A Chama da Ascensão

pesquisar

 
Terça-feira, 14 / 01 / 14

A morte é apenas um convite à felicidade em novos cenários

A morte é apenas um convite à felicidade em novos cenários

Elohim -- 13.01.2014

 Vinícius Francis

 
Paul Walker
 
Pergunta: O nosso espírito tem o poder de nos manter na vida terrena, independente dos inúmeros riscos ou intempéries pelos quais passamos durante a existência ou encarnação. Tal permanência se dará em conformidade com as crenças, posturas, sentimentos e atitudes que desenvolvemos. Se nos mantivermos no estado permissivo do BEM, certamente essa vida será compatível e mais longa. Por outro lado, se não soubermos utilizar nosso poder pessoal e nos desviarmos deste caminho, o espírito não vê sentido em nos manter e procede à retirada do corpo físico. Por que, pessoas que vibram em uma frequência positiva, alcançam o sucesso sem soberba, são jovens, amáveis, generosas, belas, saudáveis, são retiradas do corpo em situações inusitadas como desastres ou mortes súbitas, como ocorreu com o ator Paul Walker?
 
Elohins: Por que seres tão amáveis quanto vocês, que possuem uma essência divina, uma natureza formidável e que são literalmente a expressão física do criador nutrem tantos sentimentos negativos, pensam em coisas que definitivamente não concordam com quem são, assumem posturas interiores que desprezam a grandeza do vosso eu e se dão a infelicidade de se negarem o Bem tantas vezes?
 
Achamos esta pergunta mais apropriada dentro do que está sendo levantando aqui em termos de assunto. Porque ao olharmos para a morte, do nosso ponto de vista vibratório, não “digerimos” o que os humanos normalmente mencionam como “fim trágico”. Ou não compreendemos que ligação este evento maravilhoso (morte) teria com o fato de o indivíduo ter sido permissivo e feliz em sua vida. Não irão todos morrer?
 
Bons ou maus, permissivos ou resistentes, ricos ou pobres, negros ou brancos, gordos ou magros? Se o fim de tudo que habita sobre a Terra de fato é a morte, então não teria por que explicar o tema da pergunta. Por mais permissivo que alguém entre vocês seja, também irá “morrer”, como gostam de dizer aí.
 
Seria como se deste lado da moeda, questionássemos: Por que um espírito em expansão eterna, livre da maioria das resistências da matéria, decide retornar a ela e nascer novamente entre os seres físicos? Porque ele anseia por uma nova experiência onde absorverá mais aprendizado, seria a resposta. E seria a mesma resposta no caso de quem sai daí e vem para cá, todos vocês reencarnam ou desencarnam pela experiência.
 
O fenômeno da morte pode ocorrer por vários “fatores” físicos. Um deles é a resistência, quando acumulada demasiadamente, há o desprendimento da matéria pelo fato do espírito encontrar-se “inibido” pela parte física (arbitrária) de se expressar livremente. 
 
Então, ele decide como ponte para o seu bem, dar por encerrada uma jornada que não está compensando tanto. Ou este fenômeno pode ocorrer porque simplesmente o espírito deseja seguir em frente e viver novas coisas e isso não tem ligação direta com o comportamento do mesmo sobre a crosta quando encarnado.
 
A morte é um evento inevitável para vocês e não podemos dizer que ocorrerá de uma determinada maneira e nem por “certo motivo”, cada espírito se desprende por suas próprias razões. Cada centelha decide o caminho que é melhor para si. O amigo citado que regressou ao não físico não realizou sua transição porque estava “empacando” a energia não física ou porque tinha uma missão e esta foi encerrada. Ele desprendeu-se da matéria porque sua fonte interna escolheu seguir adiante e apenas por isso.
 
Seria como se alguém de vosso contexto de amizade, de repente, dissesse a vocês: 
 
_ Vou mudar de país. 
 
E vocês o questionariam: _ Mas, por quê? Você parece ser tão feliz aqui? Parece que as coisas vão tão bem pra você, então, não há motivos para desejar ir embora! 
 
E a pessoa então, retruca: _ Quero viver coisas novas, quero descobrir um mundo diferentes, com pessoas diferentes e coisas diferentes!
 
Pode parecer escandaloso para vocês, mas a vossa própria felicidade pode convocar a morte, se esta for a melhor maneira de expressá-la para o vosso espírito. Às vezes, estão tão felizes, as coisas aí na Terra estão dando tão certo e estão se realizando de tal maneira que simplesmente decidem deixar tudo para descobrirem o que tem atrás da “montanha”.
 
Mas, por que fazem assim, visto que logicamente seria “estranho” um ser abandonar seu corpo físico justo quando tudo está indo muito bem? E diríamos que não haveria melhor momento do que esse, porque o desencarne ocorreria muito mais tranquilamente, pois o estado de permissão do indivíduo quando está feliz faz com que a experiência seja agradável em todos os aspectos.
 
Um espírito pode “largar” a matéria no auge do seu sucesso porque a sua fonte sabe que toda sensação de felicidade, realização, êxtase, entusiasmo e alegria é provocada por ele e não pela exteriorização da felicidade.
 
Aquele que se realiza na vida física é porque descobriu de alguma maneira que a sua alegria está em si mesmo. E se ele desencarna em meio a esse estágio levará consigo a mesma essência que novamente transformará a nova experiência na mesma coisa.
 
A morte é uma benção! É apenas uma mudança de cenário, não se assombrem tanto! Sabemos que sentirão saudade dos que ficarem, entretanto, o desprendimento da matéria não representa em momento nenhum que se desligarão dos que amam! O vosso amor sempre seguirá convosco e é ele que vos preenche e vos confere a paz e o alívio.
 
O amigo que se desprendeu aparentemente tão jovem foi conduzido por sua fonte a novas experiências no não físico e toda essência que se externou nas conquistas pessoais dele seguirá adiante em sua companhia para realizá-lo como centelha da fonte em novos caminhos. Mas, ele deixou algo, algo que pode servir muito para ensinarmos a vocês que é o seguinte:
 
Seja quarenta, trinta, sessenta ou oitenta anos que viverem sobre a crosta da Terra nesta identidade, mas que todos esses anos valham à pena! Que vocês se realizem, que façam a vontade de vosso guia interno (alma), que vivam aquilo que vos motiva, que ensinem aos outros através da experiência que é possível ser feliz e viver a realização de vossos sonhos. 
 
