muitos indivíduos fizeram mudanças internas a fim de se prepararem e outros não precisaram fazer tantas mudanças, pois eles já estavam bem preparados.
Para muitos de nós, após estas recentes energias, a essência dos nossos seres foi exposta, deixando em seu rastro, um autêntico e verdadeiro eu no centro de tudo isto. Será que precisamos tentar árdua e diligentemente tornarmo-nos nossos eus autênticos e um ser que incorpora mais plenamente a Divindade? Eu não acredito que precisemos fazer algo. Precisamos simplesmente ser nós mesmos... quem realmente somos... pois Deus nos ama incondicionalmente da mesma maneira que podemos vir a amar a Deus.Uma via de mão dupla e nada precisamos fazer, sob qualquer condição. As energias da ascensão têm feito a maior parte disto para nós. E ao sermos quem verdadeiramente somos, estamos, em essência, aceitando-nos incondicionalmente, assim como Deus sempre fez.
Durante este período de 2013, também, como mencionado em uma mensagem anterior, estivemos nos movendo lentamente em nosso caminho para uma nova dimensão, um espaço ou trampolim de cada vez. Irrompemos em um novo espaço, consumimos o espaço integralmente, em um período muito curto do tempo, e então estamos de volta no modo de transição novamente... conectados a nada, pois o modo de transição é apenas isto... temporário.
O Equinócio que está se aproximando em Setembro, será um ponto muito essencial. É, basicamente, o final de uma fase específica de transição. E por causa disto, estamos agora começando as separações quanto a quem irá por este caminho e quem irá por aquele caminho. Mensagens anteriores falaram disto também. Nós ou iremos por um caminho, ou por outro. Alguns estarão almejando a energia de Deus, do amor, e tudo isto vem com ela, pois é o bálsamo sem o qual não mais podemos viver, e outros estarão mais preocupados em criar novas habilidades que estarão sempre elevadas. Escolhas erradas não são possíveis, pois estas escolhas são individuais e se ajustarão a cada um de nós, em todos os sentidos. Isto não está bem claro, eu percebo, nesta descrição, assim eu tentarei simplificar as coisas, dizendo que isto será abundantemente claro quando as energias de Deus e do amor não estiverem presentes. As coisas irão parecer bidimensionais, monótonas, improdutivas e como se algo estivesse realmente sendo omitido, quando esta energia não estiver presente. Isto se dá com a unidade também, pois uma nova e sempre presente unidade será fundamental, resultando na comunhão e no pensamento de comunidade, acima de tudo o mais.
Todas estas coisas chegarão instantaneamente após 22 de Setembro? Raramente isto ocorre, mas uma coisa é quase uma certeza. Os indivíduos irão se unir e começarem a se ligar, dependendo de que energia ou “porta” eles entraram ou escolheram. E por causa desta separação de escolhas e de desejos, haverá um momento de jogo das cadeiras ao redor. Haverá também, maravilhosos laços criados entre os indivíduos que abrangerão a energia do coração e, desta maneira, alguns finalmente se unirão aos seus perfeitos companheiros.
Ao observar o portal de 22 de Setembro através destes olhos, há um grande corte neste período... como um monstruoso penhasco que surge de repente do nada... o final da estrada. Os grandes degraus que estivemos ocupando e que abrangem a estrada e então... simplesmente terminam em um rápido corte. Poderia parecer terrível, mas duvido que será terrível, sob qualquer condição. Significa simplesmente que este período do equinócio durante este processo tão longo e interminável, será fundamental.
Assim então, os últimos dias, tem sido uma conversa fiada. Não muito de novo chegando, pois as coisas serão bem diferentes em várias semanas. E, por causa disto, pode ser quase impossível tomar qualquer tipo de decisões sobre a maior parte das coisas, porque as coisas realmente mudarão. E, porque estamos no platô da transição, e não estamos conectados plenamente, possivelmente não podemos saber ou “ver” muito à frente também. Pode parecer que quando tentamos realizar algo, parece que entramos em círculos intermináveis e não chegamos absolutamente a lugar algum. Ou podemos simplesmente ser continuamente bloqueados em todas as direções e com grande parte de tudo, ficamos tentando. Estamos “à espera”. Estamos à espera de chegarmos a algum lugar muito novo... e seguindo em círculos se nos tornamos impacientes. O que estamos tentando realizar, provavelmente, será desnecessário de qualquer maneira, pois não irá se encaixar com o novo que nós somos, que está prestes a entrar. Podemos então descansar, exalar e nos aquecermos na consciência de que todas as nossas necessidades serão satisfeitas neste novo e diferente espaço, sem que estejamos tentando arduamente qualquer coisa, como o fizemos até agora.
Além da energia do “nada de muito acontecendo”, estamos também experienciando muitas limpezas e os seus  sintomas relacionados estão presentes agora, assim como estamos também nos preparando para esta transição muito nova e intensa.
A jornada tem sido realmente longa. A velha realidade tem sido tão alongada quanto possível. Porque o processo esteve continuando por tanto tempo, a fim de que a velha realidade se sustente, ele foi transformado em algo estranho e, às vezes, berrante e confuso. Ele quer que nos mantenhamos a salvo, porque, afinal, temos que viver em algum lugar, por enquanto. Assim, se tentarmos nos conectar com algo, ou criarmos um novo empreendimento, por exemplo, provavelmente estaremos nos conectando com o velho... com algo que se transformou em uma estranha extensão de um mundo delirante, enquanto ele espera que o processo de ascensão obtenha a sua posição de uma forma mais completa. Estamos no término do velho, e devido a isto, o mundo, em geral, em que estamos residindo agora, tem parecido, para alguns, muito estranho, desconfortável e terrível.
Nossos corações amorosos irão se unir. Absolutamente, irão se unir. E quando isto ocorrer, poderemos chorar. Sim, podemos chorar em gratidão por um tempo que está finalmente aqui e a recordação do que sempre soubemos.
Do meu coração para o seu,
Karen
 

