Manifestações do Amor Divino! 

Pensamento do dia.

Por Sathya Sai Baba

20 de dezembro de 2017

 

 





Deus é imanente no mundo. Então, trate o mundo tão amorosamente quanto você trata seu Mestre. 


 
Sirva, seja qual for o obstáculo ou o escárnio cínico que você possa atrair. 

 
A tortura que seu pai infligiu para afastar sua mente de Deus ajudou a revelar a devoção implacável de Prahlada. 

 
A maldade de Ravana serviu para revelar o poder do arco de Rama. 
 
Caluniadores como Shishupala, Dantavakra, Ravana e Kamsa são acessórios inevitáveis de cada encarnação. 

 
Quando você tenta cultivar e compartilhar virtudes, amor altruísta e fortaleza, problemas e trabalho seguirão naturalmente. 

 
Você deve acolhê-los, pois sem eles o melhor em você não pode ser extraído. 

 
Se o ouro fosse tão abundante quanto o pó ou os diamantes tão facilmente disponíveis quanto os seixos, ninguém se importaria com eles. 

 
Lembre-se, os metais preciosos são conquistados após enormes esforços e despesas, e é por isso que eles são sempre procurados ansiosamente! 


 
 
(Discurso Divino, 17 de maio de 1968)


 
Sathya Sai Baba.
 




A virtude é o sal da vida e o amor desinteressado é a virtude mais elevada. Desenvolva amor desinteressado e compartilhe-o. – Baba.
 


Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
Discernimento sim; julgamento não.


Agradecimentos a: https://www.sathyasai.org.br/





Por favor, respeitem todos os créditos


Arquivos em português:
http://achama.blogs.sapo.mz/tag/sathya+sai+baba
 





Recomenda-se o discernimento.


Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:






Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.


Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
Recomenda-se discernimento e evitar o julgamento.


Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.
 


geoglobe1 esoterismo
Please do not change this code for a perfect fonctionality of your counter esoterismo
 
publicado por achama às 18:41