Pessoas como este amigo que há pouco tempo retornou ao seu estado não físico ao deixar seu corpo sólido ainda em sua juventude quis vos mostrar que a felicidade não tem idade, nem tempo e nem empecilhos para “ser” quando verdadeiramente se é assumida. Não lamentem por ele, pelo fato de ter seguido adiante.
 
Observem sua vida, seus feitos, seu sucesso, sua realização como ser humano e vejam-no como alguém que foi feliz na medida de sua própria permissão e abertura. Quantos de vocês vivem o dobro de tempo que ele viveu aí nesta vida e nem sequer conseguem ser livres para serem quem são em honestidade? Quantos criam seus filhos, netos e bisnetos e não conseguem externar os dons do próprio espírito ou satisfazer as vontades da alma?
 
Quantos estão doentes nos hospitais experimentando a dor de se forçarem por tanto tempo contra a correnteza, carregando ideias negativas, comportamentos que não eram coniventes com sua própria natureza com o objetivo de ser algo para o mundo, abandonando a si mesmos para serem o que não são? Vocês conhecem muitos nesta condição. Claro, ninguém os julgará, todos fluem como conseguem e permitem fluir e o Bem “chama” a todos de igual maneira.
 
Estamos nos referindo aos frutos e resultados da equação das vibrações. Ao contrário do amigo citado na pergunta que deixou seu corpo físico de uma forma muito rápida e dentro do que mais o inspirava na arte do seu trabalho. Despiu-se da matéria e vos mostrou que não importa o tempo, a maneira ou onde as coisas acontecem, importa é que seja intenso, que tenha significado, que seja colorido e feliz.
 
Porque logo a vida em que estão passará como a página de um livro e não mais retornará a vocês. Desfrutem desta página, vivam vossa experiência atual da forma mais feliz possível, façam aquilo que gostam, sigam os desejos do vosso coração e sejam fieis a si mesmos na essência da natureza do vosso Eu. 
 
Isso é o que realmente importa! E quando o desdobramento ocorrer, bom, quem partirá é um ser humano que compreendeu o seu Universo e nele fundamentou o seu viver. E o que esperará vocês do outro lado? Apenas mais disso, porque não há fim para a felicidade, a morte não é o fim para ela, é apenas um convite para continuá-la em outro cenário, porém, com o mesmo sentido, porque o sentido de tudo não está nos cenários, mas sempre em vocês. 
 
Amamos a vida, antes ou após a “morte”. Tudo é sempre a vida e não há mais nada além disso em todo Universo. 
 
Haja Luz!
 
 
 
Por favor respeite todos os créditos.
 
 
 Atualização diária
Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly * achama.islands.biz.tc/ * achama.webs.com  
publicado por achama às 00:36
Quinta-feira, 26 / 12 / 13

Apenas a felicidade e nada mais

Apenas a felicidade e nada mais

 

Elohim -- 24.12.2013

Através de Vinícius Francis

 
 
Que o Amor maior vos invada e sobremaneira vos preencha. Vocês são filhos e obras da luz e para vibrarem na luz foram criados. Vocês são o sentido da existência de Deus porque é através de vossos sentidos que ele toma exata consciência sensível de si mesmo. A expressão do Criador é a vossa expressão, pois em vossos gestos e em vossa vida ele ricamente se expressa.
 
Vocês são obras da mais sublime paz e através do caos e do contraste convocam mais e mais da verdadeira paz. Porque a paz é consequência do caos. Parece estranho, mas analisem: O caos vem para que nele a paz resplandeça e “seja”. Sem o caos, a paz não “seria”, pois é nele que ela se fundamenta e se exibe em toda sua verdade e grandiosidade.
 
Amigos do orbe azul, é através de vossos problemas que as soluções são evidenciadas. É graças ao tumulto da vida física no qual vocês imergem por escolhas próprias que todas as bênçãos são clamadas e pedidas por cada um de vocês. E todos os humanos são responsáveis pelas soluções.
 
Vossa tristeza quando estão em desalinhamento com vossa verdade e essência feliz cria para o Universo através do “convocar” mais e mais da genuína felicidade. E dizemos tudo isso, não para que pensem que necessitam sofrer para que possa haver mais do Bem. Dizemos com isso que em nenhum estado, em nenhum caminho traçado neste Universo por qualquer consciência viva existe a criação de algo que não seja o Bem.
 
Desejamos que percebam como tudo o que vocês fazem é grande e sublime! Mesmo nos momentos difíceis vocês são perfeitamente capazes de criar o melhor. O melhor no pior. É isso que vocês criam incessantemente. 
 
Quando se atordoam em vossos questionamentos, em queixas e em murmurações por questões da vida física que parecem não se resolver, internamente vossa fonte vos diz, inconscientemente o sinal que ela emite é este: Que Haja Luz e que se faça a solução!
 
Seja para o que for e em qual situação for, a Luz da existência divina em vocês é capaz de criar e de dar vida a qualquer solução. E é nisso que queremos que acreditem visceralmente. Todo convocar do homem é sempre a favor do Bem no Universo, porque todas as coisas, embora muitas vezes pareçam más, existem para que o Bem se evidencie e permaneça em foco.
 
Vocês são a extensão da plenitude desse Bem, então como criariam o mal? Vosso mundo está indo perfeitamente bem, pois através dos famosos “desacertos” e do que parecem ser os “erros” as soluções estão vindo e se aglomerando sobre vossas cabeças. Estão, todos, atraindo as mais lindas soluções e não há nada que, em essência, estejam atraindo a não ser isso.
 