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
 
 Atualização diária
Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly * achama.islands.biz.tc/ * Israel ou Cazária!?
publicado por achama às 07:50
Sexta-feira, 02 / 08 / 13

ATRAVESSANDO AGOSTO - Mensagem de Karen Bishop

ATRAVESSANDO AGOSTO

Mensagem de Karen Bishop


2 de Agosto de 2013.

Na segunda-feira, 29 de Julho, demos início a outra preparação para o novo espaço. Velhos “caminhos” foram “re-pavimentados” para a nossa chegada. Isto significa que podemos estar entrando em um antigo ou anterior território, mas de uma nova maneira, ou com melhor ânimo, ou mesmo com algumas melhorias, que tornarão estes espaços mais toleráveis do que foram no passado. Espero que tudo isto faça sentido.

Esta re-pavimentação começou na Segunda-Feira e está ainda em andamento. Podemos primeiro ficar bloqueados, sem acesso, enquanto a pavimentação continua, mas, eventualmente, seremos capazes de encontrar novamente o nosso caminho de volta para casa, ainda que estes novos lares ou espaços sejam temporários. Mas mesmo sendo temporários, estes novos espaços estão muito mais próximos dos nossos “sonhos”, ou verdadeiros eus, de nossos eus centrados no  coração, e nos acomodarão mais do que em qualquer momento do passado. Estamos basicamente ganhando uma parte de nossa nova realidade, mas não o total dela.

Por estarmos atravessando o ponto fundamental entre um mês e outro, as energias do curso aceleraram novamente. Isto significa que estamos pessoalmente inclinados a experienciar as energias de vibração mais elevada em nosso interior e então assim o faremos. As energias que envolvem o peito e o coração podem se tornar intensas, nossos músculos podem ficar tensos (como eles frequentemente fazem), podemos começar a liberar mais através de nossos corpos com o advento de um “impulso” mais intenso de cima, as áreas fracas do nosso corpo podem se tornar comprometidas, podemos experienciar uma fraqueza geral e global, termos uma sede incomum, ou apenas nos sentirmos super ativos ou mesmo exaustos. Como sempre, é melhor consultar o seu médico, pois neste tempo da ascensão, as verdadeiras e legítimas doenças podem ocorrer para muitos (devido a intensa pressão e stress a longo prazo em nossos corpos).

Continuamos a nos aproximar da nova realidade da Terra, dando pequenos passos, pois estamos tentando “alcançá-la” e então, em algum ponto, estaremos lá em todos os sentidos. Desta maneira, vamos realmente lá por breves períodos de tempo, mas então escorregamos de volta.

Em alguns sentidos, este processo me lembra do filme “A Casa do Lago”, com Sandra Bullock e Keanu Reeves. Ela vive dois anos à frente dele no futuro, mas eles são capazes de se corresponder através de um correio que transcende o tempo e as dimensões. Eles tentam se encontrar várias vezes, mas não podem. Em uma cena, ele tenta se conectar com ela no físico e é morto por um carro, quando ele está atravessando a rua para alcançá-la. Ela, vivendo dois anos à frente dele, está consciente disto e então lhe implora que “espere os dois anos”, que é o período de tempo que os separa. Ele eventualmente o faz e eles finalmente se encontram e vivem felizes para sempre, em total felicidade. Mas enquanto eles estavam esperando, eles se sentiam miseráveis!