A vossa experiência sobre o orbe azul é perfeita! Não estão errando e não há outra coisa que devessem fazer que não seja o que estão fazendo neste exato momento. Não estão pecando porque Deus não vos culpa por coisa alguma, antes, é ele mesmo que vos permite viver e experimentar de qualquer coisa, porque é no experimentar que mais uma vez, o “Viver” se evidencia e onde o viver se evidencia o Bem se faz presente, o Bem “é”.
 
A vida vos foi dada pela fonte, o Bem vos foi concedido por ela e sustentados no infinito Bem todos vocês prosseguem. Abracem vossa divina essência criadora. Dizemos essas coisas para que compreendam que sempre estão certos, estão sempre certos na medida do certo e do melhor de cada momento.
 
Pois se relaxarem na ideia de que tudo está indo perfeitamente bem, aliviarão vossa energia que constantemente é “travada” pelas ideias torpes que nutrem de erros e desacertos. Neguem isso, há tentativas e experiências. E afirmamos que não há nada mais, além disso, em lugar algum! Não estão servindo a ninguém e nem devem explicações ao Cosmos, pois ele vos faz expandir e expandir eternamente para que simplesmente vivam. Não há juízos, somente aprovação desmedida sobre vocês, sublimes seres físicos!
 
Soltem os erros, as culpas, os medos e as ideias de que precisam corresponder a algo, deixem-se levar pelo Bem, permitam-se serem levados pela correnteza da vida de Deus. Ela vos faz navegar sempre no melhor, ela vos faz navegar sempre na maré da felicidade e é para isso que vocês estão vivos.
 
Se soltarem-se dos laços das resistências vossa eterna viagem prosseguirá harmoniosamente e perceberão em pouco tempo que não comentem mais o que chamam de “erros”, não farão mais aquelas coisas que vos sujeitavam à dor porque quanto mais tentavam consertá-las sob a ideia de que necessitavam acertar, mais erravam, porque o medo de errar vos fazia acreditar que erravam e mais, vos sujeitava ao sofrimento, o sofrimento que definitivamente não merecem e que podem se livrar, se desistirem de culpar a si mesmos.
 
Entreguem-se sem reservas ao vosso melhor interno e notarão que todos os acertos que sempre desejaram realizar vos seguirão e serão vossos constantes aliados. A sorte desce convosco correnteza abaixo, a prosperidade desce convosco correnteza abaixo, as bênçãos descem convosco, as realizações, os sucesso, tudo o que desejam, desce com vocês correnteza abaixo e o que verdadeiramente precisam é se lançarem correnteza abaixo.
 
Na mais profunda ideia, na mais visceral crença de que é a felicidade e nada mais. Somente a felicidade, somente o Bem enquanto estiverem correnteza abaixo, o bem que vos toca e vos satisfaz, o que tanto almejam! O Bem só vos faz enxergá-lo através da dor quando persistem em ir correnteza acima. 
 
Correnteza abaixo é só a felicidade e nada mais. Apenas a felicidade e nada mais. Estamos com vocês nas emissões felizes!
 
Haja Luz!
 
 
Canal: Vinícius Francis
Mais artigos do Vinícius em português: http://rayviolet2.blogspot.com/search?q=Vinícius Francis
 Atualização diária
Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly * achama.islands.biz.tc/ * achama.webs.com  
publicado por achama às 19:07
Terça-feira, 10 / 09 / 13

Elohins: Prece da Paz - via Vinícius Francis

Prece da Paz

Elohins

Através de Vinícius Francis


"Convidem a paz e sua vibração, é muito simples e valioso em termos de sensação interior, digam a si mesmos: Tudo está bem, eu estou no fluxo positivo das coisas, eu me abro para a felicidade e me permito caminhar a favor do Bem, eu permito que meu coração sinta as vibrações de amor que me são dirigidas incessantemente pelo Universo e me firmo na certeza de que em tudo o que eu vejo e até no que eu não posso ver, somente o Bem opera! Se apenas o Bem opera e se somente ele exerce poder sobre tudo o que existe, logo eu posso descansar meu coração e viver meu dia em paz.

Eu posso simplesmente soltar meu corpo, as tensões diárias, os medos e as inseguranças e relaxar, deixar que a corrente da Vida simplesmente me leve, assim eu posso liberar minha vibração de permissão, assim eu entro em alinhamento com o que eu realmente sou, assim eu coloco meu coração na Órbita da Felicidade dizendo a Deus: Venha, entre e faça morada na minha casa!"
Haja luz!!!
Canal: Vinícius Francis
 
 Atualização diária

Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly
* achama.islands.biz.tc/

publicado por achama às 07:45
Segunda-feira, 02 / 09 / 13

Elohins: Como podemos ter a certeza de tudo isso? - Vinícius Francis

Como podemos ter a certeza de tudo isso?

Elohins  - 31.08.2013

Através de Vinícius Francis


Vinícius: Amados amigos, muitas pessoas se debatem interiormente acerca das leis que operam no Universo. Muitas delas não conseguem crer na veracidade das mesmas, muito menos em seu poder Criador. E algumas chegam até a experimentar temporariamente o que todos vocês chamam de “Arte de Viver e ser feliz”, no entanto, a maioria delas, desiste no meio do caminho por se "dedicar" sem os resultados desejados. Então, mediante a isso, eu gostaria que dissessem algo e mostrassem “Como” pode-se ter a certeza de tudo isso.

Elohins: Estamos conectados com vocês em amor e gostaríamos de vos lembrar, já no início de nossa conversa que somos as emoções mais felizes que vocês podem ter e se desejam conexão com aquilo que é bom, então precisam cultivar esse estado de ser, pois é cultivando essa sintonia com o Bem que poderão experimentá-lo em termos físicos.

Sabemos bem o porquê de nos fazer essa pergunta e pode parecer estranho, mas vivemos com você tudo o que provocou essa experiência e percebemos que o Bem vibra em seu ser de forma consistente e isso o faz perceber a desconexão dos outros e não mais se identificar com ela.

As pessoas perdem sua conexão com a fonte porque esta, na maioria das vezes se estabelece a partir de algum fator externo. Vocês sempre criaram as famosas desculpas para resistir e também as desculpas para permitir. Sabiam disso?

E em alguns casos, as desculpas para a vossa conexão são “pessoas”. E uma vez que essas pessoas, as quais depositaram sua fé e convicção, não se encontram mais em alinhamento ou de algum modo “saem” do contexto, vocês tendem a abandonar a vossa conexão.

Nenhuma conexão com o Bem pode subsistir se for apoiada em algo que esteja fora. A vossa certeza não pode resistir ao “incentivo” do contraste da realidade se ela não estiver fundamenta em vocês. A menos que enxerguem a vida com os olhos de vosso Espírito prosseguirão nos constantes “conecto e me desconecto”. Precisam parar de se alinhar por causa de fatores externos. Eles servem para impulsioná-los ao Bem e não para mantê-los nele.

A vossa convicção precisa basear-se em vocês mesmos e naquilo que decidem crer. 

Naquilo que decidem que “são” interiormente. Porque há um espaço, que é do lado interior, que nenhum contraste pode alcançar, lá há somente espaço para o que vos inspira e uma vez que decidem basear seu caminhar nessa verdade, então, estão seguros nesse Bem.

Vemos as pessoas de vosso plano se alinhando propositalmente e em questão de dias, estão se desalinhando também de forma proposital e isso se dá porque elas baseiam o seu bem estar no que ocorre do lado de fora. Elas baseiam sua fé na prosperidade muito mais a partir daquilo que enxergam em suas contas bancárias, do que na riqueza que as cerca em todos os sentidos e na abundância do cosmos que as mantém vivas.

As pessoas, em sua maioria, baseiam o Amor e o quanto são amadas muito mais a partir do amor que dizem receber de fora e dos outros, do que da apreciação e infinito amor que recebem de seu Eu. 

A maioria se sente saudável muito mais pela prática de atividades físicas, boa alimentação e constantes visitas ao médico do que pela crença da verdade interior, que diz que não há outra coisa a não ser a saúde e o Bem fluindo para ela.

E enquanto basearem seu estado de ser e de vibrar naquilo que não é constante ou em meias verdades, não estarão vivendo genuinamente o que chamamos de Bem e por isso eles “abandonam” a sua conexão, alegando: Vou largar isso! Não está dando certo, eu tento, insisto e não acontece aquilo que eu gostaria.

E dizemos a vocês que uma pessoa que está no Bem nunca lamentará por algo que ainda não se manifestou, porque quem está no Bem se satisfaz com a vibração de estar "nele" de tal maneira que deixa de ansiar desmedidamente pelas manifestações. Quem vive no Bem não se queixa, pois a vibração do Bem não “comporta” isso.

Amigos humanos, parem de se sentir bem para verem no que dá. Se sentir feliz por si só “deveria” ser a maior das bênçãos que vocês almejam. Porque quando felizes estão todos os conflitos cessam e os medos também. Quando se conectam a quem são deixam de questionar a vida e passam a vivê-la. Deixam de dar desculpas para permitir o fluxo do Bem estar. Cessam os argumentos que sustentam vossas contradições e conflitos para simplesmente se entregarem ao Amor desmedido que flui de dentro para fora.

E como podem ter a certeza? Quando vocês forem a certeza que procuram do lado de fora. Vocês precisam ser a vossa fé e a vossa certeza, porque é com aquilo que nutrem dentro que vivem do lado de fora.

Queremos perguntar (ao canal) algo baseado no “como” podem ter a certeza de que isso tudo que falamos, de fato funciona: Vinícius, você duvida que beber certa quantidade de álcool deixa o homem entorpecido e um pouco fora de “órbita”?

Vinícius: Não.

Elohins: Por quê?

Vinícius: Porque eu já experimentei isso (risos).

Elohins: Exatamente! Chegamos onde queríamos chegar. Para perceberem a grandeza do Bem e vivê-la precisam se dar a experiência de permiti-lo. É necessário que se deixem ir. Tentem, que tal fazerem isso? Sugerimos a vocês que se mantenham conectados a tudo o que vos inspira lindamente.

Decidam que irão acordar e cumprimentar o Sol, saudar a natureza em profunda positividade, crentes do melhor, como se tivessem ganhado na loteria. Tentem, sejam quem nunca foram antes em termos de alegria e entusiasmo pela vida. 

Cessem por alguns dias e algumas semanas as vossas desculpas e simulem a vida perfeita. Comemorem como se tudo já fosse como vocês gostariam, dizemos em vossa vida e não no mundo, pois se basearem vosso estado de ser na situação do mundo continuarão se debatendo.

Vosso planeta que chamam de Terra não pode ser agora como vocês gostariam individualmente. Mas a vossa vida sim, pode. A vossa experiência física pode ser tudo o que desejam que ela seja. É para isso que estão aí, para colorirem as vossas vidas com as cores que desejam e de fato, já fazem isso. Todos vocês estão puxando de volta das forças não físicas exatamente o que equivale com os vossos comportamentos e escolhas. Então, mudem isso!

Mudem, vocês podem! E ao final dessa experiência, garantimos que não terão nenhuma dúvida a respeito do Bem, antes, se pudessem, sentariam conosco em poltronas confortáveis, numa varanda rústica com vista para uma bela piscina (nosso canal entende isso) e diriam a nós:

Elohins, não tenho desculpas para não crer e sentir. Não há questionamentos e nem conflitos, pois eu percebi que a vida não passa de uma simples escolha de me manter conectado a quem eu sou em natureza. Quando me conecto me transformo e ao sustentar minha transformação, tudo muda. Eu não me debato mais, apenas usufruo do benefício de ser Um com a fonte em mim. Eu não me sinto mal, pois desde o dia em que escolhi me sentir feliz não encontro mais motivos para isso, antes, eu só enxergo o Bem em tudo e em todo lugar.

É assim que se apresentarão a nós depois que assumirem o vosso Bem interior. 