Muito complicado para explicar aqui (e vale a pena observar), mas é o mesmo para nós. Devemos esperar os dois anos (2012 e 2013), antes que lá estejamos em todos os sentidos. Se tentássemos seguir com muita rapidez e acelerássemos, movendo-nos muito rapidamente entre as dimensões, isto colocaria uma ameaça tão grande aos nossos corpos, que provavelmente não sobreviveríamos. (Uma breve nota: Embora seja muito provável que tenhamos alcançado um espaço surpreendente no final de 2013, o processo da ascensão nunca é previsível, nem permanece no cronograma o que foi pretendido! Contudo, como está escrito, é suposto que no final de 2013 nos vejamos em um espaço totalmente diferente. E enquanto continuamos a avançar, ainda que não estejamos lá em todos os sentidos, começaremos a nos sentir melhor e estaremos em melhores espaços, enquanto a jornada prossegue.)

Uma coisa que pode nos auxiliar neste período é estar no momento. E, enquanto no momento, lembremo-nos que cada momento é estimulante e novo, cheio do amor de Deus. Além disto, o fato de que estamos em espaços muito novos, em que nunca estivemos antes (dentro do cosmos e de nós mesmos), a reprodução do passado não é necessária que ocorra para nós. O processo da ascensão está nos mantendo ancorados de qualquer maneira, com toda a energia de pressão pesada e implacável, não nos dando opção de retornarmos.

Outra coisa que deve ser útil a lembrar é que quase sempre atingimos o fundo do poço, pouco antes de entrarmos no novo espaço. Isto é porque “consumimos” todo o espaço que criamos e estamos preparados para mais. Desta maneira, podemos ficar bloqueados, presos, desanimados, vazios, e, basicamente, sentirmo-nos consumidos! Para muitos de nós, somos um microcosmo para o Planeta Terra. Um perfeito espelho. Assim, quando não há espaço que reste em nossa jornada, de passos para a nova realidade e a nova terra, podemos realmente senti-lo.

Esta tem sido uma jornada profundamente desafiadora e terrível para muitos de nós. A fé radical é o que é necessário aqui, pois é muito comum quando no túnel da transição, que nada possamos ver. Este processo não irá durar eternamente, ainda que às vezes, certamente pareça que sim. Há um final. Haverá mudança. E quando nos sentirmos excessivamente cansados, desanimados, esgotados e desamparados, poderemos nos lembrar que cada um de nós tem zeladores amorosos, enviados por Deus, que estão observando cada movimento nosso, cada humor, cada lamento nosso e cada desafio, e estes zeladores estão garantindo que permaneçamos seguros, apoiados e cuidados, até que alcancemos o nosso destino derradeiro. Não estamos nos agitando lá fora, sozinhos. E Deus, é claro, ama-nos também.

Do meu coração para o seu

Karen


Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br


 Atualização diária
PORTUGUÊS

Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly
  ~ achama.islands.biz.tc/

publicado por achama às 19:37
A Luz está a revelar a Verdade, e esta libertar-nos-á! -Só é real o AMOR Incondicional. -Quando o Amor superar o amor pelo poder, o mundo conhecerá a Paz; Jimi Hendrix. -Somos almas a ter uma experiência humana!

mais sobre mim

Agosto 2017

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

últ. recentes

  • "Hoje é um homem de missão cumprida, engenheirão v...
  • Bacana esse post, vou compartilhar no facebook, cr...
  • O Sathya Sai Baba ainda está entre nós e vive na Í...
  • Olá, obrigado pelo comentário.Sempre que dermos ou...
  • Sempre que dermos ouvidos à voz que vem do coração...
  • Ola Manuel, muita luz para você ,é a primeira vez ...
  • fale alguma coisa,de mim sou poliana miguel
  • Você fala com anjos ,pede um deles mandar uma mens...
  • A "vida real" é uma ilusão Toda a matéria é formad...
  • Bom dia,reparámos que o seu blog faz uso de textos...
  • O Amor é tudo o que existe e na sua mais pura exên...
  • usando uma metafora descrevendo a vida real, e nao...
  • o odio deve-se à permissao do mal andar entre nós,...
  • Obrigado pelas suas palavras. Fiquei a conhecer po...
  • Adoro este artigo. Já tinha conhecimento do assunt...

blogs SAPO


Universidade de Aveiro