Damo-nos por satisfeitos. Haja Luz!
Canal: Vinícius Francis

 

 

 Atualização diária

Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly
* achama.islands.biz.tc/

publicado por achama às 02:48
Sábado, 31 / 08 / 13

Elohins: A Melhor de todas as Sensações - Vinícius Francis

A Melhor de todas as Sensações

Elohins; 28.08.2013

Através de Vinícius Francis


Os que se estregam à positividade e bem estar são os que fluem na manifestação de seus sonhos. Os que se banham em felicidade são os que dizem “Sim” a Deus, de forma a permitir todos os componentes do pacote de criações, se materializarem.

Vemos muitos de vocês atualmente tendo o conhecimento exato do funcionamento do Universo e de suas leis. Observamos um determinado grupo que tem aplicado a teoria, a filosofia da felicidade como ponto positivo de atração e esse grupo tem colhido seus frutos desejados.

Pessoas estão realizando seus sonhos, conquistando objetivos e mais do que isso, sendo felizes. E mais do que conquistarem isso é se darem conta de que já são, não, sempre foram felizes e por outrora oferecerem sua atenção ao contraste da vida física se esqueceram momentaneamente disso.

Existe esse grupo, que tem se entregado às ondas do Bem na permissão de serem levados ao melhor. Em que sentido? No sentido interior. Quando vocês estão abastecidos do Melhor interior, estão no rumo certo, no caminho exato da manifestação física. 

Vocês almejam muito por essa manifestação, e consideramos natural. Mas, queremos dizer a vocês que nenhuma sensação diante de algo manifestado compara-se a emoção de crer e saber que todas as coisas desejadas já são vossas.

Ainda que vocês avistem uma grande realização, ainda que toquem nela e dela usufruam, não será tão intenso o bem estar como o que sentem ao imaginarem os objetivos se manifestando, desfrutando da emoção de “Saber que tem”. Todos vocês procuram por isso, em toda parte. Querem a sensação de “saber que tem”. Porque o simples “ter” não vos conforta, pois hoje podem ter, mas amanhã não se sabe. 

Porém, o “saber que tem” oferece conforto e bem estar agora, como vos confere a certeza de que o Bem e o melhor do amanhã, garantidos estão.

Vocês só tem uma garantia de um futuro melhor, o hoje “feliz”. E se estão felizes agora mesmo, conectados permanecem neste exato momento a tudo o que combina “vibratoriamente” com isso, e sendo assim, se encontram em união com os benefícios de se sentir feliz, e afirmamos que: Eles são vastos, infinitos, diríamos.

Todavia, quando falamos sobre se sentir bem, não nos referimos àquela velha e boa frase que vocês costumam dar à pessoas, ao lhe perguntarem qual o vosso estado emocional em um determinado dia, pois na maioria das vezes a elas respondem: Estou Bem!

Não falamos disso. O bem estar a que nos referimos trata-se de muito mais do que isso, porém, não é um “muito mais do que vocês são ou podem oferecer”. Jamais diríamos isso! Tudo o que dizemos não se refere ao que vocês não têm ou não poderão ter, refere-se ao que vocês já possuem e que muitas vezes não sabem ou preferem não saber.

Quando afirmamos "sintam-se bem em escala muito mais abrangente do que costumeiramente se sentem ou dizem sentir", queremos dizer: Permitam a essência de quem são fluir através de vossos sentidos físicos. Permitam o "exteriorizar" de vossa verdade, permitam que a completude de vosso ser venha para fora, proporcionando-lhes a mais incrível das sensações.

_ E qual seria essa emoção, amigos Elohins? (vocês, ávidos, nos perguntariam). E nós, de nossa perspectiva ainda mais entusiasmada que a vossa, respondemos: 

A mais incrível das emoções que o homem pode sentir é a certeza de que tudo está Bem. (arrepios). A melhor das sensações que o homem pode usufruir é a de acordar pela manhã reconhecendo visceralmente que tudo aquilo que ele quer, que ele deseja, almeja ou sonha, lhe pertence porque a cada despertar de um novo dia, o Criador o abençoa com seu Eterno “Sim”.

A melhor das emoções que o ser humano pode se dar é a convicção de que foi criado para e pelo melhor e sabendo disso, ele se permite viver, escolher e vibratoriamente se colocar na posição de experienciar tudo isso. Mas ele não faz assim porque simplesmente quer ver a manifestação, ele faz desta forma porque reconhece que este é o seu verdadeiro e sólido estado de ser.

A melhor sensação que o homem pode se dar é a de estar banhado no Bem de si mesmo, não contrariando o seu espírito, caminhando em positividade e fé, experimentando o doce e marcante sabor da liberdade, que o confere um prazer que nenhuma outra coisa pode lhe oferecer. Sim, ele se sente livre, de seus medos, das amarras sociais, das convenções religiosas ou familiares. 

Se vê pronto para simplesmente viver, porque ele nasceu na Terra para isso, para desfrutar do puro privilégio da vida. Se sente confiante, forte e seguro de si mesmo, andando de cabeça erguida diante de tudo e de todos e mesmo estando em aparente dificuldade ou contradições da realidade, ergue o peito, olha para o céu e diz: Eu sou a fonte e em mim o melhor sempre flui sem reservas e limitações.

O mais positivo dos estados que podem se dar é a felicidade, crua, intensa e verdadeira, honesta e jamais fingida, porque a felicidade não pode ser simulada enganosamente. E aqueles que tentam, frustram-se no dissabor das manifestações que não lhe entregam o exato benefício de ser feliz, antes, entregam-lhe mais e mais evidências de que ele precisa real e verdadeiramente se conectar, com o objetivo de orientá-lo da seguinte forma: 

"Não é por aí amigo, precisa parar de fingir, precisa parar de simular, pois o Universo sente com exatidão o que seu ser vibra, então não disfarce, pois não há como ludibriar as forças que te criaram e que se estenderam em sua forma física a fim de que você possa viver a genuína felicidade. Venha para ela, caminhe, assuma-a e a receba como algo que sempre esteve aí. Livre-se das amarras e das correntes emocionais e se entregue, na certeza, ou melhor, apenas na ousadia de experimentar o novo e quando assim o fizer, se surpreenderá com o Bem que existe aqui para você."


Sejam felizes, isso simplesmente e profundamente resume todas as coisas, todas as leis e todas manifestações que almejam. Esta conexão foi formidável! Haja Luz!

 

Canal: Vinícius Francis

 

 

 

 Atualização diária

Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly
* achama.islands.biz.tc/ *

publicado por achama às 00:43
Quarta-feira, 21 / 08 / 13

Elohins - Pensamento: Tudo é sempre o Bem pelo Bem de tudo - 19-08-2013

Elohins - Pensamento

Tudo é sempre o Bem pelo Bem de tudo

Vinícius Francis - 19-08-2013


Vocês vivem no mundo que acreditam ser real. Vocês têm a realidade com a qual se importam mais. Vocês vivenciam situações que são emocionalmente ativadas em vosso corpo. Ou seja, o Universo está sempre entregando a vocês mais de si mesmos. Constantemente e de maneira perfeitamente organizada, as forças cósmicas estão evidenciando em vosso contexto diário quem vocês são em termos do que vibram. Cada experiência, cada abrir ou fechar de portas não é sobre vosso destino, vosso Carma, vontade divina ou sobre merecimento. Não se trata disso. 

Trata-se do posicionamento vibracional em que estão vivendo agora. E sejam gratos por todas as manifestações, mesmo aquelas que aparentemente são ruins, pois se elas não ocorressem, talvez, vocês jamais saberiam que não estão no caminho da realização das coisas que tanto almejam. São justamente as más experiências que mostram isso a vocês e por isso enfatizamos: Tudo é sempre o bem pelo bem de tudo. 

O que naturalmente é bom vos causa alegria e vos expande ricamente no Universo e aquilo que parece ser mal vos faz perceber que estão numa direção oposta ao vosso sucesso, em outras palavras, tudo permanece constantemente conduzindo cada um ao seu melhor e isso, comemorem, pois não tem fim. A felicidade e a vida são tão eternas quando a energia Criadora que vocês chamam de Deus. E outra boa notícia: Vocês são parte dessa energia, são essa energia se expandindo para o tudo eternamente. Haja Luz!


Canal: Vinícius Francis


http://sementesdasestrelas.blogspot.com/

 Atualização diária

Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly
* achama.islands.biz.tc/ *

publicado por achama às 10:05
Segunda-feira, 19 / 08 / 13

Elohins: Banhados em Felicidade - 18-08-2013

Elohins: Banhados em Felicidade 

Através de Vinícius Francis - 18-08-2013

 

Vinícius: Disponho-me mais uma vez como canal de vosso amor e de vossa sabedoria.

Elohins: E dispomos-nos mais uma vez como transmissores do Bem e da ciência da felicidade. Sim, gostamos disso, de nos nomear como “Transmissores da Ciência da felicidade”. Apreciamos isso, pois de fato, está totalmente ligado ao que fazemos aqui através de você (canal).

Quando nos assumimos como transmissores do Bem e da Felicidade estamos resumindo todos os ensinamentos que possam ser dados a vocês. Já pararam para perceber que o único intuito que vosso espírito tem ao preencher-vos de sabedoria, inteligência, maturidade e conhecimento é para que no final saibam usar isso em pró de vosso Bem?

E que Bem seria esse tão almejado como um objetivo a ser alcançado? Vossa felicidade. Então, vamos encurtar o caminho? Que tal darmos a felicidade agora? 

Que tal se preencherem do estado pleno de serem felizes neste exato momento? Como seria se ao invés de buscarem essas coisas que citamos acima, para que então possam ser felizes, como recompensa ao cultivo e conquista delas, dessem a felicidade a si mesmos neste segundo?

Se vocês podem? Vamos descobrir: Onde gostariam de estar neste instante? Sim, queremos que imaginem isso, se puderem. Qual é o lugar? É belo? Fica no litoral? Nas montanhas? Como é o clima deste ambiente? Quais são as cores deste cenário?

Prossigam conosco: Está de noite ou de dia? Visualizaram bem esse lugar? É realmente aí que gostariam de estar agora? Ótimo! Agora, partamos ao segundo passo: O que fazem aí? Apreciam a vista simplesmente deitados numa rede confortável? Têm uma vida agitada, dinâmica e acelerada em termos de afazeres? 

Nadam no mar, na piscina ou na cachoeira? Observam os pássaros, pintam quadros, praticam esportes? Vejam a si mesmos realizando aquilo que têm mais vontade nesse momento.

Sentimos nosso canal vendo-se cantar alegremente. É isso que o inspira no momento em que fluímos através de seus sentidos físicos e inconscientes, a fim de vos entregar estas palavras. E vocês, amigos que leem agora, o que fazem nesse lugar que criaram?

E daí, prosseguimos: Como é a vossa vida neste ambiente e nesse possível “tempo futuro” em que vivem essa realidade? Pois bem sabem que fisicamente não estão nela agora, logo, estamos “jogando” aqui com um tempo futuro. Estão realizados? 

Têm aquele relacionamento que almejam ao assistirem os filmes de romance? Há filhos neste contexto, com duas patas ou quatro (animais ou seres humanos)? 

Estão na profissão que tanto desejaram? Vejam isso, sintam isso e se permitam vivenciar consistentemente as cenas que se apresentam na medida em que ativam vossa criatividade e imaginação.

Pois bem, sigamos adiante, como você, que está visualizando tudo isso, é enquanto vive essa vida? Maduro? Equilibrado? Grato por todas as coisas? Você consegue se ver em conflitos consigo mesmo ou enxerga-se ávido pelo Bem e caminhando numa realidade onde somente o entusiasmo, a motivação, o ânimo e a positividade estão presentes? 

Sejam ousados. Se é assim que desejam viver, então assumam isso em vossa imaginação agora. Não temam entregar-se a uma realidade virtual onde o que chama de mal simplesmente não existe. Dizemos isso, porque sabemos que possuem certa dificuldade e aceitação do Bem quando propomos que considerem somente ele como real, anulando todo o resto.

Então, vamos lá, não queremos perder a vibração que estamos conseguindo com vocês. Respondam: Como vocês são nesse lugar e nessa realidade? Descrevam-se. 

Mais do que isso, sintam quem são, abracem quem são, enquanto desfrutam de tudo o que preenche e compõe o cenário e a história que estão criando. Onde estão os medos que sentem em seu agora? Sumiram? Deixaram vocês? Onde estão aquelas desculpas que antes vos atormentava a mente? Simplesmente não têm mais voz?

Sim, sentimos que vocês estão interagidos. Agora, digam a si mesmos: 

"Eu sou este que vejo e esta é a minha verdadeira vida. Aquela realidade que almejei e que coloquei em meu pacote de criações antes de imergir na matéria. Essa é a minha tão sonhada realidade que arquitetei com todos os meus sentidos, a cada vez que ,eu dizia a algo: Eu gosto disso, isso é bom e agradável aos meus olhos ou “eu quero isso”.

E me sinto ótimo aqui nesse holograma que criei, não porque simplesmente desfruto da abundância de uma vida próspera. Não somente pelo fato de eu ter aqui o carro dos meus sonhos, a casa dos meus sonhos, o meu parceiro (a) ideal ou minha profissão tão desejada. Não é porque eu aprecio a bela canção que toca em alto som em meu lar virtual, não é porque eu estou numa realidade vibratória que me permite ter tudo o que eu quero, e sim, porque no experimentar das coisas físicas que tanto almejo, ainda que “fingindo” mentalmente que as tenho, estou em contato comigo mesmo.

E quando estou em contato comigo, eu não tenho medos, angústias ou frustrações. Eu não sou desanimado, triste ou desmotivado. Não invento desculpas para barrar o Bem que me é dirigido. Não me machuco ou me iludo com as pessoas, esperando delas algo que elas não têm para me oferecer. Pois, quando eu estou em mim ou pelo menos "me sinto" por leves instantes, reconheço que sou eu quem deve me preencher de tudo o que preciso.

Eu sei que, quando estou em contato comigo sou banhado em positividade e alegria. Sou realmente feliz porque ser feliz, eu sinto agora que não se trata de “ter”, mas de “ser”. De ser quem sou, de ser a fonte viva pulsando o amor, o bem e o entusiasmo. De ser completo em minha natureza e de me expressar em perfeita liberdade."

Agora sabem, a partir desse momento que passamos juntos em atividade que ser feliz está dentro de vocês, pois se abrirem os olhos da realidade, enxergarão que aquele holograma que há pouco vivenciavam não está aí fisicamente.

Entretanto, tudo aquilo que sentiram, estava e ainda está agora mesmo. E não importa se aquele contexto está diante de vocês ou não, o que importa é que puderam sentir a emoção de vivê-lo e se podem sentir, então podem ter. 

Basta que pratiquem a arte de ser feliz, na exata abrangência e intensidade com que a experimentaram enquanto estavam lá, pois se fizerem isso, em pouco tempo vosso holograma sólido será o mais parecido possível com o que imaginaram e sentiram.

Não porque ter o que desejam vos fará feliz, mas, uma vez que fizeram assim antes, é desta forma que todos os sonhos se solidificam. É desta forma que tudo se transforma para melhor. Haja luz!

Elohins
Canal: Vinícius Francis


http://sementesdasestrelas.blogspot.pt/

 Atualização diária

Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly
* achama.islands.biz.tc/

publicado por achama às 13:56
Quarta-feira, 14 / 08 / 13

Elohins: Na vibração da música predileta - Vinícius Francis

Na vibração da música predileta

Elohins  - 12-08-2013

Pensamento

Através de  Vinícius Francis

 




Vinícius: Estava ouvindo música, quando os Elohins me disseram essas palavras. Simplesmente diretos e perfeitos. Será que nos sentimos assim na maior parte do tempo?

“Sabem por que as coisas não mudam tão rapidamente para vocês? Porque estão tão envolvidos em justificar seu estado de desânimo, frustração, desmotivação, chateação e descontentamento que não se permitem manter a vibração da manifestação abundante de tudo o que desejam experimentar na vida. E querem saber qual é essa vibração? Aquela que estão no momento em que ouvem vossa música predileta. Nesse momento, são tão permissivos que se mantivessem esse estado por mais tempo, iriam “pedir” ao Universo e ele simplesmente lançaria sobre vosso colos as bênçãos mais desejadas, sem esforço, sem dificuldade e sem demora.”
Canal: Vinícius Francis

 

 

 Atualização diária
PORTUGUÊS

Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly
  ~ achama.islands.biz.tc/

publicado por achama às 10:09
Domingo, 11 / 08 / 13

Elohins: Vossa vida precisa valer à pena ~ 10-08-2013 ~ Vinícius Francis

Vossa vida precisa valer à pena

Elohins - 10 agosto 2013 

Através de Vinícius Francis


A vida física é fantástica vista de nossa perspectiva não física. Apreciamos cada detalhe que compõe quem vocês são como seres físicos. Seus corpos são sólidos, sua forma é estável e sentem a energia da fonte de uma forma diferente. Muitos vivem sobre a Terra sem se darem a grandeza de notarem o quanto são belos e perfeitos!

E vocês, já pararam hoje para observar isso? Perceberam como vosso corpo funciona? Apreciam o alimento que se transforma em energia e combustível para o bom funcionamento de vosso organismo?

Apreciaram a grandeza de poder se alimentar, sabendo que vocês unem essa necessidade ao prazer? Sim, vocês podem transformar vossas necessidades em prazer e fazem isso sempre, todos os dias. Principalmente quando o assunto é “comer”, que é algo de que vocês gostam muito.

Vocês se reúnem nos momentos das refeições para se alegrarem na agradável companhia uns dos outros, contam histórias e se permitem nesses momentos uma vibração puramente positiva.

E em relação às outras áreas de vossa vida, a possibilidade da transformação da responsabilidade em prazer também é possível, basta que procurem por isso. Basta que olhem para os aspectos que são positivos nas coisas. Manter uma vibração não é algo difícil estando em um mundo que vos inspira a isso o tempo todo.

Vocês não devem estar falando do mundo em que eu vivo, Elohins! (alguns diriam). Mas, estamos falando exatamente desse mundo. Da Terra, onde a maioria se queixa por não ter isso ou aquilo. Estamos falando do planeta onde a maioria das pessoas busca sua conexão com a fonte baseada em conquistas externas, nas pessoas e nas coisas. Sim, é deste mundo que estamos falando.

Entretanto, como vocês estão sempre, em sua maioria, justificando seu estado de tristeza, frustração, ansiedade, nervosismo e tensão com base no que veem do lado de fora, não estão se dando a oportunidade de experimentar o mover do fluxo do Bem através de incontáveis elementos contidos no meio em que vocês vivem. Deem-se conta disso!

Se o bater da tecla não escreve na tela de vossa vida a letra que desejam, então, experimentem outras. Não vemos vocês, ao digitarem nos teclados de vossos computadores, querendo escrever a letra “M” batendo na tecla do “X”. Porque vocês reconhecem que a tecla “X” não pode digitar a letra “M”.

No entanto, quando o assunto é permitir o fluxo, fazem assim muitas vezes.

Querem criar a felicidade sustentando a tristeza. Querem se preencher da paz vivendo em guerras, em brigas e em conflitos. Tanto com vocês mesmos, como com os outros.

Por que ao invés de buscarem justificativas para seus aborrecimentos, não investem tempo em buscar motivos para despertar em vocês a apreciação e positividade?

Vemos que algumas vezes, estando envolvidos em emoções ruins, vocês culpam os outros, dizendo: Não posso me sentir bem porque o “fulano” está agindo assim. Não posso me sentir entusiasmado enquanto meu marido (esposa), mãe (pai), filhos e amigos estiverem tristes. Eu simplesmente não posso. Eu preciso que os outros sejam felizes para que eu também possa me sentir motivado com a alegria deles.

E amigos, isso não existe! É por isso que vocês não conseguem ser felizes! Vossa felicidade e conexão com quem são tem a ver somente com as escolhas interiores que fazem. Não tem a ver com o que outro sente, tem a ver com o que vocês sentem. Não tem ligação com a desconexão dos outros, tem ligação com a desconexão de vocês próprios.

Não se permitem ir com o fluxo da positividade, porque estão condicionados à vida de outras pessoas. Não conseguem ir adiante em felicidade e alegria porque estão emocionalmente presos e comprometidos com o que ocorre do lado de fora. E por causa desse constante conflito e desacordo com o bem que vive em vocês e vos chama, não caem em si para despertarem à consciência de que todo Bem ou todo mal que nutrem é resultado das escolhas que fazem interiormente. É resultado dos pensamentos que nutrem. É resultado das ideias que abraçam.

Vamos dizer algo que talvez muitos não gostariam de ouvir (ler): Se a presença de certas pessoas enfraquece vosso permitir do Bem, então, não andem mais com elas. Se assistir TV é insuportável para vosso bem estar, então, não assistam mais. Se conviver com pessoas de vossa família for algo que vos cause uma separação com vosso Eu, aconselhamos-vos a se afastarem delas.

Porque nada pode importar mais do que a maneira como vocês se sentem. Isso está constantemente definindo e determinando todos os acontecimentos em vossa vida.

E o destino que desejam criar ou aquele que estão simplesmente experimentando tem sustentação em vocês mesmos. São responsáveis por vossas vidas. São responsáveis pelas vossas frustrações e desmotivações.

São responsáveis por si mesmos e ninguém vos tirará o direito de se conectarem ao que bem desejarem. Oferecemos a vocês a oportunidade de absorverem o que é bom e de procurarem somente por aquilo que vos inspira e se decidirem viver dessa forma, somente aquilo que vos provoca o mesmo se aproximará e interagirá convosco.

Não se trata de não conseguirem, se trata de não quererem o suficiente. E vossa vida precisa valer à pena, todo o esforço e disciplina que fazem, voltados ao que promove o progresso.

E só serão motivados a isso, quando se amarem o suficiente. Pois quem se ama com verdadeiro amor, só se premia com o melhor. Quem deseja seu próprio Bem não se dá o mal. Quem se prioriza no melhor não vai atrás do pior, não o vê com os olhos do coração, não dá ouvidos a ele, não o sustenta, não o ouve e com ele não se envolve.

Querem ser agentes do Bem no mundo? Sejam em vocês primeiro? Querem ser agentes do Bem em vossa vida? Deem-se o capricho de se fazerem felizes, da forma que puderem e com o maior empenho que conseguirem. Garantimos para aqueles que assim fizerem que nada além do equivalente ao sustento de sua alegria virá como resposta do Universo. Essa é a lei e todos andam sobre ela.

Amamos a interação. Haja luz!


Canal: Vinícius Francis

 
 

 

 Atualização diária
PORTUGUÊS

Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly
  ~ achama.islands.biz.tc/

publicado por achama às 21:09
A Luz está a revelar a Verdade, e esta libertar-nos-á! -Só é real o AMOR Incondicional. -Quando o Amor superar o amor pelo poder, o mundo conhecerá a Paz; Jimi Hendrix. -Somos almas a ter uma experiência humana!

mais sobre mim

Agosto 2017

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

últ. recentes

  • "Hoje é um homem de missão cumprida, engenheirão v...
  • Bacana esse post, vou compartilhar no facebook, cr...
  • O Sathya Sai Baba ainda está entre nós e vive na Í...
  • Olá, obrigado pelo comentário.Sempre que dermos ou...
  • Sempre que dermos ouvidos à voz que vem do coração...
  • Ola Manuel, muita luz para você ,é a primeira vez ...
  • fale alguma coisa,de mim sou poliana miguel
  • Você fala com anjos ,pede um deles mandar uma mens...
  • A "vida real" é uma ilusão Toda a matéria é formad...
  • Bom dia,reparámos que o seu blog faz uso de textos...
  • O Amor é tudo o que existe e na sua mais pura exên...
  • usando uma metafora descrevendo a vida real, e nao...
  • o odio deve-se à permissao do mal andar entre nós,...
  • Obrigado pelas suas palavras. Fiquei a conhecer po...
  • Adoro este artigo. Já tinha conhecimento do assunt...

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro